segunda-feira, 18 de julho de 2011

ANÁLISE DA SEMANA COM "HERMAN RUBRO ANIL"

ÊTA SOFRIMENTO – ASSIM EU NÃO AGUENTO!!!


FALA GALERA RUBRO ANIL!!!!

Novamente o nosso queridíssimo rubro-anil nos fez o grande favor de nos dar mais um susto – mais um!!!! E desta vez, o adversário foi o Teresópolis, que já não tem mais chances de acesso, mas que ainda sonhava com uma vaguinha na Copa Rio 2012. Por isso, ao contrário do que muita gente poderia imaginar, o Teresópolis não estava apenas cumprindo tabela na quarta passada.

Tanto foi assim que, num contraataque do time da Região Serrana, aos 13, sai o gol visitante; Hércules recebe lançamento em profundidade, passa por Jaime e escora para o gol; a zaga rubro-anil ainda tenta tirar a bola, mas não é possível. A bola vai mesmo parar no fundo das redes: Bonsucesso 0 x 1 Teresópolis.

Antes disso, o Teresópolis já havia começado o jogo pressionando o rubro-anil; porém, a primeira grande chance de gol foi do Bonsucesso, por intermédio de Serginho, de cabeça, aos 10 minutos, exigindo grande defesa do goleiro Bruno. Pouco depois o Bonsuça volta a atacar: Serginho tem nova chance, chutando da entrada da área; mas na sequência, houve o contraataque do Teresópolis, que acabou em gol.

Seguindo o jogo, o Bonsuça começa a ficar meio perdido, mas mantém-se no ataque, batalhando o tempo todo. Era esperada a hora da parada técnica. Durante a mesma, o técnico Manoel Neto corrigiu o posicionamento da equipe, e na volta da parada técnica, Sassá alça a bola na área e Serginho sobe na disputa com o goleiro Bruno, que derruba o atacante rubro-anil na grande área: pênalti!!!

Na cobrança, o goleiro dá uma catimbada, tentando tirar a concentração de Marco Goiano; o goleiro, ao invés de se plantar no centro do gol, como é o habitual, chega uns dois passos pra direita e aponta com a mão pro lado esquerdo, numa clara provocação ao meio-campista rubro-anil; mas nada disso o intimidou. Marco Goiano cobrou firme de perna esquerda e mandou uma bomba à esquerda do goleiro do Teresópolis pra decretar o empate na Teixeira de Castro, aos 22 minutos da etapa inicial: Bonsucesso 1 x 1 Teresópolis!!!

O jogo ganha uma nova dinâmica e dá um novo ânimo ao time e à torcida. Pressionando nos minutos finais, o time da casa teve boas chances de virar, mas Bruno fez duas excelentes defesas salvando a meta dos visitantes. No segundo tempo, o Bonsuça vai pra cima, pro tudo ou nada: afinal, é vencer ou vencer pra no G-2 se manter.

Tarefa árdua!!! Porém, o Bonsuça acaba tropeçando nele mesmo; com o nervosismo, aumenta o número de passes e finalizações errados. Aliás, finalizações se toram escassas no jogo. O Bonsucesso se cansa, cansa, cansa de pressionar e a torcida se cansa, cansa, cansa de sofrer a cada jogada errada, a cada marcação incorreta do juiz e dos bandeirinhas e também a cada retardo de bola do goleiro, que fica lá, fazendo hora, só esperando o tempo passar.

O Bonsuça segue tentando, tentando, o desespero já está batendo em todo o time e nada do gol sair. O goleiro do Teresópolis pratica grandes defesas, evitando gols certos do Bonsuça. Até que, aos 38 minutos da etapa final, sai finalmente o gol da vitória: Ratinho faz cruzamento perfeito para Rafael Rebelo – que vinha jogando mal no decorrer do campeonato, livre, apenas cumprimentar o goleiro pra mandar a bola pro fundo das redes e decretar a virada na Teixeira de Castro: Bonsucesso 2 x 1 Teresópolis!!! A galera tirou aquele grito de gol bem do fundo da garganta e comemorou sem parar.

A partir daí, o goleiro do Teresópolis já não mais retardava a bola na sua área toda vez que ia cobrar um tiro de meta. Por que será, hein???

Nos minutos finais o Teresópolis deu uma pressionada na zaga rubro-anil, tentando ainda o gol de empate, mas os cães de guarda da defesa vermelha e azul estavam sempre ligados em cada lance; sempre que necessário, bola pro mato que o jogo é de campeonato. E vem o fim do jogo na Teixeira de Castro: Bonsucesso 2 x 1 Teresópolis, numa virada sensacional. Com a derrota do Quissamã para o Sendas, o Bonsuca abre cinco pontos de vantagem para o terceiro colocado e segue como líder do campeonato até aquele momento.

No jogo de sábado, contra o Angra dos Reis, na Costa Verde, o resultado não foi o esperado. O rubro-anil não conseguiu a vitória, que era tão importante, devido ao nervosismo, desnecessário – some-se a isso os chamados fatores extracampo. Com isso o Bonsucesso perde a liderança do campeonato. Mas o pior de tudo foi que a vantagem caiu em relação ao Quissamã. Agora, o Bonsuça vai ter que se virar nos trinta pra conseguir se manter no G-2, faltando ainda três rodadas para o fim do campeonato.

Próximo compromisso do rubro-anil é na quarta-feira, contra o Tigres do Brasil, no estádio de Los Larios, Xerém. O Bonsuça tem que ficar esperto. Os adversários estão na cola, fungando no cangote. Não pode deixar a bola cair justamente nessa reta final do campeonato.


Até quarta, amigos.


Um comentário:

RONALDO disse...

temos que ficar de olho muito aberto pois de uma crocodilagem ninguem escapa agora no final na hora de comer o file todo mundo que jogar pra cacete contra o bonsucesso e muita sacanagem .


temos que ter cuidado com o famoso homen da mala branca ?


mesmo assim confio e muito no grupo de jogadores .

avante cesso !!


quarta feira tem busao para caxias .