terça-feira, 8 de novembro de 2011

COLUNA DE PAPO COM ''DOENTE'' COM ANDRÉ VERAS


Olá Amigos!

O ano de 2012 já começou para o Departamento de Futebol do Bonsucesso, com a contratação do treinador Wilson Gotardo, reformulação no elenco e novas contratações sendo cogitadas. Mas gostaria apenas de fazer uma pequena observação, ou melhor, expor a minha humilde opinião.

Visto que o nosso Bonsuça é uma equipe de médio investimento, a primeira parte do planejamento é se manter na série A do Carioca, e depois numa segunda etapa, tentar uma das vagas na semifinal da Taça Guanabara ou Taça Rio e quem sabe chegarmos a uma tão sonhada final. Mas para que isso possa acontecer, é de fundamental importância fazermos os jogos contra os nossos coirmãos, de também médio investimento, no nosso Caldeirão da Teixeira de Castro. Com isso, segundo a Gestão responsável pelo futebol, o Estádio estará entrando em obras para atender os requisitos necessários solicitados pela FFERJ.

Precisamos ter essa ferramenta a nosso favor, pois volto a disser que a nossa equipe não era a das melhores da série B, mas a nossa fanática torcida juntamente com essa equipe, criou uma sinergia fantástica que nos tornava imbatível nos jogos em nossos domínios. Gostaria apenas de mencionar que o nosso coirmão Olaria, soube usar muito bem o mando de campo, o que fez chegar à semifinal da Taça Rio deste ano.
Precisamos muito ter o nosso mando de campo, isto porque, a nossa torcida faz a diferença.

É uma torcida que joga com o time e faz com que os adversários tremam na base. Outro exemplo nítido foi à queda do Duque de Caxias para a série C do Brasileiro. Uma equipe que quando jogava com o seu mando de campo, fosse em Volta Redonda, Engenhão ou São Januário, parecia que o campo era neutro, o que facilitava os adversários que na maioria das vezes ganhavam com certa facilidade.
Não podemos perder o nosso mando de campo.

Temos como exemplo do jogo contra o Resende no qual jogamos na Ilha do Governador. Em hipótese alguma podemos perder essa identidade, equipe e torcida. Temos que fazer o Caldeirão ferver e tenho certeza que o presidente Zeca Simões já está empenhado para atender as devidas solicitações, no que envolve na segurança e conforto para os torcedores.


As cadeiras que foram doadas pela SUDERJ, estão sendo instaladas e pode ter certeza que o nosso caldeirão está ficando bonito e com um novo visual, mas a sua essência jamais será alterada. E sempre digo: a torcida rubro anil é nem melhor e nem pior é apenas diferente.


2 comentários:

RONALDO FANATICO ATRAS DO GOL disse...

A TORCIDA RUBRO ANIL E APENAS FANATICA PELO CESSO !


AGORA SERIO AS PALAVRAS DO NOSSO AMIGO ANDRE VERAS SE TORNAO VERDADEIRAS POIS COMO O QUEIROZ JA FALOU PARA O CLUBE SE MANTER NA PRIMEIRA DIVISAO TEM QUE FAZER 15 PONTOS E NOS TEMOS QUE GANHAR DOS ADVERSARIOS QUE JOGARAO CONTRA NOS EM TEIXEIRA DE CASTRO . POIS ASSIM CONTINUAREMOS NA PRIMEIRA DIVISAO ONTEM MESMO NO PROGRAMA DO ESPN OS CARAS ESTAVAO FALANDO SOBRE O CARIOCA DE 2012 CASO TODOS OS CARIOCAS SE CLASSIFIQUEM PARA A LIBERTADORES .

E FALARAO ATE O NOME DO BONSUCESSO NA HORA TEREMOS UM CAMPEONATO COM BONSUCESSO SENDO CAMPEAO CARIOCA !

nao podemos ficar sem o estadio !!!

NOSSA TORCIDA IRA COMPARECER E INCENTIVAR O CLUBE !!

AVANTE CESSO !

Herman disse...

Grande André; é isso mesmo. A nossa torcida faz a diferença. Desde o ano passado o time e a torcida cresceram juntos. Nossa torcida foi só show desde então, principalmente este ano. Incomparável!!!!

E vamos fazer a diferença também em 2012. Pô, já não vejo a hora de acabar logo 2011 pra vir logo o campeonato estadual. Falar nisso, a tabela sai essa semana. Êba!!!!

Saudações rubro-anis a todos!!!