terça-feira, 24 de julho de 2012

COLUNA ''OPINIÃO E HISTÓRIA'' COM GEORGE JOAQUIM


Torneio Aberto de Futebol do Rio de Janeiro

O Torneio Aberto de futebol do Rio de Janeiro ou simplesmente Torneio Aberto foi criado em 1935 e organizado pela Liga Carioca de Futebol (a liga profissional da cidade do Rio de Janeiro) com o objetivo principal de atrair os clubes amadores para o futebol profissional da capital federal, além de medir forças com equipes de outros estados.

O Torneio Aberto foi batizado com esse nome porque permitia a inscrição de clubes amadores, profissionais, e mesmo de clubes de outros estados, como os mineiros Clube Atlético Mineiro e o Villa Nova Atlético Clube ou de cidades fluminenses como Niterói e Nova Iguaçu, em uma época em que o Estado do Rio de Janeiro era separado da então capital do Brasil.

Em 1937, quando o Fluminense Football Club o liderava, o torneio foi dado como encerrado, em função de ter ocorrido a pacificação do futebol carioca e a união das duas ligas de então (AMEA e LCF), selando o profissionalismo no Estado do Rio de Janeiro, motivação maior da existência deste torneio.

Na atualidade há um consenso na mídia da necessidade de redução do número de clubes (de menor investimento) na 1ª divisão do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro/Série A, devido a diminuição de torcedores nos estádios. No passado, em defesa de um ideal, os tais grandes jogavam até com equipes amadoras ou representantes de instituições públicas.
Além do Bonsucesso, America, Flamengo (Campeão de 36), Fluminense (Campeão de 35), Atlético Mineiro e Villa Nova/MG, confira as interessantes equipes que participaram nos três anos da organização do torneio:

Anchieta/RJ, Bandeirantes/RJ, Byron/RJ, Corpo de Fuzileiros Navais/RJ, Encouraçado Minas Gerais/RJ, Engenho de Dentro/RJ, Filhos de Iguaçu/RJ, Fluminense de Niterói/RJ, Fuzileiros Navais/RJ, GRE de Samba/RJ, Jequiá/RJ, Leopoldina Railway AA-RJ, Light Tração/RJ, Modesto/RJ, Nacional FC/RJ, Ocerano/RJ, Serrano/RJ, Siderúrgica/MG e Villa Joppert/RJ.


Resgatando a História.

Em 1937, o nosso querido Bonsucesso recebeu o Atlético Mineiro no Estádio de Campos Sales. Os dois se enfrentaram pelo Torneio Aberto do Rio de Janeiro. O “Leão da Leopoldina” papou o “Galo Mineiro”.

Bonsucesso 2 x 1 Atlético Mineiro

Data: 07/07/1937
Local:
Estádio de Campos Sales
Competição:
Torneio Aberto do Rio de Janeiro
Gols: Guará, Paranhos e Gradim.

Bonsucesso: Pinheiro; Ignácio e Camisa; Lamas, Hermes(Durval) e Álvaro; Moacyr(Paulo), Paranhos, Gradim, P.Nunes e Odyr.

Atlético Mineiro: Clóvis; Florindo e Quim; Zezé Procópio, Olavo (Lola) e Bala; Paulista, Alfredo Bernardino, Guará, Nicola e Resende.

Fontes: sites Wikipédia, Flapédia, RsssfBrasil, Blog Jogos do Bonsucesso.

Abração a todos.

2 comentários:

Dêrauê disse...

Salve, Professor! Parabéns pela coluna!
Esse Gradim é o mesmo da seleção de 32, nosso grande artilheiro?
Abraços!

George Joaquim Ferreira Machado disse...

É esse mesmo Dêrauê! Abção.