segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ARBITRAL APROVA REGULAMENTO DA SÉRIE B


FONTE: SITE DA FFERJ

Foi realizado na tarde desta segunda-feira, dia 29, um novo Arbitral referente ao Campeonato Estadual da Série B de Profissionais do próximo ano. Durante cerca de três horas, assuntos importantes referentes à competição foram debatidos e definidos.
O campeonato terá a mesma fórmula de disputa da edição deste ano. Mas, com mais equipes, a primeira fase será disputada por duas chaves com 12 clubes, que se enfrentarão dentro dos seus respectivos grupos em turno e returno. Os seis primeiros colocados de cada chave estarão classificados para a segunda fase e, em turno e returno, disputarão, por pontos corridos, as duas vagas para a elite do futebol carioca em 2012.
As seis equipes de menor índice técnico, independente do grupo, disputarão o grupo X. Serão rebaixadas para a Série C, as três últimas agremiações. O prazo limite para inscrição de atletas será o penúltimo dia útil que anteceder o início do returno da 1ª fase. A competição terá início dia 12 de fevereiro.
EMPRESA APRESENTA PROJETO PARA TRANSMISSÃO DOS JOGOS
A grande novidade do Arbitral ficou por conta da presença de representantes da empresa NAS 11, que apresentaram um projeto para a transmissão da competição. Algumas dúvidas foram tiradas em relação ao assunto. A empresa ficou de estudar a contra proposta apresentada pelos clubes.
GRUPOS ESTÃO DEFINIDOS
Através de sorteio, foram definidos os grupos. No A estão as seguintes equipes: Aperibeense, Itaperuna, Serra Macaense, São João da Barra, São Cristóvão, Estácio, Sendas, Bonsucesso, Mesquita, Angra dos Reis, Barra Mansa e Teresópolis.
Já o Grupo B será composto pelos seguintes times: Floresta, Cardoso Moreira, Quissamã, Rio Branco, Portuguesa, Ceres, Artsul, CFZ do Rio, Tigres, Guanabara, Fênix e Friburguense.

1ª rodada

Grupo A
Mesquita x Itaperuna
São João x São Cristóvão
Serra Macaense x Aperibeense
Teresópolis x Bonsucesso
Estácio x Barra Mansa
Angra x Sendas

Grupo B
Fênix x Tigres
Floresta x Artsul
Rio Branco x Ceres
Friburguense x Portuguesa
CFZ do Rio x Guanabara
Cardoso Moreira x Quissamã

terça-feira, 23 de novembro de 2010

LEMBRANÇA DE TORCEDOR

Estádio Leônidas da Silva


O Blog Fanáticos Pelo Cesso, estréia uma coluna, feita pelo torcedor rubro anil. E na sua primeira matéria recebemos o e-mail de Cesar Rozas, locutor e jornalista, morador de Lorena-SP, que conta o seguinte acontecimento:

“- Quetinho no meu cantinho, aqui na cidade de Lorena - SP, é um prazer poder fazer a narrativa dos fatos acontecidos no jogo entre Bonsucesso X Bangu, do saudoso Dr. Castor Andrade e outros. Meus amigos, foi numa tarde muito agradável no Estádio da Rua Teixeira de Castro, Bonsucesso F. C.. A equipe de Moça Bonita, de Bangu, veio até o Estádio já mencionado, para realizar o jogo clássico dos pequenos do Campeonato Carioca, o mais alegre da federação. Naquele dia as testemunhas desse jogo não eram muitos, porém, muito vibrantes, é claro que estou falando da torcida do Bonsucesso.
Neste dia eu estava de folga na FERJ, pois ao longo dos anos fui árbitro da FERJ, aí no nosso lindo Rio de Janeiro. Fiquei muito triste com o fato acontecido naquela tarde, quando aconteceu uma possível falta contra o nosso Bonsucesso F. C., o árbitro do jogo não lembro no momento quem foi o protagonista do espetáculo, só sei que o dito cujo foi infeliz, primeiro na marcação da falta, segundo na conclusão da jogada. Posso dizer que os procedimentos relacionados a cobrança da falta, foi correto. Porém após a cobrança da falta o árbitro (não consigo lembrar o dito cujo), não teve a coragem de marcar o vergonhoso impedimento do atleta Marinho (aquele ponta direita que jogou na seleção brasileira), que recebeu a bola sozinho dentro da área penal e finalizou com o gol contra o Bonsucesso, sendo confirmado pelo arbitro.
Após a sua confirmação do gol, a torcida do Bonsucesso aborrecida com o que estava acontecendo, partiu para cima do bandeirinha (hoje assistente), agredindo-o, lamentávelmente não posso concordar com atitudes como esta. Ninguém pode fazer justiça com as próprias mãos. Até porque o bandeirinha não era o culpado do lance. Posso afirmar que na época antiga normalmente os árbitros tinham como obrigação de fazer a linha de impedimento nos lances quando as barreiras ficavam dentro das áreas de penalti.
Coitado do bandeirinha daquele jogo, conhecido com o apelido de presidente, hoje já falecido, sofreu toda fúria da torcida, quando o responsável era o árbitro da partida.
Hoje com a reformulação do nosso futebol, a presença dos assistentes nesses lances é fundamental para que os impedimentos possam ser detectados. Digo ainda que de acordo com as mudanças, mesmo que o atleta esteja na posição de impedimento e a bola vindo na sua direção, ele não fazendo parte da conclusão da jogada o lance está na sua normalidade.
Aos nossos Bonsucessanos, as minha saudações, mesmo distante do nosso clube do coração, tenho acompanhado as notícias do clube, a todos os meus cordiais abraços de estima consideração. Vou tentar descobrir o trio de árbitros do jogo mencionado na minha narrativa.
Cesar Rozas......... “
Gostou? Lembra de algum fato marcante? Então envie suas lembranças para o e-mail , “ lembrancabfc@gmail.com “, você pode ver sua história aqui!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

BONSUCESSO FC ABRE TESTES PARA BASE E REVELA JOGADORES PARA TIMES DO BRASIL

Jones Cariocas, Leandro Euzébio, Silas, Chiquinho, Ratinho e Marlon

O Bonsucesso Futebol Clube através do seu presidente Zeca Simões, abriu vagas para as chamadas peneiras, visando selecionar atletas para representar o clube em suas categorias.

O clube esta focado em fazer uma boa base, para disputa dos campeonatos do ano que vem e continuar revelando atletas para representar o leão da Leopoldina e até reforçar clubes pelo Brasil, como nos casos dos atletas Silas (volante-17 anos), Igor “Radamés” (lateral esquerdo-17 anos) e o zagueiro Leandro Euzébio, hoje profissional, todos no Fluminense, Gustavo (zagueiro-16 anos) no Flamengo, Chiquinho (lateral direito), Ratinho (lateral esquerdo) e Marlon (zagueiro) ambos no Campinense – PB e Jones Carioca, que atualmente brilha no Goiás. – Fizemos bons campeonatos em 2008 e 2009, chegamos as semi-finais do Carioca e da OPG desses anos, aprendemos muito com os erros e vamos repetir os acertos, afim de ter um time forte, tanto nas categorias de base quanto no profissional - comentou Samuel, diretor de futebol do Bonsucesso.

Para os interessados o clube cobra uma taxa de inscrição de R$ 15,00, que da direito a 3 treinos. Os atletas devem comparecer de terça à sexta-feira a partir das 09:00hs, no campo da Prefeitura do Fundão, que fica perto do Hospital do Fundão, ter entre 14 e 19 anos, levar seu material, chuteira, meião e short nas cores azul.

Contato: Samuel (9865-9072 / 7829-5442), Patuá ou Sr. Roberto

OBS. AS PENEIRAS SERVEM PARA SELECIONAR AQUELES QUE SE DESTACAREM NOS TREINOS, POR TANTO A INSCRIÇÃO E OS TESTES NÃO SÃO GARANTIA DE APROVAÇÃO.