sábado, 23 de julho de 2011

BONSUCESSO VENCE E ESTÁ DE VOLTA A ELITE APÓS 18 ANOS

Bonsucesso vence por 2x1 e está na elite do futebol carioca
Foto: Fabio Menezes

Em partida válida pela penúltima rodada do returno da segunda fase da Série B, Bonsucesso e Estácio se enfrentaram no Estádio Leônidas da Silva e, de virada na segunda etapa, o time da Leopoldina garantiu a vitória por 2 a 1 e o regresso ao convívio com os grandes clubes do Rio de Janeiro em 2012.

Mesmo contando com a presença de seus torcedores em grande número e embalado pela bateria da Portela, com menos de um minuto de jogo, o Bonsucesso foi surpreendido. Marlon, em jogada rápida pela direita, fez cruzamento e Bruno Andrade antecipou-se à marcação e surpreendeu Jaime, abrindo o marcador para o Estácio.

A desvantagem não abateu o rubro-anil que com bom toque de bola e mais volume envolvia o adversário, mas esbarrava na grande atuação de Paulo que, por três vezes, evitou com excelentes defesas o gol dos donos da casa. Com um a menos, desde os 28 minutos, quando Leonardo foi expulso, o Estácio ficou ainda mais fechado e, nos contra-ataques, levava perigo explorando a velocidade de Fabiano Lopes.

No segundo tempo, à base de muita pressão, logo aos sete, Narco Goiano fez cruzamento perfeito e Sassá, livre de marcação, testou e empatou para o Bonsucesso e, quatro minutos depois, João Rodrigo escorou na pequena área, mais uma vez com passe de Marco Goiano, e o time da Leopoldina chegou ao segundo gol para delírio da torcida.

Valorizando a posse de bola e com chances de ampliar o marcador, o Bonsucesso chegava com facilidade ao ataque e, quando ameaçado aos 36, Jaime fez grande defesa em chute de Yuri, de fora da área, no ângulo, garantindo a vitória e a vaga à elite após dezoito anos.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, às 15 horas, para o encerramento da Série B. O Bonsucesso terminará a sua participação no certame no Norte Fluminense, contra o Quissamã no Estádio Antônio Carneiro e, em Moça Bonita, o Estácio de Sá se despede enfrentando o Tigres do Brasil.

Bonsucesso 2 x 1 Estácio de Sá

Estádio: Leônidas da Silva
Data: 23/07/2011, às 15 h
Árbitro: Pathrice Maia
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Edivaldo de Souza Couto

Bonsucesso: Jaime; Jadson (Marcelinho), PC, Jordan e Rony; Sassá, Cléber (Otaviano), Zelito e Marco Goiano; João Rodrigo (Jonathan) e Dejavan. Técnico: Manoel Neto.

Estácio de Sá: Paulo; Marllon (França), Michel, Leonardo e Gabriel; Sidney, Yuri, Miller (Wesckley) e Gilmar; Bruno Andrade (Fabiano Silva) e Marcelo (Fabiano Lopes). Técnico: Fernando Santos.

4 comentários:

ROBINHO PRIMEIRONA É NOSSA disse...

ESTOU MUITO FELIZ VALEU BONSUÇA SÁBADO MARAVILHOSO.

Herman disse...

Beleza, Bonsuçaaaaaaaaaaaa!!!!! É isso aí, rubro-anil. Já estava na hora de você voltar ao encontro dos ditos grandes clubes do Rio. Aliás, já estava passando da hora. 2011 era o seu momento de regressar; não dava mais pra adiar esse momento tão aguardado pela carente torcida rubro-anil!!! Valeu, mesmo, galera vermelha e azul. Agora todos podemos gritar: O BONSUÇA ESTÁ DE VOLTA A PRIMEIRA DIVISÃO!!! É isso aí. Continuem gritando!!! PRIMEIRAAAAAAAAAAAAA, PRIMEIRAAAAAAAAAAAAA, PRIMEIRAAAAAAAAAAAAA, EU TÔ NA PRIMEIRAAAAAAAAAAAA!!!! É isso aí!! Agora é lutar também pelo título, pra poder coroar a atuação de todo o time nesses mais de cinco meses de campeonato carioca, só nos pontos corridos!!! Eu acredito que, tirando o Friburguense, nenhuma outra equipe merecia a vaga pro acesso à série A do que o Bonsucesso. E tem mais: se tem alguma equipe nessa série B que merece o título mais que as outras, essa equipe é o Bonsucesso Futebol Clube, por todo o sofrimento e humilhações pelos quais passou, chegando até ao cúmulo de cair pra terceira divisão nesse ínterim. Mas agora o Bonsuça inicia uma nova era na sua história. Eu, inclusive, comentei com o Fanático Diego que esse estadual de 2011 foi um divisor de águas no Bonsucesso, pois a partir daí, ele vai alçar voos maiores, mais altos, e agora os investimentos tendem a aparecer com maior frequência, porque agora vai ter as tão sonhadas cotas da televisão, mais as dos patrocinadores - acredito que teremos mais investidores em 2012 - e com isso, formar um plantel pra fazer bonito no ano que vem. Ainda temos a Copa Rio este ano, título que o Bonsuça pode muito bem conquistar, e, de quebra, uma vaga na série D do Brasileirão, quem sabe? É hora de acreditar mais e mais. Parabéns ao time do Bonsuça e também ao ilustre treinador Manoel Neto, que demonstrou que realmente entende de futebol, ao classificar mais uma equipe para a divisão superior; já havia sido assim em outras equipes. Parabenzaço, Manoel!!! Que Deus o abençoe!!! E o time que entra para a história do Bonsuça é este: Jaime; Jadson (Marcelinho), PC, Jordan e Rony; Sassá, Cléber (Otaviano), Zelito e Marco Goiano; João Rodrigo (Jonathan) e Dejavan. Parabéns aos ilustres e referidos atletas. E na quarta tem mais um jogo; mas na verdade, não precisava nem ter. Bonsucesso agora reassumiu a liderança e a Federação bem que podia terminar o campeonato e deixar o título com o Bonsuça. hehehe. Mas, falando sério, o Bonsuça ainda tem condições de conquistar esse título. E haverá de conquistar, sim. E lembrando que em setembro começa a famosa Copa Rio. Um título que o Bonsuça também vai entrar pra ganhar e assim, conquistar uma vaga na série D do Brasileirão ou quem sabe até na Copa do Brasil!!! Aqui me despeço, mais uma vez parabenizando à ilustre torcida rubro-anil, que fez o Bonsucesso crescer dentro das quatro linhas. Essa invasão da torcida no campo de jogo logo após o apito final ninguém vai esquecer.

George Joaquim Ferreira Machado disse...

O castigo acabou!!! Seja muito bem vindo meu querido clube à primeira divisão. E se tem título em jogo, então vamos para Quissamã!!!

José Carlos Silva disse...

O Atacante do Bonsucesso DEJAVAN é qualquer coisa de sençacional. Esperamos poder ve-lo mais no Cesso na Copa Rio e no Estadual da primeira divisão em janeiro.
Nesse jogo sofreu dois penaltis, forçou, com a sua alta velocidade, a expulção de dois jogadores do Estácio, deixou companheiros seus "na cara do gol" umas 4 vezes e marcou incançavelmente em todas as partes do campo.
Juntamente com o Sasa foram os destaques do jogo histórico desse sábado. Olho nele Presidente.