sábado, 29 de setembro de 2007

Resultado e Informações

O Bonsucesso empatou esta tarde com o Rubro Social por 2 a 2. A equipe da Leopoldina poderia garantir a classificação, se vencesse, pois o Bangu perdeu para o Duque de Caxias por 1 a 0.
O Bonsucesso tem 15 pontos e encerrou seus jogos na primeira fase. Já o Bangu, tem mais uma partida a disputar contra o lanterna do Grupo B, o Rubro, na próxima quarta-feira.
Caso a equipe alvirubra empate, o Bonsuça se classifica.
Temos que torcer e ter esperança!!!
* O caso W.O., ainda não teve seu veredicto confirmado. Poderá haver um julgamento, na qual o confronto entre as equipes ocorrerá, dependendo dos auditores do TJD.
________________________________________________
Na segunda fase as associações serão distribuidas em 4 grupos (E, F, G, H), formados por 4 equipes cada um, assim constituidos:
Grupo E: 1ºA, 2ºB, 3ºC, 4ºD
Grupo F: 1ºB, 2ºC, 3ºD, 4ºA
Grupo G: 1ºC, 2ºD, 3ºA, 4ºB
Grupo H: 1ºD, 2ºA, 3ºB, 4ºC
Todos se enfrentarão nos seus respectivos grupos em turno e returno, classificando a 1ª e 2ª equipe de cada grupo.

Classificação e resultados do Grupo B !

1º Mesquita - 21 pontos - 10 jogos - 6 vitorias - 3 empates - 1 derrota - SG 11

2º Duque de Caxias - 20 pontos - 11  jogos - 5 vitorias - 5 empates - 1 derrota - SG 6

3º CFZ - 17 pontos- 10 jogos - 5 vitorias - 2 empates - 3 derrotas - SG 5

4º Bonsucesso - 15 pontos - 12 jogos - 3 vitorias - 6 empates - 3 derrotas - SG -1

5º Bangu - 13 pontos - 11  jogos - 4 vitorias - 1 empate - 6 derrotas - SG 3

6º Angra dos Reis - 10 pontos - 11 jogos - 3vitorias - 1 empate - 7 derrotas - SG -8

7º Rubro Social - 7 pontos - 11 jogos - 1 vitoria - 4 empates - 6 derroras - SG -15


Resultados da Rodada :

Rubro Social 2 x 2 Bonsucesso

Duque de Caxias 1 x 0 Bangu

Bonsucesso enfrenta o Rubro Social !

Bonsucesso enfrenta o Rubro Social !


A duas rodadas do fim, a primeira fase do Campeonato Carioca da Série B reservará fortes emoções aos torcedores. Princialmente aos do Bonsucesso, que encara hoje, às 15h. o Rubro Social, no estádio Moça Bonita. Como o Grupo B possui uma equipe a mais do que os outros, o Bonsucesso, que tem um jogo a mais que alguns adversários, entrará emn campo pela última vez. Mas caso ganhe a ação que move na Justiça para que haja o jogo contra o Bangu, a equipe poderá realizar mais uma partida.

Após a demissão do técnico Marcelo Cabo, o Bonsucesso vai a campo sob o comando do interino Bau. O auxiliar-técnico, que a princípio ficará apenas até o final da primeira fase, espera classificar o time para a próxima fase e se manter no cargo.

“Penso em ficar no comando do Bonsucesso, pois já dirigi várias equipes e quero dar continuidade ao meu trabalho. Vamos nos classificar”, afirmou o treinador, ressaltando que tem três dúvidas na escalação.

Já pelo lado do Rubro, a meta é fugir do quadrangular da morte que reunirá a pior equipe de cada grupo e decidirá os dois rebaixados para a Série C.

Para Jorge Saraiva, técnico da equipe de Araruama, o ponto forte será a marcação.

“Nosso esquema será o 4-5-1, reforçando bem a defesa. Vamos marcar com eficiência e sair rápido para o ataque sempre com dois ou três elementos surpresas”, explicou.

Fonte: Jornal dos Sports


Avante Cesso !!!

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Artilharia da Série B do Rio de Janeiro.



7 Gols - Bruno Meneghel (BRESCIA)

5 Gols - Jordan (INDEPENDENTE)

5 Gols - Roberto (MACAÉ)

4 Gols - Diogo (SÃO CRISTOVÃO)

4 Gols - Alan (OLARIA)


Fonte: www.srzd.com/futrio

Nova contratação!!


O volante Rodolfo Soares foi apresentado no ínicio desta semana no Bonsucesso FC e estreou no segundo tempo da partida contra o Duque de Caxias no "Teixeirão". Veja a ficha técnica do jogador:


Nome: Rodolfo dos Santos Soares

Posição: Volante

Nacionalidade: Brasileiro

Naturalidade: Rio de Janeiro

Nascimento: 20.05.85

Altura: 1,87 cm

Peso: 83 Kg

Clubes: Fluminense, Joinville e Vejle Boldlub - DIN

Lista dos Jogadores Profissionais

Foto: Jorge Rodrigues


Segue a ordem os jogadores disponíveis no Bonsucesso FC:



Everaldo ,Alan, Rodolfo Soares, Kemerson, Robson, Douglas, Harley, Paulo Silva, Rafael Rebelo,Tiago, Bruno Luiz, Everton - (Goleiro), Buiu, Paulo Cesar, Silas, Everton, Gilmar, Alex Alexandre, Domicio, Rafael, Alonso, Bruno, Cabral, Fábio Silva, Lourenço, Henrique, Jean Carlo - (Capitão), Dias, Julio Cesar, Max, Araujo, Rogério Correa, Tales, Tiago, William, Júlio dos Santos, Isac, Valdiram, Carlos Magno, Everaldo, Acioli, Mauricio, Vinicius.



* Não há numeração fixa e a listagem está de acordo com as últimas atualizações do BIRA (Boletim Informativo Reg. Atleta) no site da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.




Comissão Técnica:


Diretor Técnico: Ademir Fonseca

Gerente de Futebol Profissional: Carlos Alberto André Oliveira

Treinador Interino: Badú

Preparador Físico: Sérgio alexandre

Médico: Dfroin Wolf Harowchi

Diretor: Jaider Moreira

Massagista: Ronaldo Cascão

Roupeiro: Márcio Baixinho

Edital de Convocação da 2ª Divisão de Profissionais.

O Presidente da FERJ convoca os clubes da Segunda Divisão de Profissionais, filiados à FERJ e em pleno gozo de seus direitos estatutários, para se reunirem em Conselho Arbitral, no dia 02 de outubro de 2007, terça-feira, às 13:00 horas, na sede da Federação, para tratar de assuntos pertinentes ao Campeonato.

Rio de Janeiro, 26 de setembro de 2007.

RUBENS LOPES DA COSTA FILHO
PRESIDENTE

Fonte: www.fferj.com.br

Novas notícias sobre o W.O !

O Bonsucesso recorreu da derrota sofrida por WO para o Bangu devido a falta de um enfermeiro com registro do Conselho Regional de Infermagem (COREN). Michel Assef, advogado e diretor jurídico do Flamengo, assumiu o caso. O julgamento ainda não tem data prevista.

Fonte: FutRio


Novas notícias postaremos !

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Bomba !! Marcelo Cabo é demitido apos o empate contra o Duque de Caxias !

Para aqueles que não o conhecem
Foto: Papo Esportivo
______________________________________________________________

Marcelo Cabo é demitido após o jogo

Após o final do jogo, o diretor do Bonsucesso, Jaider Moreira, se reuniu com toda a comissão técnica. Meia hora depois, o dirigente revelou que Marcelo Cabo não era mais o técnico da equipe. Segundo o dirigente, o auxiliar-técnico Badú vai comandar interinamente a equipe e pode até permanecer em seu comando.

“Futebol é assim mesmo. O time não jogou bem e nesse momento precisamos do resultado para nos classificar. Entendi que o momento de mudar era agora. Vamos definir se contratamos outro treinamos ou se vamos manter o Badú”, comentou Jaider.
O destaque da partida, o goleiro Everton fez uma análise do empate.

“Infelizmente o resultado não foi o que esperávamos até pela qualidade do nosso time. Fiz quatro defesas complicadas, agora eu trocaria com prazer o fato de ter sido o destaque do jogo pelos três pontos”, lamentou.

Fonte: Jornal dos Sports

Novas promessas!



Caio e Nattan, destaques do Sub-20.


O futsal sub-20 do Bonsucesso também tem seu valor. O Rubro - Anil disputa o campeonato Rio Futsal e está em 4º lugar, tendo 6 times no geral. As quatro primeiras equipes se classificam para a semifinal. Os destaques são, Nattan de 16 anos que marcou 4 gols contra o time do Clube de Sargentos no primeiro turno e Caio, 17 anos, que quando entra no jogo arrebenta.





Força Bonsuça!!

T.O.B. - Torcida Organizada do Bonsucesso

Sem torcida não dá!
Foto: André Queiroz

A mais nova torcida do Bonsucesso Futebol Club está se formando. É a T.O.B., Torcida Organizada do Bonsucesso. Um grupo de jovens moradores do bairro se reuniram no jogo contra o Duque de Caxias na última quarta - feira no Estádio Leônidas da Silva para apoiar com vibração a equipe Rubro - Anil da Leopoldina e atormentar o time visitante. Para a apresentação, a torcida se mostrou muito entrosada com os gritos de guerra. O Local de concentração é sempre ao lado da cabine de imprensa.
De acordo com o presindente da T.O.B., André Queiroz, a proposta é expandir o número de torcedores e fabricar um bandeirão, assim como as grandes torcidas do futebol carioca e nacional têm.

Para mais informações, acesem o link do tópico na comunidade do Bonsucesso FC:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=39452867 ou a comunidade: http://http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=39684813

Sem vitória, sem gol e sem emoção.

A palavra "sem" pode perfeitamente definir o jogo de ontem, à tarde, no Leonidas da Silva.

No primeiro tempo as equipes se estudaram bastante, e o primeiro lance de "perigo" saiu aos 6 minutos numa falta cobrada por Jean Carlo e afastada pela defesa do Duque de Caxias, aliás, bolas levantadas na área foram as principais jogadas do Cesso no primeiro tempo.

O destaque do Bonsuça na primeira etapa foi o goleirão Éverton, que parou o baixinho Mádson, o Cesso chegou a levar um gol, mas foi bem anulado pelo auxiliar João Luiz Ribeiro Magalhães, alegando impedimento. Ainda na primeira etapa, o único cartão do jogo, um amarelo, para Cléber do Duque.

Vem o segundo tempo, e pouco muda o jogo, o baixinho Mádson segue assustando Éverton e o Cesso passa a ariscar chutes de fora da área, uma exigência de Marcelo Cabo.

Mas o técnico do Bonsucesso não contava com a falta de pontaria de seus atletas; Araújo, Gomes e Rafael Rebelo pouco assustaram o goleiro Adriano, nas tentativas de longe.

E mesmo com a entrada dos ex-jogadores do Fluminense, Alan e Rodolfo Soares, o Bonsuça não conseguiu fazer o gol e saiu da partida somando mais um ponto.

FORÇA, BONSUCESSO.

Departamento Médico

O atacante Valdiram, que foi contratado para defender as cores do rubro - anil da Leopoldina na segunda divisão ainda não estreou devido as seguidas lesões. A "nova" lesão do centroavante localiza-se na parte posterior do joelho esquerdo. O retorno está previsto para a 2ª fase da competição, caso o Bonsucesso se classifique entre os quatro clubes que seguem firme com o sonho da redenção (até o momento, o Bonsuça é o 4º).
O meio-campo Willian que desfalcou o Cesso na última partida contra o Duque de Caxias, retornou as atividades nesta quinta-feira.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Mais detalhes sobre o empate contra Duque de Caxias !

O Duque de Caxias conseguiu arrancar um empate sem gols contra o Bonsucesso, no estádio Leônidas da Silva, e segue na vice-liderança do grupo B. Com o resultado as equipes permanecem na zona de classificação para a segunda fase do campeonato. O tricolor da Baixada Fluminense soma 17 pontos e o rubro-anil, em quarto, com 14.

A partida foi muito equilibrada. O Bonsucesso dominou durante a maior parte do primeiro tempo e controlava as ações no meio-de-campo, mas não mostrava objetividade no ataque. A equipe de Caxias percebeu a fraqueza dos donos da casa e iniciava as jogadas no setor defensivo.

O tricolor só ameaçou aos 10 minutos de jogo, com perfeita cobrança de falta de Madson, no ângulo direito do goleiro Everton, que fez bela defesa. O Bonsuça só respondeu aos 22 minutos, com chute fraco de Kemerson. A bola desviou e pegou de surpresa o goleiro Adriano, que defendeu em dois tempos, assustando a torcida rubro-anil. Nos minutos seguintes o Bonsucesso se aproveitava dos espaços oferecidos pelo Duque de Caxias nas laterais, verdadeiras avenidas.

A partir de então o jogo teve acentuada queda e nível técnico. Marcelo Cabo, técnico do rubro-anil, não perdeu tempo e efetuou a primeira substituição logo aos 30 minutos. Por opção tática, trocou o lateral esquerdo Souza pelo atacante Alexandre. A alteração deu mais ritmo ao ataque do Bonsucesso, mas não foi suficiente para que fosse alterado o placar.

O panorama não se alterou na segunda etapa. A melhor chance da equipe leopoldinense aconteceu aos 13 minutos, com chute de Araújo, de fora da área, para defesa de Adriano. Três minutos depois Guto cruzou uma bola que entrava no gol, mas Robson tirou de cima da linha. A partida seguiu monótona e o equilíbrio justificou o placar sem gols, o segundo seguido do Duque de Caxias.

"A equipe não rendeu o esperado. O Bonsucesso tem uma excelente equipe e estamos acertando o Caxias para a segunda fase. O clube vem crescendo dentro da competição e será assim até o final", afirmou Manoel Neto, técnico da equipe da Baixada Fluminense.

Escalações :

Estádio Leônidas da Silva (Avenida Teixeira de Castro/ Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Djalma José Beltrami

Auxiliares: João Luiz Ribério de Magalhães e Vilmar Raul

Bonsucesso: Everton, Robson, Paulo César, Gomes, Araújo, Souza (Alexandre), Sasá, Cabral (Rodolfo Soares), Kemerson (Alan), Jean Carlo, Rafael Rebelo. Técnico: Marcelo Cabo.

Duque de Caxias: Adriano, Guto, Alessandro, Carlos Eduardo, Alan, Cléber, Magrão (Marcelo Cardoso), Silva, Fabiano (Dudu), Renatinho, Madson (G
iovanni). Técnico: Manoel Neto.

Cartões amarelos: Cléber (Duque de Caxias)

Fonte: www.srzd.com.br/futrio

Proximos Jogos do Grupo B

6ª rodada - 2º Turno

29/09 - 15:00 - RUBRO SOCIAL X BONSUCESSO

7ª rodada - 2º Turno

03/10 - Folga do BONSUCESSO


Outros Jogos - 6ª Rodada :

29/09/2007 - 15:00 -
Duque de Caxias x Bangu
 
29/09/2007 - 15:00 -
CFZ x Mesquita
 







Classificação e resultados do Grupo B

1º Mesquita - 21 pontos - 10 jogos - 6 vitorias - 3 empates - 1 derrota - SG 11

2º Duque de Caxias - 17 pontos - 10 jogos - 4 vitorias - 5 empates - 1 derrota - SG 5

3º CFZ - 17 pontos -  10 jogos - 5 vitorias - 2 empates - 3 derrotas - SG 5

4º Bonsucesso - 14 pontos - 11 jogos - 3 vitorias - 5 empates - 3 derrotas - SG -1

5º Bangu - 13 pontos - 10 jogos - 4 vitorias - 1 empate - 5 derrotas - SG 3

6º Angra dos Reis - 10 pontos - 11 jogos - 3vitorias - 1 empate - 7 derrotas - SG -8

7º Rubro Social - 6 pontos - 10 jogos - 1 vitoria - 3 empates - 6 derroras - SG -15


Resultados da Rodada :

Angra dos Reis 4 x 0 Rubro Social

Bangu 2 x 0 CFZ do Rio

Bonsucesso 0 x 0 Duque de Caxias



Baixa Temperatura

Torcedores do Rubro - Anil!

A partida entre Bonsucesso e Duque de Caxias não foi empolgante. Como de costume a equipe do Bonsuça entrou com o foguetório e os mascotes para dar incentivo aos atletas. Já o Duque de Caxias contou com o apoio de sua pequena torcida "fanática".
No primeiro minuto de jogo, o meia Cabral sentiu a parte posterior da coxa, mas foi apenas um susto e voltou normalmente a partida. Até aos 7 minutos, só o Cesso jogava e esbarrava na forte marcação do time visitante.
A partir dos 10 minutos, o time da casa recebeu o primeiro "cartão de visitas". Em uma falta cobrada por Madson próximo a linha lateral, a bola passou por todos na grande área e o goleiro Éverton salvou, mandando para escanteio.
Após esse lance, o jogo ficou frio. Ambas as equipes tocavam bola e procuravam pouco o gol adversário, parecia que o empate estava de bom tamanho para os dois times.
Aos 17', Madson, o Baixinho do Duque novamente chegou com perigo. Driblou o zagueiro Paulo César e bateu firme, para a espetacular defesa do goleiro do Rubro - Anil de mão trocada. Logo após, o tricolor marcou um gol aos 19 minutos, mas Renatinho estava em posição irregular.
O Bonsucesso chegou novamente ao ataque aos 28 minutos com Rafael Rebelo que dominou a bola com o braço e bateu cruzado para a defesa do goleiro Adriano do Duque de Caxias.
O técnico Marcelo Cabo, parecia não satisfeito com a equipe em campo, tanto é que, substituiu o lateral Souza pelo atacante Alexandre aos 30'.
Nos últimos instantes, o Bonsuça pressionou, mas o gol não saiu. Aos 45 minutos, deu tempo para Cléber do time da baixada receber um cartão amarelo por uma cotovelada.
Na segunda etapa, o panorama foi o mesmo. Manoel Neto, técnico do time da baixada substituiu o atacante Fabiano por Dudu.
Aos 12, boa chegada do Bonsucesso, após uma jogada individual de Araujo, que passou por dois zagueiros, chutou forte para a defesa concisa de Adriano.
Com 18 minutos, nova substituição no time da zona norte. Kemerson saiu para a entrada de Alan, ex-Fluminense.
Aos 27, o novo contratado do Bonsucesso estreou, Rodolfo Soares no lugar de Cabral. Cinco minutos depois, nova chegada do Bonsuça. Cruzamento do Jean Carlo e Rafael Rebelo cabeceou para fora.
Dez minutos depois, Giovani entrou no lugar de Madson. Aos 40', Marcelo Cardoso entrou no lugar de Magrão, ex- Volta Redonda, ambas as substituições foram do tricolor.
Fim de jogo, um empate em 0 a 0 que não favoreceu a nenhuma das equipes. Podemos destacar, a atuação segura do árbitro Djalma Beltrami. Agora enfrentaremos o Rubro Social em Moça Bonita no fim de semana.


>> Bonsucesso: Everton, Robson, Paulo César, Gomes, Araujo, Souza (Alexandre), Sasá, Cabral (Rodolfo Soares), Kemerson (Alan), Jean Carlo, Rafael Rebelo. Técnico: Marcelo Cabo.

>> Duque de Caxias: Adriano, Guto, Alessandro, Carlos Eduardo, Alan, Cléber, Magrão (Marcelo Cardoso), Silva, Fabiano (Dudu), Renatinho, Madson (Giovani). Técnico: Manoel Neto.

Arbitragem: Bonsucesso x Duque de Caxias.

Djalma Beltrami
Hoje à tarde, no estádio Leonidas da Silva, Bonsucesso e Duque de Caxias, medem suas forças. Em um jogo muito importante para ambas as equipes, por estarem muito perto na classificação.
Arbitragem.

Árbitro: DJALMA JOSÉ BELTRAMI TEIXEIRA
Auxiliar 1: JOÃO LUIZ RIBEIRO DE MAGALHÃES
Auxiliar 2: VILMAR RAUL
4º árbitro: FERNANDO JOSÉ PEDRENHO DIAS

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Reportagem

Ontem à noite em entrevista concedida ao porgrama "A bola e o craque" da Rádio Manchete, o dirigente do Bonsucesso, Zé Simões, deu sua opinião ao ocorrido no jogo entre o Bonsuça e o Bangu no estádio Leônidas da Silva, na qual o Alvirubro venceu por W.O.:
_ Não partiu da Ferederação, aquilo é decisão da arbitragem mesmo. A Federação não vai querer prejudicar um filiado, eles querem que o campeonato corra feliz e alegre.
Com relação as arbitragens que apitaram os jogos até então:
_ As arbitragens sempre atuaram bem nas partidas do Bonsucesso, não temos o que reclamar. Porém estamos tomando as providências cabíveis, e vamos atrás dos nossos direitos.
Ele também profetizou sobre o próximo jogo, nesta quarta-feira, às 15h no "Teixeirão" contra o Duque de Caxias:
_ O Duque de Caxias é uma excelente equipe, com certeza será um grande jogo. Até o momento não há nada definido no nosso grupo, mas tenho certeza que dará tudo certo à nosso favor.

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Informações Gerais ( CFZ do Rio X Bonsucesso)


Arbitragem: Wagner dos Santos Rosa

Assistente1: Délcio da Silva Brum

Assistente2: Marcelo Correa de Lima

4º Árbitro : Elton Azevedo


Escalações:

>> Bonsucesso: Everton, Bruno Luiz, Paulo Cesar, Gomes, Araujo, Isac, Kemerson (Sasá), Cabral, Alan (Bruno), Jean Carlo (Tales) e Rafael Rebelo. Técnico: Marcelo Cabo


>> CFZ do Rio: Borges, Rodolfo, Walace, Naldoni, Thiaguinho, Waguinho (Bruno Luiz), Danilo Dias, Willian, Léo Guerra, Tiano (Crispin) e Carlinhos (Galvão). Técnico: Leandro Ávila


Gols: 1º Tempo:Kemerson aos 14 minutos, Tiano aos 25 minutos

2º Tempo: Rafael Rebelo aos 30 minutos



Proximos Jogos do Bonsucesso !

5ª rodada - 2º Turno

26/09 - 15:00 - BONSUCESSO X DUQUE DE CAXIAS

6ª rodada - 2º Turno

29/09 - 15:00 - RUBRO SOCIAL X BONSUCESSO

7ª rodada - 2º Turno

03/10 - Folga do BONSUCESSO

Com bola rolando, Bonsucesso é superação

Veja em: Com bola rolando, Bonsucesso é superação FutRio/Redação Foto: Jorge R Jorge

Após a polêmica derrota por WO (Walk Over) para o Bangu em casa, na última quarta-feira, o Bonsucesso foi às Laranjeiras enfrentar o CFZ. O rubro-anil empregou um forte ritmo de jogo e ofereceu poucas chances a equipe da casa.

Kemerson e Rafael Rebelo, que vem se revelando o salvador da pátria leopoldinense, marcaram para o rubro-anil. Tiano descontou para o CFZ.

Com o resultado e beneficiado pela vitória do Mesquita sobre o Bangu sábado, o Bonsucesso retornou ao quarto lugar do grupo B e, consequentemente, à zona de classificação para a segunda fase.

A equipe leopoldinense tem ainda dois jogos pela primeira fase. Receberá o Duque de Caxias quarta-feira, na Av. Teixeira de Castro e enfrentará o Rubro sábado, em Moça Bonita. O rubro-anil depende apenas de si para garantir uma das vagas para a fase seguinte.

A vitória do Bonsucesso obriga o Bangu a vencer seus dois próximos compromissos e torcer por tropeço da equipe da leopoldina, para ter chances de avançar à segunda fase.Apesar da derrota, O CFZ está em situação mais confortável na tabela de classificação. Com 17 pontos, é vice-líder e ainda terá dois desafios nesta fase. Quarta-feira vai a Moça Bonita enfrentar o Bangu e sábado receberá o líder e já classificado Mesquita nas Laranjeiras.

domingo, 23 de setembro de 2007

Bonsucesso Vence e Retorna ao G4


CFZ do Rio: time perde mas segue em segundo
O time comandado por Leandro Ávila sofreu neste domingo uma derrota que não estava nos planos. Jogando em casa, no estádio das Laranjeiras, o Azul e Branco foi derrotado pelo Bonsucesso por 2 x 1. Com este resultado, o CFZ segue com 17 pontos, enquanto o Mesquita, que venceu o Bangu, pulou para 21 e lidera isolado, mas com um jogo a mais.

Fonte: Site do CFZ do Rio

__________________________________________________________

Gols do Cesso: Kemerson e Rafael Rebelo

Classificação após a 4ª rodada do returno.

1º Mesquita - 21 pontos, 10 jogos, 6 vitórias
2º CFZ do Rio - 17 pontos, 9 jogos, 5 vitórias
3º Duque de Caxias - 16 pontos, 9 jogos, 4 vitórias
4º Bonsucesso - 13 pontos, 10 jogos, 3 vitórias
5º Bangu - 10 pontos, 9 jogos, 3 vitórias
6º Angra dos Reis - 7 pontos, 10 jogos, 2 vitórias
7º Rubro Social - 6 pontos, 9 jogos, 1 vitória

Bangu em dia de Americano

Protegido pelo presidenteda Federação, time ganha até por WO na Segundona Carioca!

América e Botafogo, antigos desafetos, se renderam ao presidente da Federação do Rio, Rubens Lopes, alegando que a mudança de posição se devea nova postura do dirigente, que estaria fazendo uma boa gestão. Só se for na Primeira Divisão. Na Segunda, a bandalheira continua. O último e o mais gritante envolve o Bangu, clube de Lopes - que já está sendo chamado de novo Americano, protegido fo ex-presidente Eduardo Viana.Na quarta-feira, o Bangu enfrentaria o Bonsicesso, em Teixeira de Castro. O jogo era decisivo, já que os dois clubes lutampelo quarto lugar. Com 10 pontos, 3 a mais que o Bangu, o Bonsucesso ficaria em excelente posição se vencesse. Mas o árbitro MARCELO DE LIMA HENRIQUE, o mesmo criticado no último Flamengo x Vasco, deu vitória por WO ao Bangu.Conforme o Estatuto do Torcedor, era necessárioa presença de uma ambulancia e dois enfermeiros para a realização do jogo. O árbitro, porém, não aceitou os documentos apresentados por um dos enfermeiros.O Bonsucesso conseguiu outro enfermeiro, com toda a documentação exigida. Mesmo assim, o árbitro aplicou o WO, e o Bangu ganhou os 3 pontos, ultrapassando o Bonsucesso na tabela por ter uma vitória a mais.Já o Teresópolis, rebaixado para a Terceira Divisão por fazer oposição a Lopes, ganhou na Justiça o direito de disputar a Segundona. O CAMPEONATO PODE ATÉ PARAR.

Fonte: Jornal Extra do Rio de Janeiro.

sábado, 22 de setembro de 2007

Leônidas da Silva e a Bicicleta


Apesar de muitas haver muitas controvérsias sobre o assunto, é atribuída a Leônidas da Silva, o Diamante Negro, a honra de ter inventado a bicicleta, um dos mais belos lances e a jogada mais plástica do futebol.

Leônidas executou a jogada pela primeira vez na abertura do campeonato estadual de 1932, na vitória do rubro-anil sobre o Carioca do Jardim Botânico por 5 a 2, no dia 24 de abril. O craque vestiria a camisa da seleção brasileira meses a frente. No dia 3 de junho, marcou o único gol da seleção na Copa de 1934, na derrota para a Espanha por 3 a 1, com apenas 19 anos.

Em homenagem ao atleta e grande astro nacional de um esporte ainda incipiente, o estádio da Avenida Teixeira de Castro ganhou o nome do artilheiro que é um dos principais símbolos de um outrora glorioso Bonsucesso Futebol Clube.
Saiba mais: Campanha de 1934
Noticiário: Bonsucesso

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Bonsucesso x Bangu, fora dos gramados !

Assim como nos grandes clássicos, Bangu e Bonsucesso, travam batalhas dentro e fora de campo.

Na partida da última quarta-feira, o alvianil saiu com uma vitória de WO, sob a alegação do árbitro, Marcelo de Lima Henrique, de que faltavam médicos para o Bonsucesso.

De acordo com as normas da FERJ, o árbitro deve esperar 30 minutos para a entrada de outro médico, e como o jogo iria começar às 15h10, o certo seria esperar até as 15h40, mas contrariando à todos a arbitragem decidiu acabar a partida às 15h30, gerando uma muvuca total no estádio, e além da derrota o Bonsucesso teve uma dívida, pois teve que devolver o dinheiro dos ingressos aos torcedores.

Agora meus amigos, é mais uma para o STJD, esse mesmo que está aparecendo na mídia com as punições aos craques cariocas.

Há o risco de ocorrer outro jogo, dependendo do julgamento, se ocorrer temos que lotar o estádio e levar o rubro-anil à frente, de volta a elite, de onde nunca deveria ter saído.

FORÇA, BONSUCESSO

Bonsucesso vai recorrer de W.0. sobre Bangu


O que estava ruim, ficou pior. O site da Federação de Futebol do Rio informava, ontem, a vitória do Bangu por 3 a 0 sobre o Bonsucesso por W.O.. O resultado ocorreu por que um dos enfermeiros da partida não portava o visto do Conselho de Enfermagem. O diretor de futebol do Bonsucesso, Jaider Moreira, promete recorrer.“Já contratamos um advogado e acionamos a Justiça. Vamos brigar até o fim contra essa situação”, revelou o dirigente que relembrou partidas da Série B que contradizem a atitude do árbitro.O problema aconteceu porque o árbitro Marcelo de Lima Henrique não aceitou a carteira de trabalho em substituição ao documento do COREN e cancelou o jogo.

Fonte: Jornal dos Sports

Confusão à vista na Segundona do Rio. Bonsucesso leva WO estranho em casa

Saiba Mais!!!

Paulo Roberto Rodrígues
A partida Bonsucesso x Bangu, marcada para esta quarta (19), às 15h, no Estádio Leônidas da Silva (Rua Teixeira de Castro), não aconteceu. O árbitro Marcelo de Lima Henrique, alegando que os dois enfermeiros não estavam com as suas carteiras do COREN (Conselho Regional de Enfermagem), não autorizou a saída de bola. Todos os ítens previstos no regulamento da Segunda Divisão de Profissionais foram cumpridos, pelo Bonsucesso, mandante da partida, como a UTI-Móvel, um médico e dois enfermeiros, que apresentaram a carteira de trabalho e o crachá da empresa, o que por lei identifica suas funções. O fato curioso: era o jogo do quarto colocado do Grupo B (Bonsucesso), contra o quinto (Bangu). Uma vitória do primeiro poderia deixar o time de coração do presidente da FERJ, Rubens Lopes, em situação delicada e com chances remotas de classificação.
Para os diretores do Bonsucesso, Marcelo de Lima Henrique não teve bom senso e infringiu a lei. "O árbitro da partida agiu de má-fé com o Bonsucesso. A partir do momento em que chegou ao estádio ele começou a fazer exigências como a presença de dois policiais militares ao seu lado a todo instante e o reforço no policiamento. O que causa espanto foi o seguinte: quando os enfermeiros mostraram suas carteiras de trabalho na empresa de UTI-Móvel e os crachás de funcionários, ele não aceitou, dizendo que só aceitaria a carteira do COREN. De acordo com a lei, a carteira de trabalho é uma identificação e onde está o registro profissional da profissão exercida pelo portador. Diz também o local de trabalho do profissional e pode ser usada como prova", disse Cláudio Menezes, diretor do Bonsuça.
Menezes informou à imprensa que a partir daquele momento iria tomar providências para o Bonsucesso não ser prejudicado. "O motorista da UTI-Móvel e os enfermeiros foram à delegacia de polícia registrar um boletim de ocorrência, sob a alegação de terem sido proibidos de exercer a profissão. Amanhã (hoje, quinta-feira), nós é que vamos à sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, onde tentaremos resguardar nossos direitos sobre a partida não-realizada. Não vamos deixar isso barato", ameaçou Cláudio Menezes.

Fonte: Papo Esportivo

A versão do árbitro (Bonsucesso X Bangu)

O árbitro, Marcelo de Lima Henrique redigiu o seguinte na súmula:

" A partida não foi realizada, pois apesar da ambulância estar presente no horário e local estipulados para a realização da mesma, a equipe médica estava incompleta, pois somente o médico(...) e um enfermeiro(...) estavam presentes. Vale lembrar que de acordo com o Estatuto do Torcedor, (...) diz que tem que haver um médico e dois enfermeiros padrão para a realizar a partida até dez mil espectadores..."

Em outra parte ele escreveu o seguinte:

"Por isso aguardei 30 minutos do horário estupulado para iniciar a partida e comuniquei aos capitães que a partida não seria realizada."

Após a entrada do diretor do Bonsucesso, Jaider Moreira, no vestiário da arbitragem, de acordo com o árbitro o diretor proferiu as seguintes palavras "Eu tenho muito dinheiro e vou usá-lo para acabar com sua carreira, safado, veio aqui mandado pra fazer resultado."
E por fim profere que as taxas de arbitragem e administrativas não foram pagas.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Mais detalhes sobre a derrota de W.O contra o Bangu

O Bangu não precisou jogar para vencer o Bonsucesso, na tarde de quarta-feira, no Estádio Leônidas da Silva. O árbitro Marcelo de Lima Henrique não aceitou a documentação oficial apresentada por um dos enfermeiros da UTI Móvel, exigia a apresentação da carteira do COREN (Conselho Regional de Enfermagem) e ignorou os registros presentes no crachá e na Carteira de Trabalho do profissional, desautorizando deste modo sua atuação.

Quando Jaider Moreira, Diretor de Futebol rubro-anil, retornou com uma enfermeira devidamente documentada, árbitro e delegado da partida, Roberto Faustino da Silva já haviam encerrado a partida e decretado WO (Walk Over) para o alvirubro. O regulamento prevê que em casos de WO, a equipe vencedora somará o placar de 3 a 0.

Dirigentes do clube leopoldinense alegam que a partida teria começado às 15h10m por conta de atraso da entrada do trio de arbitragem em campo e, deste modo, a tolerância seria a contar da entrada em campo, e não horário previsto para o início da partida.


Fonte: www.srzd.com.br/futrio

Proximos jogos do Bonsucesso

4ª rodada - 2º Turno

22/09 - 15:00 - CFZ X
BONSUCESSO


5ª rodada - 2º Turno

26/09 - 15:00 -
BONSUCESSO
X DUQUE DE CAXIAS

6ª rodada - 2º Turno

29/09 - 15:00 - RUBRO SOCIAL X
BONSUCESSO

7ª rodada - 2º Turno

03/10 - Folga do BONSUCESSO

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Classificação e resultados do Grupo B.

Grupo B

1º Mesquita 18 pontos - 9 jogos - 5 vitorias - 3 empates - 1 derrota - SG 9

2º CFZ - 17 pontos - 8 jogos - 5 vitorias - 2 empates - 1 derrota - SG 8

3º Duque de Caxias - 15 pontos - 8 jogos - 4 vitorias - 3 empates - 1 derrota - SG 5

4º Bangu - 10 pontos - 8 jogos - 3 vitorias - 1 empate - 4 derrotas - SG 3

5º Bonsucesso - 10 pontos - 9 jogos - 2 vitorias - 4 empates - 3 derrotas - SG -2

6º Rubro Social - 6 pontos - 9 jogos - 1 vitoria - 3 empates - 5 derroras - SG -11

7º Angra dos Reis - 6 pontos - 9 jogos - 2 vitorias - 0 empate - 7 derrotas - SG -12


Resultados da 3 rodada :

15:00 ANGRA DOS REIS 0x4 CFZ DO RIO - MUNC. ANGRA
15:00 MESQUITA 4x0 RUBRO SOCIAL - MESQUITA
15:00 BONSUCESSO 0x3 BANGU - BONSUCESSO

Bangu vence por W.O




Uma vergonha o que aconteceu com o clássico desta tarde. Para você, caro leitor, entender, prossiga os fatos:
Ocoreu uma preliminar entre o Bonsucesso e o Villa Rio, (essa partida começou as 13h) e o Bonsucesso ao fim da primeira etapa vencia por 2 a 0. Mas no segundo tempo os juniores do Villa Rio vieram com tudo e empataram. 2 a 2. Aos 46 do segundo tempo, um dos juniores do Bonsucesso desmaiou em campo. No mesmo instante os médicos e comissão médica do time da casa foram socorrê-lo. Nesse atendimento foram perdidos uns cinco a seis minutos minutos no mínimo. Por fim a partida terminou empatada pelo mesmo placar (2 x 2).
Logo após, os times principais e a arbitragem entraram em campo às 15:10h para a disputa do clássico. De um lado o Bonsucesso que vinha com tudo após o grande empate com o Mesquita, depois de estar perdendo por 3 a 0. A equipe da Zona Norte entrou com os mascotes e seguido de um grande foguetório. Já o Bangu entrou com a responsabilidade de vencer e igualar o número de pontos do Cesso e buscar nas últimas quatro rodadas restantes a classificação.
O que ninguém esperava era a atitude do árbitro (bom frisar esse nome) Marcelo de Lima Henrique que não permitiu o início do jogo alegando que faltava mais um enfermeiro na equipe médica que auxiliava o jogo. De acordo com a tolerância do regulamento, o árbitro deveria dar 30 minutos para que a situação fosse resolvida. Com isso a tolerância seria até as 15:40h, já que eles entraram às 15:10h. Uma correria tomou conta do estádio da Teixeira de Castro, com os dirigentes à procura de um enfermeiro que pudesse substituir o outro enfermeiro que estava lá. É isso mesmo tinha dois enfermeiros assim como o árbitro queria, mas ele não aceitou a documentação do então segundo enfermeiro.
Às 15:30 ele encerrou a partida dando a vitória para o Bangu por W.O. causando muita irritação tanto dos torcedores, jogadores do Rubro - Anil e principalmente dos dirigentes que às 15:33h chegaram com uma nova enfermeira. Porém a arbitragem já havia se "escondido" no vestiário.
A pressão foi grande para cima do árbitro que estava no vestiário, mas que nada adiantou. Por fim o Bangu comemorou os três pontos e uma vitória de 3 a 0 de forma prudente de acordo com a lei.
A decepção fica por conta da falta de organização de um campeonato ( é o segundo resultado por W.O. na competição) que tinha tudo para ser muito disputado e que iria atrair um bom público, mas por conta de alguns fatores extra - campo, acaba prejudicando e manchando o futebol carioca.


As equipes seriam as seguintes:

>> Bonsucesso: Everton, Bruno Luis, Gomes, Araujo, Isac, William, Cabral, Gilmar, Jean Carlo e Rafael Rebelo. Técnico: Marcelo Cabo

>> Bangu: Alcimar, Douglas Assis, França, Daniel, Alancássio, Tiago Costa, Osmar, Wilson Lino, Dionei, Paulo Roberto e Derlei. Técnico: Luis Claudio

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Arbitragem

MARCELO DE LIMA HENRIQUE / NALCY JOSÉ DA SILVA / LINO DE PAULA LEITE NETO / CLAUDIO ROBERTO DA CUNHA MELO.

Esse é o quarteto que comandará a partida de amanhã no estádio Leônidas da Silva, às 15 h.

Clássico receberá público!

Desde a partida contra o Mesquita no fim de semana passado, o estádio Leônidas da Silva voltou a receber público. No primeiro turno inteiro o Bonsucesso teve que jogar sem o apoio da torcida por causa dos Bombeiros que alegaram algumas irregularidades que dizem respeito a segurança dos espectadores.
Na última partida, o público foi regular, esperamos que dessa vez as arquibancadas lotem e os torcedores empurrem o Cesso ao seu devido lugar que é a 1ª Divisão!!!

Ingresso: Inteira: 4,00 R$
Meia : 2,00 R$

Bangu e Bonsucesso farão clássico decisivo no Grupo B


Um jogo de seis pontos. Apesar de ser um clichê muito usado no futebol, a expressão descreve bem a partida de amanhã do grupo B entre Bonsucesso e Bangu, pelo returno da Série B do Carioca. Se vencerem, os banguenses chegarão ao mesmo número de pontos do rival, porém com um saldo de gols mais alto.Para o técnico do Bonsucesso, Marcelo Cabo, o time precisa repetir o desempenho do segundo tempo do jogo com o Mesquita, quando fez três gols em menos de 15 minutos e empatou uma partida que parecia perdida."Encararamos como decisão. Esperamos repetir o segundo tempo do jogo contra o Mesquita, para não cometermos os mesmos erros. É difícil enfrentar o Bangu com toda a sua tradição, mas temos de vencer para nos aproximarmos da classificação", enfatizou.Do outro lado, Luiz Cláudio, técnico do Bangu, sabe da importância do resultado e ressalta a dificuldade encontrada no grupo B."Nossa chave tem equipes muito fortes, como o Bonsucesso. Mas agora que estamos nos acertando na competição, espero que o time engrene e aproveite essa chance para entrar no grupo dos quatro primeiros", afirmou.

Fonte: Jornal dos Sports

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Exclusivo! Bomba no Teixeira de Castro!!


O atacante Valdiram que foi contratado pelo Bonsucesso para disputar a 2ª Divisão ainda não estreou pois sofreu uma lesão muscular no treino de semana passada e de acordo com o departamento médico não há previsão para seu retorno aos treinamentos.

E no mesmo dia de sua lesão, empresários sul-coreanos estiveram no Leônidas da Silva para negociar a contratação do centroavante. Há a possibilidade de Valdiram nem estrear com a camisa Rubro - Anil caso a contratação seja conciliada nas próximas semanas antes mesmo de sua recuperação.


sábado, 15 de setembro de 2007

Quem foi, viu !


Hoje, no estádio Leonidas da Silva, os torcedores do Bonsucesso puderam acompanhar uma partida muito emocionante, com um excelente poder de reação do rubro-anil.

Parece que as forças que vieram da arquibancada, com a volta da torcida, foram não só o décimo segundo, mas sim o décimo terceiro jogador do Bonsucesso. O rubro-anil da Leopoldina perdia por 2 a 0, no intervalo, e sua torcida já muito chateada começou a soltar vaias.

Mas estava por vir a segunda etapa, a etapa da redenção do Bonsuça, mesmo com o susto de tomar mais um gol o Bonsucesso cresceu e trouxe junto a sua torcida, ofuscando os gritos de "olé" que ecoavam da parte destinada aos torcedores visitantes.

Mesmo perdendo seguidas oportunidades de gol, o rubro-anil, fez o primeiro, mais ainda assim estava atrás do placar, mas como o adversário estava atrás no esquema tático o Cesso balançou a rede pela segunda vez, para delírio geral dos já desacreditados torcedores, e aos 44 a surpresa para os visitantes, o Bonsuça empatou a partida, os torcedores não se conteram de emoção e aplaudiram de pé a atuação do rubro-anil.

No fim das contas, um empate com gosto de vitória.
FORÇA, BONSUCESSO !

Classificação e resultados do Grupo B.

1º Mesquita (Pontos:15; Vitória: 4; Saldo: 5)

2º Duque de Caxias (Pontos: 15; Vitória: 4; Saldo: 5)

3º CFZ (Pontos: 14; Vitória: 4; Saldo: 4)

Bonsucesso (Pontos: 10; Vitória: 2; Saldo: 2)

5º Bangu (Pontos: 7; Vitória: 2; Saldo: 0)

6º Rubro Social (Pontos: 6; Vitória: 1; Saldo: -7)

7º Angra dos Reis (Pontos: 6; Vitória: 2; Saldo: -9)

Resultados da segunda rodada do returno.
Duque de Caxias 2 x 0 Rubro Social
Bangu 2 x 0 Angra dos Reis
Bonsucesso 3 x 3 Mesquita

Que empate!!

O Bonsucesso empatou a partida após estar perdendo por 3 a 0.



O Jogo desta tarde foi emocionante, a torcida compareceu após um longo período sem público devido a irregularidades de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Acompanhe como foi a partida.....

Pré-Jogo:
Jean Carlo não jogou devido o fato de ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida anterior contra o Angra dos Reis.
Ocorreu uma preliminar entre os juniores de Bonsucesso e Everest. Pena que o resultado não nos foi favorável, derrota por 2 a 0.

A partida começou com 30 minutos de atraso, devido ao jogo que precedeu a partida principal.


1º Tempo: Com 1 minuto de jogo o Bonsucesso mostrava que queria o resultado positivo, com uma cabeçada forte de Gomes, para a defesa de Diogo silva da equipe do Mesquita.
O Bonsucesso pressionava e o Alvi – Negro saía perigosamente nos contra – ataques. Tanto é que aos 28 minutos, o time visitante abriu o placar com Neylhor após cruzamento de Edson.
Um minuto depois, ótimo lance de falta da equipe do Bonsucesso. Gomes escorou de cabeça e a bola sobrou limpa para Rafael Rebelo que perdeu incrivelmente uma bela oportunidade.
O Cesso dominava o jogo, tinha um bom time do meio-campo para frente, mas lá atrás a “cozinha” “batia cabeça com cabeça”. E tanto é que numa dessas falhas, Paulo César saiu jogando errado e a bola sobrou para Diego que deu um bom passe para Capixaba que frente a frente com Everton chutou fraco.
Os 38 minutos, o time da baixada marcou o segundo gol, com Capixaba que só escorou e balançou a rede após o rebote do goleiro Everton que espalmou o chute de Marcos.
Com isso o técnico do Bonsuça mexeu na equipe e sacou o meia Tiago, camisa 10, para a entrada de Paulinho.
A última chance do Cesso no 1º tempo, ocorreu aos 42 minutos em cobrança de falta de Bruno Luis que passou a esquerda do gol do Mesquita.

2º Tempo: No intervalo, Dias foi retirado de campo para a entrada de Tiago camisa 16 na equipe do Rubro – Anil.
E com 2 minutos, o Mesquita mostrou que queria ampliar o placar. Depois de passe de Diego, Capixaba chutou de “prima”, a bola tocou no travessão e saiu.
Aos 8 minutos, saíram os primeiros cartões amarelos, para Willian do Cesso após puxar o jogador do Mesquita e Diego após reclamação.
O panorama pouco mudou para o segundo tempo, o Cesso tinha mais a posse de bola, mas não conseguia finalizar com categoria, já o Alvi – Negro chegava com perigo nos contra – ataques.
Aos 15 minutos, o Alvi - Negro fez sua primeira substituição: Saiu Éderson para a entrada de Rafael.
Um minuto após, Capixaba cara a cara com Everton perdeu a melhor oportunidade até então no segundo tempo.
Aos 20 minutos, bobeada de Paulo César que furou feio, Diego soltou na direita para Felipinho que chutou, Everton rebateu e Cabral rechaçou pela linha lateral.
Aos 25 minutos, Willian saiu cansado para a entrada de Isac. Aos 26, bicão da zaga do Mesquita procurando o ataque, e nessa jogada, Capixaba ganhou a dividida com o zagueiro, chutou, Everton espalmou e o mesmo Capixaba ampliou o placar.
Para aqueles que já achavam que a partida estava decidida se enganou.... Aos 32 minutos, Rafael Rebelo dentro da pequena área, diminuiu o placar.
O Cesso após o gol pressionava mais do que nunca, em busca do empate, mas quem chegou novamente foi o visitante, com Capixaba no mano a mano com um único zagueiro, mas desperdiçou outra chance de “matar” a partida.
Aos 40 minutos, o time da baixada, fez sua segunda substituição, colocando Evandro no lugar de Capixaba.
Aos 41, Gilmar fez o segundo gol, após lançamento de Araújo para dentro da área.
Aos 43, Rafael Rebelo, perdeu a chance do empate após dividir jogada com o goleiro Diogo Silva, que caiu e pediu atendimento medico.
Mas aos 44 minutos, Rafael Rebelo empatou, após bola alçada na área. Com 4 minutos de acréscimos o Bonsuça pressionava, mas não conseguiu virar a partida.
Enfim, um empate sensacional, e a equipe do estádio Leônidas da Silva enfrenta o Bangu na próxima quarta-feira às 15h.

>> Bonsucesso: Everton, Bruno Luis, Paulo César, Gomes, Araújo, Dias (Tiago), Willian (Isac), Cabral, Gilmar, Tiago (Paulinho), Rafael Rebelo. Técnico: Marcelo Cabo.

>> Mesquita: Diogo Silva, Edson, Juan, Ajala, Naylhor, Filipinho, Éderson (Rafael), Alex Faria, Capixaba (Evandro), Marcos e Diego. Técnico: Edson Souza.



Arbitro: Antonio Frederico de Carvalho
Assistentes: Jose Cláudio Paranhos e João Luis Coelho.
4º arbitro: Clovys Vieira Costa

Valdiran retorna ao Rio de Janeiro querendo apagar o passado.

Exclusivo
* Valdiran, qual a sua expectativa defendendo agora as cores do Rubro – Anil da Leopoldina?
_ Eu fiz um acordo com a diretoria, espero que a campanha que eu desempenhei no Vasco eu possa desempenhar aqui também.
* Por que não deu certo seu desfecho com o Nurnberg da Alemanha?
_ Foi um assunto particular do meu empresário, minha parte eu fiz, que foi me apresentar no clube alemão, mas não deu certo e agora espero me preparar fisicamente para poder atuar bem.
* Você está 100% fisicamente para estrear no próximo jogo no Estádio Leônidas da Silva contra o CFZ?
_ Estou começando a treinar hoje, estava vinte dias parado e espero que eu possa participar e ajudar meus companheiros com a minha velocidade e os meus gols.
* Sua titularidade já é assegurada pelo seu conhecimento na mídia e por ter passagem por um clube grande do rio de janeiro (Vasco da Gama)?
_ Isso eu deixo com o treinador (Marcelo Cabo), onde eu passei fui titular, como no Vasco com o Renato Gaúcho, sendo artilheiro da Copa do Brasil de 2006.