sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO-ANIL

FALA, GALERA RUBRO-ANIL,
E o nosso Bonsucesso teve mais uma tarde difícil no campeonato carioca de 2014. Nesta quinta-feira, o Bonsuça rubro-anil enfrentou o Duque de Caxias, atual campeão da Copa Rio, no estádio de Los Larios, na longínqua Xerém. Com a pressão de ter que vencer oriunda da necessidade de ambas as equipes de subir com urgência na tabela, o jogo se desenhou em tons dramáticos, típicos de final de campeonato. Muito nervosismo e irritação dos torcedores em Los Larios ajudaram a dar o tom da partida.
O jogo começa debaixo de um calor saarístico (ou seria saarático?). É comparado ao deserto do Saara, pronto!!!! O Bonsucesso dá a saída de bola e tenta tomar as rédeas da partida desde o princípio. Mas aos 9, é o Duque de Caxias que chega com perigo ao gol bonsucessensse; Leandro Teixeira avança pela direita, passa por três marcadores e manda um petardo para o goleiro do Leão, Gustavo, espalmar pra córner. Depois disso, o Bonsucesso começa definitivamente a querer tomar as rédeas da partida e parte pra cima; porém, as finalizações são um desastre; ora a bola bate no marcador e vai pra córner, ora ela também bate no marcador, mas é interceptada, ora a bola era chutada com muita força e se perdia pela linha das arquibancadas. Por esta razão, só aos 17 o Bonsucesso aplicou o seu primeiro chute efetivo a gol, que parou nas mãos do goleiro caxiense.
Aos 19, um lance claríssimo a favor do Bonsuça: pênalti, que o arbitro não marcou. Foi novamente um pênalti legal não marcado. A torcida rubro-anil presente à Los Larios se enfureceu demais com a não marcação da penalidade, porque os protestos foram veementes e alguns até muito ofensivos. E o Duque, então, foi com tudo pra cima do Bonsuça; Angulo aciona Gleisson, que bate cruzado e na sequência, Alex Terra manda de bicicleta. O goleiro rubro-anil Gustavo está atento no lance e faz boa defesa.
Em mais um lance de ataque da equipe de Xerém, Rodrigues é derrubado pela esquerda da área. O árbitro não tem dúvidas: pênalti para o Duque de Caxias. Alex Terra bate bem na bola e abre o marcador em Los Larios: Duque de Caxias 1 x 0 Bonsucesso!!!! O Bonsucesso, por sua vez, responde por intermédio de Nil, que recebe livre na entrada e chuta forte e o goleiro caxiense Andrade executa um milagre, impedindo o rubro-anil de abir no marcador no campo do Tigres. Geovani crixou nova chance batendo de longe, a bola ainda desviou, mas Andrade pegou.
Na etapa final, o Bonsucesso parte pro tudo ou nada, pois a vitória seria um verdadeiro desastre para o rubro-anil. E na base do abafa o Bonsucesso quase chega ao empate: Renan toca a bola pra trás e Nil, autor do gol no empate contra o Fluminense, manda uma bola pela esquerda. Na sequencia, Geovani bate cruzado pra defesa de Andrade. Aos 14 minutos, a pressão surte o efeito necessário; Renan é derrubado na grande área: pênalti!!! Lipe vai para a cobrança, bate forte e empata o jogo em Los Larios: Duque de Caxias 1 x 1 Bonsucesso!!!!
Depois disso, se viu durante quase todo o jogo o Bonsucesso, mais uma vez, lutando, lutando, lutando e nada conseguindo; é bem verdade que o Leão melhorou muito de produção da última partida para a de 5ª. O time errou muito menos passes no meio-campo e até acertou alguns “últimos passes”; porém, o time continua pecando muito nas finalizações. O árbitro aponta o centro da cal. Final de jogo em Los Larios, Xerém: Duque de Caxias 1 x 1 Bonsucesso!!!!
O empate (mais um na conta...) ajuda a manter o Bonsucesso fora da zona de rebaixamento por mais uma rodada. Mas é necessário o time VENCER!!!! Vamos torcer por um triunfo rubro-anil no domingo, diante do Nova Iguaçu, que é pro Bonsuça conseguir se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Domingo, lugar de rubro-anil é na Teixeira de Castro!!! Saudações rubro-anis!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Herman, sou torcedor do Bonsucesso, e fui a todos os jogos este ano, mas acho que vc deveria ser mais imparcial! Houve pênalti para o Bonsucesso não marcado? Sim, houve! Mas o pênalti marcado a favor foi UMA VERGONHA! Parecia pênalti em São Januário a mando do Dr. Eurico.
MENOS FANATISMO, MAIS REALISMO