domingo, 16 de março de 2014

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO-ANIL: CESSO SE GARANTE NA SÉRIE A

FALA, GALERA RUBRO-ANIL!
GRITA, GALERA DO LEÃO RUBRO-ANIL DA LEOPOLDINA!!!! GRITA FORTE, GRITA ALTO!!!! BEM ALTO PRA TODO O RIO DE JANEIRO OUVIR!!!! O BONSUCESSO FUTEBOL CLUBE ESCAPA DO REBAIXAMENTO!!!! O BONSUCESSO FUTEBOL CLUBE ESTÁ MATEMATICAMENTE GARANTIDO NA PRIMEIRA DIVISÃO DO CAMPEONATO CARIOCA DE FUTEBOL DE 2015. Com a vitória do Bonsucesso sobre o Madureira e a derrota do Duque de Caxias para o Macaé, o Leão não pode mais ser alcançado e, portanto, está livre do rebaixamento.
Mas agora vamos ao jogo do Bonsuça em Conselheiro Galvão. Os embalos de sábado à tarde foram ótimos para o rubro-anil. Isso porque o Bonsuça venceu o Madureira pelo placar de 2 tentos a 1, em pleno estádio de Conselheiro Galvão. Foi um jogão!!!! O Bonsucesso não tomou conhecimento do time da casa e começou mandando no jogo. E mandando tanto que, logo no minuto inicial da partida o Bonsucesso abre o marcador; Marlon cobra escanteio à esquerda do goleiro madureirense e o zagueiro China vai no segundo andar, para, de cabeça, desviar completamente do goleiro e fazer em Conselheiro Galvão: Bonsucesso 1 x 0 Madureira!!!! Festa nas arquibancadas onde estava a torcida rubro-anil. O show começou cedo. Eram os embalos de sábado à tarde só começando.
Debaixo de um forte calor, o Bonsucesso não parava de atacar o Madureira; o time de Alfredo Sampaio estava realmente determinado a vencer o jogo para poder ficar ainda mais longe da zona de rebaixamento. E o Bonsuça ia que ia pra cima do tricolor suburbano. O Madureira, por sua vez, só foi atacar com perigo aos 29, quando Rodrigo arriscou de muito longe e o xará, o goleirão do Leão, Rodrigo Viana, fez grande defesa. É bom ressaltar a atuação dele durante a partida porque, mais uma vez, ele foi decisivo em evitar uma série de gols do adversário. Foi, certamente, uma das melhores contratações para o ano de 2014. Seu retorno ao cesso foi providencial.
Voltando ao jogo, o Bonsucesso aproveitou a passividade do Madureira e, com isso, acabou chegando ao segundo gol, ainda na etapa inicial; aos 36, Marlon cruza da esquerda, o goleiro madureirense Rodrigo Café afasta mal e a bola sobra livre para Fernando apenas cumprimentar e, de cabeça, para o fundo da rede mandar. Placar agora em Conselheiro Galvão: Bonsucesso 2 x 0 Madureira!!!!!
Na etapa final, o Madureira busca a todo modo crescer no jogo. O tricolor suburbano aperta o time rubro-anil, que parece um pouco perdido em relação ao primeiro tempo. Logo aos 2 minutos, Rodrigo Viana defende uma bicicleta de Erivelto. Defesa providencialíssima!!! O Madureira pouco produzia pelas laterais, principalmente pela esquerda. Pela direita, de vez em quando aparecia um cara que faz lembrar muito o soldado Guile, personagem daquele épico jogo chamado “Street Fighter”. Ainda bem que ele não aplicou nenhuma voadora em cima dos rubro-anis. E por conta da dificuldade em atacar, o Madureira se limitava a arriscar chutes de fora da área. E a insistência dos tricolores acabou sendo premiada; Carlinhos arrisca de fora da área, aos 23 e o goleiro Rodrigo Viana vai na bola mas não alcança. O Madureira diminui em Conselheiro Galvão. Placar agora é: Bonsucesso 2 x 1 Madureira!!!!
O gol colocou fogo no jogo. O Bonsucesso agora tinha que redobrar suas atenções para evitar o empate. Mas não foi fácil, pois o Madureira atacava quase que a todo momento. Estava difícil parar o time da casa e a torcida ainda tentava empurrar. E o Bonsucesso começou a ficar angustiado, torcendo logo pro tempo passar. Foi quando o técnico Alfredo Sampaio mexeu no time e colocou mais um zagueiro pra proteger o quintal rubro-anil.
A irritação da torcida do Bonsucesso presente à Conselheiro Galvão se voltou contra o árbitro da partida, que assinalou 4 minutos de acréscimo, sem ter havido razão pra tanto desconto. Mas o Leão foi bravo e segurou a vitória. Fim de jogo em Conselheiro Galvão. Bonsucesso 2 x 1 Madureira!!! Vitória maravilhosa, a terceira no Campeonato Carioca. Mais 3 pontos na tabela. Vitória que, ao final da rodada, acabou determinando a permanência do Bonsucesso na primeira divisão em 2015. Até que enfim acabou o sufoco, o martírio, o calvário. Ainda tem mais um jogo na tabela, que é semana que vem, contra o Friburguense, em Nova Friburgo, jogo que vai fechar a participação do Bonsucesso no campeonato. Mas, na verdade, não precisava nem ter.
De um time que, após perder inúmeros pontos na Teixeira de Castro, se ver seriamente ameaçado de rebaixamento, conseguir reverter o quadro e se garantir na divisão de elite 2015 com uma rodada de antecedência, foram jogos e mais jogos de muita agonia. A troca de treinador realizada pelo presidente Zeca Simões foi de grande importância nessa reação do time. Antes, o time errava quase todos os passes que tentava, mal chegava ao gol adversário e, quando o fazia, arrematava muito mal – quando arrematava. Com a mudança, o time passou a ser outro. Totalmente outro. Mudou tudo. O espírito de jogo na equipe passou também a ser diferente. Tanto que, nos últimos seis jogos – desde que entrou o treinador atual – foram 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. Nada mal para um time que não havia vencido nenhuma partida até então.
Essa permanência na série A se deve a todo mundo: presidente, diretoria, comissão técnica, patrocinadores, time, torcida e por aí vai. A alegria que a torcida está sentindo agora é indescritível, pois foram rodadas e mais rodadas de puro sofrimento até chegar o momento da reação do Bonsucesso no campeonato. Dali pra diante o time deslanchou e não perdeu mais o ritmo até o final. Uma torcida sempre fiel ao time, que sempre apoia, que sempre cobra, que, apesar de pequena, sempre faz barulho, inferniza os adversários, inferniza o juiz, inferniza os bandeirinhas, uma torcida que vaia os adversários sem nenhuma dó, que faz sempre aquela corrente pra frente pra que o time vença. É toda uma vida de dedicação e de amor ao clube. É toda uma paixão que vem do fundo da alma, que está sempre presente no amor e na dor. Uma chama que não se apaga, que resiste, que insiste, que existe.
A emoção também fica por conta dos jogadores, que conseguiram se superar dentro de campo para reverter um quadro que já começava a se desenhar como algo impossível de ser feito. Atletas que lutaram, suaram sangue e se esmeraram de tudo quando foi possível fazer para que o clube não regressasse à segunda divisão. Parabéns aos jogadores pela luta, pela raça, por não deixarem de acreditar na permanência na elite.
E quem também está rindo de orelha a orelha é o presidente Zeca Simões, pois afinal, o investimento feito para 2014 valeu a pena. Os patrocinadores, o material esportivo, o time e o treinador. Conseguiu o primeiro “título” de 2014, como ele próprio diz, que é ficar na primeira divisão. E que em 2015 o Bonsucesso possa alçar voos mais altos e obter colocações ainda melhores. Parabéns, Bonsucesso Futebol Clube!!!! Esse sucesso é seu!!!

Um comentário:

GIOVANI crvg disse...

FELIZ COM ESSA PERMANENCIA DO CESSO NA 1ª. SOU VASCAINO, MAS TORÇO MUITO PELO CESSO. AGORA É PENSAR EM COPA DO BRASIL OU SERIE D NOS PRÓXIMOS ANOS E SE MANTER COMO CLUBE DE 1[.