segunda-feira, 16 de março de 2015

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO ANIL

BONSUCESSO PERDE MAIS UMA (INFELIZMENTE)!!!


Galera do Cesso, o time está mais perdido do que cego em tiroteio. Na tarde deste domingo, em Moça Bonita, o rubro-anil foi derrotado mais uma vez no Campeonato Carioca; desta vez o Cesso fez a alegria do Volta Redonda, mais um visitante a sair feliz do Rio de Janeiro. Deu pena ver o Bonsuça perder mais uma, pois desta vez o time jogou com muito mais aplicação técnica do que no campeonato inteiro; porém, mais uma vez, não soube converter esse domínio – principalmente no primeiro tempo – em finalizações e, consequentemente, gols.

Inacreditável o que acontece com o Bonsucesso Futebol Clube no ano de 2015; o time ainda não ganhou no campeonato e até agora só marcou um mísero gol em todo o certame, o que chama muito a atenção de todo mundo que acompanha o campeonato. O Bonsucesso, sem dúvida, é a alegria dos adversários. O time não tem organização tática (até porque não tem jogadores capazes de fazer isso), não cruza a bola na área com nenhuma eficiência, e, principalmente, não arremata quase nenhuma bola para o gol (pela mesma razão citada acima).

O Bonsucesso tinha tudo para finalmente vencer a primeira partida em 2015; no primeiro tempo foram duas chances que o Leão teve para colocar a bola no fundo do barbante do time da Cidade do Aço e falhou. Aí tem a lei do futebol: quem não faz, toma. E a poucos minutos do fim da partida, o Bonsucesso tomou um gol de cabeça, onde a bola passou por cima do goleiro Preto, que tinha salvado o Leão numa cabeçada mortal no primeiro tempo. Fim de jogo, vitória do Volta Redonda, decepção da torcida rubro-anil que foi à Moça Bonita.

Com esse resultado, o Bonsucesso já completa a marca de quase 6 meses sem vencer uma partida de futebol profissional (a última foi no dia 24/09/2014, pela Copa Rio, contra o Duque de Caxias, na Teixeira de Castro). Não há perspectiva para uma reação do Bonsucesso, amigos. É a realidade. O Bonsucesso está se encaminhando para o retorno à segunda divisão em 2016. Estamos a poucas rodadas da hora do adeus.

3 comentários:

José Pinheiro disse...

A situação é difícil. Não dá mais para contratar jogadores. Temo que contar com esse elenco fraco, particularmente em termos de construção e, principalmente, em termos de finalização.
Faltam cinco jogos. Contra Madureira (fora) e contra Flamengo, melhor esquecer. O Cesso definirá sua vida nos outros três jogos. Dois deles em duelos diretos com a turma do rebaixamento: Boavista e Nova Igauçu. Há ainda, na última rodada, um jogo contra a Cabofrieense que, provavelmente, não valerá nada para o time da Região dos Lagos.

José Pinheiro disse...

O próximo jogo é fundamental. Se, por um feliz acaso, o time conseguir fazer gol e vencer, o Cesso sai da zona de rebaixamento e pode ganhar um novo gás para os jogos restantes.
Acho o time do Boavista melhor, mas eles não vem jogando bem. Há chances se o Cesso mantiver a aplicação tática e marcar firme, como fez contra o Vasco.
O Nova Iguaçu tem, me parece, um time melhor tecnicamente que o Cesso. Mas a marcação é frouxa. Os jogadores da frente voltam pouco para marcar e, se o Cesso jogar com velocidade, e conseguir acertar o gol, pode surpreender.
Contra a Cabofriense, a expectativa é enfrentar um adversário desinteressado, o que pode permitir um resultado favorável, na base da raça e do coração.
Vamos torcer, mas se escaparmos dessa, o presidente Zeca precisa repensar a gestão do futebol para o ano que vem...

GIOVANI crvg disse...

barra mansa perderá 22 pontos.