sábado, 4 de abril de 2015

BONSUCESSO VENCE E SE LIVRA DO REBAIXAMENTO DIRETO


O Bonsucesso está livre do rebaixamento para a Série B do Campeonato Carioca. Jogando no Jânio Moreas, o Bonsuça venceu o Nova Iguaçu por 1 a 0 e complicou ainda mais a vida do adversário, lanterna do Campeonato Carioca. O duelo foi realizado na tarde deste sábado (4), válido pela 14ª rodada do Campeonato Carioca. O gol solitário, que garantiu o Cesso pelo menos na seletiva que será disputada no fim do ano, foi anotado por Deyvison, ainda no primeiro tempo.

O drama do Nova Iguaçuc começou antes mesmo da bola rolar. Com oito desfalques, incluindo os atacantes Marlon e Elias, o Laranja Mecânica da Baixada foi a campo com a missão de vencer o Bonsucesso. Do outro lado, o Cesso, querendo manter a boa fase, lutava pela segunda vitória na competição, e optou por um estilo de jogo ofensivo nos primeiros minutos. Tanto que aos 21, em cobrança de falta, Deyvison converteu e colocou os visitantes em vantegem: 1 a 0.

Na etapa complementar, o Nova Iguaçu foi ao ataque, mas esbarrou na ansiedade pelo gol de empate. Gean Moreno assuntou de cabeça no começo do segundo tempo. O desespero rival deu espaço ao Bonsucesso, que quase ampliou com Matheus Salgado em chute de média distância. No fim, na última chance do time mandante, Oliveira recebeu bom passe de Cesinha, mas chutou pra fora.

Agora na briga para fugir da fase preliminar do Carioca de 2016, que será realizada no segundo semestre, o Bonsucesso precisa vencer a Cabofriense na última rodada e torce por um tropeço do Friburguense diante do Vasco, neste domingo, além de outro revés da equipe serrana na última rodada, contra o Boavista. Já o Nova Iguaçu com 7 pontos, precisa vencer o Flamengo e torcer pro tropeços de pelos menos dois adversários diretos. São eles: Boavista (7 pontos), Barra Mansa (8), Cabofriense (9) e Tigres do Brasil (10).

A partida
Bonsucesso 1 x 0 Nova Iguaçu - Campeonato Carioca, 14ª rodada - 04/04/2015

Estádio Jânio Moraes (Nova Iguaçu - RJ)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Rodrigo Pereira Joia

Nova Iguaçu: Jefferson; Cesinha, Rhayne, Anderson e Cleyton (Cristian – Intervalo); Paulo Henrique, Vinicius Matheus e Dieguinho (Vinicius Nunes 26'/2ºT); Dudu, Oliveira e Gean Moreno (André Mello 15'/2ºT). Treinador: Renê Weber.

Bonsucesso: Preto; Ivan, Jadson, Renan e Cristiano; Marquinhos, Fernando, Deyvison (Fernando Chagas 24'/2ºT) e Geovani (Matheus Salgado 12'/2ºT); Denilson (Guttiner 44'/2ºT) e Lucas Fernandes. Treinador: Marcelo Salles.

Cartões amarelos: Oliveira, Vinicius Matheus, Dieguinho e Anderson (NOV); Cristiano, Matheus Salgado e Preto (BON)

Gol: Deyvison 21'/1ºT (0-1)

Público pagante: 850 (999 presentes)

Renda: R$10.500,00

Fonte: FutRio
Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)

segunda-feira, 30 de março de 2015

FALTA DE ATENÇÃO E DE PONTARIA FAZ BONSUCESSO PERDER PARA O FLAMENGO



O Flamengo lidera o Campeonato Carioca de maneira provisória neste sábado (28), após vencer o Bonsucesso pelo placar de 2 a 0, no Engenhão. O resultado deixa o Mengo com 32 pontos na tabela, graças aos gols de Marcelo Cirino e Matheus Sávio. Já o Cesso permanece na 14º posição, com oito pontos.

O Bonsucesso foi perigoso logo no começo e, por pouco não fez 1 a 0. Logo aos três minutos, Denílson cabeceou à queima-roupa e o goleiro rubro-negro Paulo Victor fez uma linda defesa. O Flamengo demorou para se encontrar, mas foi conseguindo aos poucos. Aos 17, veio o gol: Anderson Pico cruzou da esquerda, Alecsandro fez corta-luz e Marcelo Cirino finalizou para abrir o marcador.

O Flamengo passou a tocar mais a bola e chutava pouco. Aos 33, Luiz Antonio arriscou chute de fora da área, que fez a bola passar perto da baliza de Preto. O Bonsucesso, que jogava bem, tornou a assustar com o lateral-esquerdo Cristiano, que cortou para a perna direita e bateu colocado; outra vez Paulo Victor espalmou, em grande defesa.

No segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo lançou o jovem Matheus Sávio na partida, tentando fazer o ataque ter mais movimentação e perigo contra os rubro-anis, mas sem muito sucesso. Aliás, o clube da Leopoldina esteve perto do gol de empate quando Lucas Fernandes rompeu pelo meio e chutou, mas a bola saiu por cima da baliza de Paulo Victor.

Aos 31, veio finalmente o alívio: Matheus Sávio cobrou falta da esquerda para a grande área, a bola passou por todo mundo e entrou direto no gol, o segundo do Flamengo: 2 a 0. Ainda sem estar batido, o Cesso fez uma última tentativa e teve um pênalti marcado a seu favor, quando Lucas Fernandes foi derrubado por Wallace. Na cobrança, porém, Fernando não bateu bem e Paulo Victor fechou sua atuação com uma boa defesa.


A partida
Bonsucesso 0x2 Flamengo - Campeonato Carioca, 13ª rodada - 28/3/2015 às 16h

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Corrêa e Rodrigo Pereira Joia

Bonsucesso: Preto; Thiago Ryan, Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, Fernando e Matheus Salgado (Geovani 31'/2°T); Deyvison (Guttiner 7'/2°T), Denílson (Edson Pitbull 34'/2°T) e Lucas Fernandes. Técnico: Marcelo Salles.

Flamengo: Paulo Victor; Pará, Marcelo, Wallace e Anderson Pico (Thallyson 13'/2°T); Márcio Araújo, Canteros (Luiz Antonio 11'/1°T) e Eduardo da Silva (Matheus Sávio - intervalo); Gabriel, Alecsandro e Marcelo Cirino. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: Futrio.net
Foto: O Globo

quinta-feira, 26 de março de 2015

BONSUCESSO DEIXA ESCAPAR VITORIA NO FIM


Clássico é clássico! O dito popular cabe perfeitamente no ocorrido na tarde desta quarta-feira, 25, no Estádio Aniceto Moscoso. Num lado o embalado Madureira, no outro o desesperado Bonsucesso. Para quem pensa que o Tricolor Suburbano “passearia” em casa, se enganou. O Leão da Leopoldina saiu na frente, porém, tomou o empate no fim, com gol do artilheiro Rodrigo Pinho e, de quebra, faturou a Taça Rio.

Com o resultado, o Madura caiu para a terceira colocação, onde soma 24 pontos. Por sua vez, o Rubro-Anil da Leopoldina subiu para a 12ª posição, com 8 pontos.

Primeiro tempo pegado e nada de gols

A partida começou tensa. O Tricolor Suburbano tinha a pressão de construir um resultado favorável diante de sua torcida para poder levantar a taça. O Rubro-Anil, na luta contra o rebaixamento também estava sob pressão e tentava se impor contra a equipe da casa.

Logo aos 6 minutos, uma boa trama no ataque deixou Rodrigo Pinho na cara do gol. O artilheiro chutou e Preto fez grande defesa, salvando o Cesso. Aos 23, Camacho teve grande chance, mas acabou isolando. O Madura trabalhava melhor a bola, mas tinha dificuldades de levar perigo aos visitantes. Preto estava inspirado e não parecia disposto a deixar o time da casa gostar do jogo.

As duas equipes estavam pilhadas e o jogo era muito pegado, mas leal. No finalzinho do primeiro tempo, Thiago Galhardo invadiu a área e finalizou. Preto defendeu mais uma vez e garantiu o zero a zero no primeiro tempo

Cesso joga melhor e abre o placar, mas Rodrigo Pinho salva o Madura e dá o título

A segunda etapa começou como a primeira, com o Madureira pressionando. Rodrigo Pinho arriscou um chute forte.Preto tocou na bola que ainda bateu na trave e saiu. No lance seguinte, Thiago Galhardo fuzilou de cabeça e Preto operou um milagre fazendo uma defesa linda.

O Leão da Leopoldina respondeu pouco depois. Ivan Fez grande jogada, tirou da marcação e lançou Lucas Fernandes que tocou na saída de Jonathan para abrir o placar. Bonsucesso 1 x 0.

Muito nervoso, o Madureira começou a se tornar coadjuvante na partida. O Cesso trabalhava melhor e comandava as ações ofensivas. Jadson trabalhou bem a bola, driblou e disparou em velocidade até ficar cara a cara com o goleiro. O que seria um gol de placa, acabou não sendo. Na hora de finalizar, Jadson acabou isolando a bola que passou por cima do travessão.

Nos últimos minutos, o Tricolor Suburbano começava a encaixar o seu jogo e voltava a pressionar os visitantes. Aos 42, numa bela trama na área, Rodrigo Pinho subiu mais que a zaga e testou para o fundo da baliza, sem chances para Preto. Tudo igual: Madureira 1 x 1 Bonsucesso.

Foto e Matéria: Diego Zurita (Super-Gol.com)

segunda-feira, 23 de março de 2015

ALELUIA! BONSUÇA GOLEIA BOAVISTA E DENÍLSHOW ENSINA AO MIGUEL COMO SE FAZ GOL.


O Bonsucesso enfrentou o Boavista e conseguiu sua primeira vitória no Cariocão 2015, vencendo a equipe de Saquarema por 4 à 0, na tarde deste domingo em Moça Bonita. Com este resultado o Rubro Anil saiu da zona de rebaixamento e colocou o Alvi Verde no seu lugar. 

 A partida começou com um gol relâmpago. Aos 24 segundos, Matheus acertou um lindo chute da meia lua da área, acertando o angulo esquerdo do goleiro Marcelo Carné. Aos 9 minutos, Matheus mostrou mais uma vez à que veio, cobrando falta com perigo para uma bela "ponte" do goleiro do time de Saquarema.

 O Boavista tentava penetrar na área do Cesso, mas era parado pela boa proteção dos volantes do Leão da Leopoldina. Aos 13 minutos, Erick Flores cobrou falta por cima da meta do goleiro Preto, que foi mero espectador da partida.

 Depois do tempo técnico, o Boavista teve o controle da bola, mas o Bonsuça continuou criando mais e arriscando sempre de fora da área. Aos 23 minutos com Deyvison, e aos 31, com Marquinhos. 

 Aos 34 minutos, Jeff Silva fez falta em cima de Ivan e tomou o segundo cartão amarelo, deixando a equipe visitante com um jogador à menos. Na cobrança da falta, Jadson cabeceou pra fora.

 Aos 40 minutos, confusão na área do Boavista, Deyvison preparou para Denílson, que com um belo chute fez o primeiro gol dele e o segundo do Cesso na partida.

 Na segunda etapa, a partida esfriou, com o Bonsucesso trabalhando a bola para abrir espaço na defesa do Boavista. E aos 11 minutos conseguiu, com o cruzamento de João, Deyvison deu um lençol em Maranhão, e a bola sobrou para Denílson fazer o terceiro do Bonsuça.

 A partir daí o Boavista foi para o campo de ataque, e com um a menos, deixou sua dupla de zaga desguarnecida. Aos 28 minutos, Denílson robou a bola de Gustavo "Geladeira", invadiu a area e colocou rasteiro no canto esquerdo fazendo o seu hat-trick na partida e o quarto do Rubro-anil.

 Nesta quarta-feira,  o Bonsucesso enfrentará, em Conselheiro Galvão, o Madureira, às 15:30. E o Boavista recebe na quinta feira, em Bacaxá, o Vasco da Gama, às 16:00.

Ficha Técnica:

Bonsucesso 4x0 Boavista
Campeonato Carioca 2015 - 11ª rodada
Data e Hora: 22 de Marco - 16:00
Estádio: Moça Bonita - Público: 455 presentes - Renda: R$ 4.970,00
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga
Assistente 1: Lilian da Silva Fernandes Bruno/Assistente 2: Patrícia Silveira Retondário da Silva
Cartões amarelos: Elton, Marquinhos, Deyvison (BON); Jeff Silva, Vitor Faiska (BOA)
Cartão vermelho: Jeff Silva (35 Min - 1º Tempo) (BOA)

Bonsucesso: Preto; Ivan, Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, João (Clodoaldo), Matheus Salgado (Junior); Deyvison, Denílson (Edson Pitbull) e Lucas. 
Técnico: Marcelo Salles.

Boavista: Marcelo Carné; Edmar, Gustavo, Bruno Costa e Jeff Silva; Vitor Faíska, Roberto Lopes (Marcelo Nicácio), Jefferson Arroz (Maranhão) e Erick Flores; Max (Jeferson) e Anselmo. 
Técnico: Waldemar Lemos.

Gols: Matheus Salgado(1-0 - 25 seg/1º Tempo); Denílson(2-0 - 41 min/1ºTempo); Denílson(3x0 - 11 min/2ºTempo); Denílson (4-0 - 31min/2ºTempo). 


Fonte: Web Rádio Jovem Carioca
Foto: Emerson Pereira (SuperGol)

segunda-feira, 16 de março de 2015

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO ANIL

BONSUCESSO PERDE MAIS UMA (INFELIZMENTE)!!!


Galera do Cesso, o time está mais perdido do que cego em tiroteio. Na tarde deste domingo, em Moça Bonita, o rubro-anil foi derrotado mais uma vez no Campeonato Carioca; desta vez o Cesso fez a alegria do Volta Redonda, mais um visitante a sair feliz do Rio de Janeiro. Deu pena ver o Bonsuça perder mais uma, pois desta vez o time jogou com muito mais aplicação técnica do que no campeonato inteiro; porém, mais uma vez, não soube converter esse domínio – principalmente no primeiro tempo – em finalizações e, consequentemente, gols.

Inacreditável o que acontece com o Bonsucesso Futebol Clube no ano de 2015; o time ainda não ganhou no campeonato e até agora só marcou um mísero gol em todo o certame, o que chama muito a atenção de todo mundo que acompanha o campeonato. O Bonsucesso, sem dúvida, é a alegria dos adversários. O time não tem organização tática (até porque não tem jogadores capazes de fazer isso), não cruza a bola na área com nenhuma eficiência, e, principalmente, não arremata quase nenhuma bola para o gol (pela mesma razão citada acima).

O Bonsucesso tinha tudo para finalmente vencer a primeira partida em 2015; no primeiro tempo foram duas chances que o Leão teve para colocar a bola no fundo do barbante do time da Cidade do Aço e falhou. Aí tem a lei do futebol: quem não faz, toma. E a poucos minutos do fim da partida, o Bonsucesso tomou um gol de cabeça, onde a bola passou por cima do goleiro Preto, que tinha salvado o Leão numa cabeçada mortal no primeiro tempo. Fim de jogo, vitória do Volta Redonda, decepção da torcida rubro-anil que foi à Moça Bonita.

Com esse resultado, o Bonsucesso já completa a marca de quase 6 meses sem vencer uma partida de futebol profissional (a última foi no dia 24/09/2014, pela Copa Rio, contra o Duque de Caxias, na Teixeira de Castro). Não há perspectiva para uma reação do Bonsucesso, amigos. É a realidade. O Bonsucesso está se encaminhando para o retorno à segunda divisão em 2016. Estamos a poucas rodadas da hora do adeus.

E VOLTAMOS PRA ZONA.... BONSUCESSO 0 X 1 VOLTA REDONDA

Depois de ficar sem vencer por quatro rodadas, a equipe do Volta Redonda voltou a vencer no Campeonato Carioca em confronto válido pela 10ª rodada. O Voltaço derrotou o Bonsucesso por 1 a 0 com gol de Niltinho, na tarde deste domingo (15), em Moça Bonita. Com o resultado o time do Sul Fluminense ocupa chegou aos 18 pontos e segue na briga por uma vaga nas semifinais. Já o Bonsucesso voltou para a zona do rebaixamento, ocupando a vice-lanterna com 4 pontos.

O próximo duelo da equipe do Volta Redonda será contra o Madureira no Estádio Raulino de Oliveira no sábado (21) às 16h, no confronto de duas equipes que brigam por uma vaga na fase seguinte da competição. Já o Bonsucesso enfrenta o Boavista no domingo (22) às 16h, novamente em Moça Bonita, em confronto direto na briga contra o rebaixamento.

Jogo aberto na etapa inicial, mas sem alterações no placar

Logo aos dois minutos, em cobrança de falta, o Bonsucesso assustou. Lucas Fernandes fez a cobrança que passou bem perto do goleiro Douglas. O time da Rua Teixeira de Castro chegava mais na base da raça ao ataque, mas o Volta Redonda conseguia controlar suas ações.

Aos 17, após cobrança de escanteio do time do Volta Redonda, a bola sobrou para Hugo que matou no peito e mandou de meia bicicleta, mas Ryan apareceu na hora e, com muita coragem, tirou de cabeça. Depois, Lucas Fernandes, do Bonsucesso, protagonizou um lindo lance: saiu pelo lado direito, fez fila, passou por quatro jogadores, mas na hora de finalizar foi desarmado pelo zagueiro Luan. Seis minutos depois, foi a vez do Volta Redonda assustar. Hugo recebeu uma boa bola pela direita e chutou cruzado rasteiro com muito perigo para o goleiro Preto.

Pouco depois, aos 34, João recebeu livre na intermediária e soltou um chute forte, mas sem perigo para o gol de Douglas. No minuto seguinte, Pedro Rosa apareceu bem pela esquerda e cruzou na medida para Niltinho cabecear e Preto fez uma linda defesa. E um minuto depois, o Bonsucesso reagiu. Matheus cruzou da esquerda e Miguel esticou a perna e conseguiu tocar a bola, mandando a redonda na trave, quando Douglas já estava batido. O último lance de perigo foi aos 39: em outro belo lance individual de Lucas Fernandes, o meia passou por quatro jogadores do Voltaço, entrou na área e chutou para a defesa do goleiro do Voltaço.

No segundo tempo, o técnico do Volta Redonda trocou o atacante Tutinha pelo meia Magnum. Com isso o treinador do Voltaço mudou o esquema tático do 4-3-3 para o 4-4-2. Mas quem chegou primeiro na etapa complementar foi o Bonsucesso. Logo no primeiro minuto, após rebote de cobrança de escanteio, o zagueiro Jadson pegou de primeira, à meia altura, fora da área de pé esquerdo para o goleiro Douglas defender com segurança.

Bonsucesso vai ao ataque, mas Volta Redonda marca no fim e vence

O ímpeto do Bonsucesso na primeira etapa não se repetiu na segunda. O técnico Marcelo Salles tirou Matheus, Ryan e João para colocar, respectivamente, Giovani, Ivan e Bruno Goulart para atuar em um 4-3-3 com dois meias na criação, mas sem efeito, pois o Volta Redonda aproveitou que o adversário ficou aberto e com um volante a menos, para subir mais ao ataque.

O Volta Redonda finalizou pela primeira vez na segunda etapa aos 17, quando Hugo no bico esquerdo da grande área chutou, mas sem susto para o goleiro Pretto. Oito minuto depois, Hugo partiu pela ponta canhota, deu um corte no lateral-direito Ryan e chutou perigosamente para fora. Aos 30 minutos Niltinho cobrou perigosamente uma falta na meia lua, que tirou tinha do travessão. E, aos 35 minutos, Hugo recebeu um belo lançamento de Igor e tocou para a boa defesa de Preto.

O Bonsucesso, mesmo com três atacantes e com dois meias, jogava de forma muito recuada, sem conseguir chegar ao ataque e vendo o time do sul fluminense tocar a bola em seu campo de defesa. De tanto insistir, o Voltaço conseguiu abrir o placar. Aos 38 minutos Niltinho recebeu um belo cruzamento do lado direito da grande área de Higor Leite e mandou de cabeça, com muita tranquilidade, para dentro do gol, fazendo 1 a 0 para o Voltaço. Com o gol, a equipe da Rua Teixeira de Castro não teve tempo para reagir e coube ao Volta Redonda controlar a posse de bola para voltar a vencer no Cariocão.

A partida
Bonsucesso 0x1 Volta Redonda – Campeonato Carioca, 10ª rodada – 15/03/2015 às 16h

Estádio Proletário Guilherme da Silveira (Rio de Janeiro - RJ)
Árbritro: Raphael Silvano Ferreira Silva
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Carlos Henrique Cardoso de Souza

Bonsucesso: Preto; Ryan (Ivan 26’/2ºT), Jadson, Elton e Cristiano; João (Bruno Goulart 20’/2ºT) , Chagas, Lucas Fernandes e Clodoaldo; Matheus (Giovani 13’/2ºT) e Miguel. Técnico: Marcelo Salles.

Volta Redonda: Douglas; Henrique, Reniê, Luan e Pedro Rosa; Bruno Barra, Higor Leite e Niltinho; Hugo (Pedro 42’/2ºT), Alan Carius (Igor 21’/2ºT) e Tutinha (Magnum - intervalo): Técnico: Marcelo Cabo.

Gol: Niltinho 38’/2ºT (0-1)

Cartões amarelos: Matheus (BON); Higor Leite, Igor (VRE)

Publico: 425 pagantes (463 presentes)
Renda: R$ 4.890,00

Fonte: FutRio
Foto: Web Rádio Jovem Carioca

sexta-feira, 13 de março de 2015

APATICO, BONSUCESSO PERDE PARA O FLUMINENSE EM 15 MINUTOS


Na noite desta quinta-feira, 12, o Bonsucesso foi ao Maracanã e acabou derrotado pelo Fluminense. Com todos os gols nos primeiros 15 minutos, o Cesso acabou supero e segue em 14ª, com quatro pontos. Por sua vez, o Flu se mantém na zona de classificação para às semifinais.

Início arrasador do Flu acaba com planos do Cesso

Os dois times entraram em campo se estudando, mas não deu nem tempo do Bonsuça tentar entrar no jogo pois logo aos 4 minutos, Kenedy lançou Gerson que mandou uma bomba certeira para o fundo do gol. Fluminense 1 a 0. Grande jogada dos garotos de Laranjeiras.

O Cesso sentiu o gol sofrido e percebeu que teria que jogar mais avançado para tentar reverter o placar adverso. Mas não deu nem para se organizar, logo aos 9 minutos, a defesa rubro-anil cochilou e Kenedy aproveitou para fuzilar, sem chances para Preto. 2 a 0.

Animado pelos dois tentos marcados, o Fluminense seguiu pressionando. Aos 15, Wagner cobrou escanteio e Edson testou firme para fazer o terceiro. Parecia que seria uma grande goleada tricolor no Maracanã, mas o Bonsucesso, esteve bem próximo de diminuir logo em seguida. Giovani arriscou uma tijolada de fora da área e carimbou o travessão. Cavalieri, já batido, apenas olhou e torceu para a bola não entrar.

O resto da primeira etapa seguiu sem emoções. O Bonsuça tentava se reorganizar para não levar mais gols e o Flu administrava a boa vantagem já construída.

Segundo tempo morno e nada de gols

Na segunda etapa, o Leão da Leopoldina veio mais ofensivo tentando diminuir o prejuízo. Mas a primeira chance foi mesmo do Tricolor das Laranjeiras. Gerson fez linda jogada e lançou na medida para Wellington Silva que encobriu Preto. A bola passou caprichosamente a esquerda da meta e por pouco não saiu mais um golaço.

O Flu apenas administrava a vantagem enquanto o Cesso pouco conseguia sair do meio de campo. O jogo era bem fraco e pouca coisa acontecia. Aos 33, Walter passou para Vinícius que chutou forte, mas a bola foi para fora raspando a trave.

Já batido em capo, o Leão da Leopoldina apenas procurava o gol de honra. A melhor chance veio aos 42 com Miguel que recebeu bom passe de Marquinhos mas chutou por cima do travessão. Sem mais nada, as duas equipes pareciam aceitar o resultado que ficou por isso mesmo: 3 para o Flu, 0 para o Cesso.

Fonte: Super Gol

segunda-feira, 9 de março de 2015

FERNANDO COMENTA SOBRE O PÊNALTI: "-EU QUERIA VER, SE FOSSE NA ÁREA DO VASCO, SE ELE DARIA PENALIDADE A FAVOR DO BONSUCESSO"


Foi muito doloroso. O Bonsucesso fazia uma partida impecável na parte defensiva diante do Vasco, neste domingo (8), mas aos 46 minutos do segundo tempo, o árbitro Daniel de Sousa Macedo viu pênalti em jogada em que a bola bateu no braço do volante Fernando. Inconformado, o jogador não poupou criticas ao juiz e afirmou que os clubes grandes são favorecidos contra os pequenos na maioria das vezes.

- Na minha visão, o pênalti foi marcado de forma muito injusta. Meu braço estava junto ao corpo, eu não abri o braço e não tive a intenção de cortar a trajetória da bola. Eu queria ver, se fosse na área do Vasco, se ele daria a penalidade a favor do Bonsucesso. Já joguei no Flamengo, Fluminense e em outros clubes grandes e sei que facilitam um pouco o trabalho do time grande contra o pequeno, pois as equipes menores não têm força, não tem expressão, então fica mais fácil para o grande - reclamou o volante.

Ainda chateado, Fernando disse que o ponto perdido no final da partida seria de muita importância para o Bonsucesso no Campeonato Carioca, pois a equipe se encontra muito próxima da zona de rebaixamento, apenas dois pontos acima do lanterna Nova Iguaçu:

- Um ponto seria muito valioso para nós por causa dos resultados da rodada, nos afastaríamos um pouco mais dessa zona desconfortável. Mas, infelizmente, isso acontece. Facilitaram para o Vasco, atrapalharam a gente, mas vamos trabalhar, pois quinta-feira teremos mais um time grande pela frente e vamos buscar nossa primeira vitória na competição - encerrou.

Na quinta (12), o Bonsucesso encara o Fluminense no Maracanã, às 21h, com transmissão da Web Rádio Jovem Carioca, a partir das 20:30.

Fonte: FutRio.net
Foto: Internet

sábado, 7 de março de 2015

BONSUCESSO NÃO TERÁ MAIS O ESTÁDIO LEÔNIDAS DA SILVA NO CARIOCÃO

O Bonsucesso não poderá utilizar seu estádio, o Leônidas da Silva, no Campeonato Carioca, mas os dois últimos jogos do Rubro-Anil como mandante mudaram de lugar. Em vez de acontecerem no Giulite Coutinho, onde o Cesso vinha mandando suas partidas. os duelos finais da equipe passaram para Moça Bonita, o campo do Bangu, que acaba de ser liberado pela Federação para receber jogos. A mudança aconteceu nesta quinta-feira (5).

Os jogos do Bonsuça no Proletário serão contra Volta Redonda e Boavista, nos dias 15 e 22 deste mês, respectivamente. A equipe vinha atuando sempre no estádio do America, solução encontrada para que a equipe pudesse atuar sem seu próprio estádio, já que o campo da Teixeira de Castro não tem laudos técnicos para o Estadual.

O próximo confronto do Bonsucesso no Carioca é neste domingo, contra o Vasco, no Engenhão, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca, a partir das 15:30.

BONSUÇA SAÍ COM EMPATE DA SERRA


Na tarde deste domingo (1), Friburguense e Bonsucesso duelaram no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo, pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Em jogo de baixo nível técnico (principalmente no segundo tempo), os times empataram sem gols. Apesar de seguir sem vencer, o Cesso está fora da zona do rebaixamento com quatro pontos. Por sua vez, com oito, o Friburguense se manteve na décima colocação.

O jogo começou com ambos os times se estudando. Se expondo aos poucos, o Bonsucesso levou perigo ao gol rival primeiro, aos 12 minutos. Miller deixou a marcação para trás e bateu para defesa de Marcos. Aos 21, mais Bonsuça. Fernando cobrou falta no cantinho e novamente o arqueiro do Friburguense salvou.

A primeira oportunidade do Tricolor da Serra só saiu aos 30, quando Luquinhas cobrou falta, a bola desviou na barreira e passou tirando tinta da trave do goleiro Preto. Três minutos depois, Luquinhas arrematou da intermediaria, o chute mudou de trajeto e por pouco não foi morrer na rede. O Frizão novamente ficou no quase aos 41. Jorge Luiz alçou bola na área, Caíque desviou e, de frente pro gol, Ziquinha errou a finalização.

Já no segundo tempo, o Bonsucesso apostou nas jogadas pela direita. E foi por lá que quase não saiu o primeiro gol, aos 25 minutos. Edson Pitbull avançou, invadiu a área e concluiu. O goleiro Marcos só olhou e a bola explodiu na trave e saiu. Em seguida, o Cesso assustou com Miguel, que recebeu cruzamento de Marquinhos e cabeceou para fora.

A partida se manteve depois sem emoção até os minutos finais. Quando o cronometro já marcava 47 minutos, Miguel teve a chamada “chance de ouro”, porém, desperdiçou e não deu a vitória ao Bonsucesso. Fim de papo: 0 a 0.

A partida

Friburguense 0x0 Bonsucesso - Campeonato Carioca, 7ª rodada - 1/3/2015 às 16h
Estádio Eduardo Guinle (Nova Friburgo - RJ)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Assistentes: Wendel de Paiva Gouvêa e Daniel de Oliveira Alves Pereira


Friburguense: Marcos; Sérgio Gomes, Cadão, Zé Victor e Felipe (Flavinho - intervalo); Bidu, Damião (Rômulo Correia 20'/2ºT), Luquinhas (Jeferson 14'/2ºT) e Jorge Luiz; Ziquinha e Caíque. Técnico: Gerson Andreotti.


Bonsucesso: Preto; Ivan, Jadson, Elton e Guttiner (Renan 38'/2ºT); Julinho, Marquinhos, Fernando e Geovani (Edson Pitbull - intervalo); Miller (Ryan 27'/2ºT) e Miguel. Técnico: Marcelo Salles.


Cartões amarelos: Cadão (FRI); Marquinhos, Elton (BON)
Público: 294 pagantes (384 presentes)
Renda: 3.780,00

Foto: Vinicius Gastin
Fonte: Web Rá
dio Jovem Carioca

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

BONSUCESSO REGULARIZA E QUATRO REFORÇOS PODERÃO JOGAR DOMINGO

O Bonsucesso regularizou, no fim da tarde desta quarta-feira (25), quatro reforços que já estavam treinando com o clube, que agora estão aptos a atuar pelo Campeonato Carioca. O lateral Guttiner, o zagueiro Bruno Simões e os atacantes Edson Pitbull e Bruno Goulart já estão à disposição de Marcelo Salles para o jogo do fim de semana, contra o Friburguense.

Destes, o mais conhecido no futebol carioca é Bruno Simões, zagueiro de 26 anos que já defendeu America e Duque de Caxias. Em 2014, esteve no Pesqueira (PE). Outro experiente é Edson Pitbull, que tem 27 e estava no Iguatu (CE). Ambos já treinavam desde a pré-temporada.

Os outros dois reforços são mais jovens e deixaram recentemente as categorias de base de seus clubes. Bruno Goulart, 21 anos, era do time de juniores do Botafogo. Já Guttiner, 20, defendia o Audax (SP) e, inclusive, atuou na Copa Sâo Paulo de Futebol Júnior na última temporada.

Com todos os reforços à disposição, o técnico Marcelo Salles contará novamente também com o volante Fernando, que volta de suspensão, e os meias Júnior e Matheus Salgado, que estavam lesionados. O Bonsuça encara o Friburguense no domingo, às 16h, no Estádio Eduardo Guinle, com transmissão da Web Rádio Jovem Carioca, a partir das 15:30.

Fonte: FutRio.net

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

FORA DE CASA, BONSUCESSO EMPATA COM O TIGRES E CONTINUA FORA DA ZONA


Pela sexta vez neste Campeonato Carioca, Tigres do Brasil e Bonsucesso saíram de campo sem vencer. As duas equipes empataram em 0 a 0 na tarde deste domingo (22), em jogo disputado no Estádio de Los Larios, em Xerém, Duque de Caxias, válido pela 6ª rodada do Estadual.

Superior no primeiro tempo, o Bonsucesso teve boas oportunidades de abrir o placar. Na primeira dela, aos 12, após cobrança de escanteio, Jadson bateu de primeira e obrigou Santiago a fazer um milagre, tirando a bola de cima da linha. Pouco depois da parada técnica, o goleiro do Tigres fez outra boa defesa, dessa vez defendendo um voleio de Élton.

No fim do primeiro tempo, Lucas Fernandes, do Bonsucesso, reclamou de falta após lance duro com Renan Silva, do Tigres. Após o apito final do primeiro tempo, o jogador do time visitante descontou, porém o árbitro viu e o expulsou da partida, deixando o Bonsuça com 10 jogadores em campo.

Na etapa complementar, com um a mais em campo, o Tigres foi superior na posse de bola. Mas este fator não foi transformado em chances claras de gol. Tanto que o goleiro Preto só fez uma defesa, em cabeçada de Matheus, aos 42 do segundo tempo. No fim, torcedores das duas torcidas gritaram "times sem vergonha" e o placar não teve alterações.

A partida
Tigres do Brasil 0 x 0 Bonsucesso - Campeonato Carioca, 6ª rodada - 22/02/2015 às 16h

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias - RJ)
Árbitro: Antônio Frederico de Carvalho Schneider
Assistentes: Patrícia Silveira de Paiva Retondario da Silva e Diego Luiz Couto Barcelos

Tigres do Brasil: Santiago; Tiago Bastos, Zé Carlos (Matheus Avelar - intrvalo), Júnior e Arthur Carangola (Ricardinho 6'/2ºT); Renan Silva, Sassá, Jean Carioca e Luciano (Jhonatan 17'/2ºT); Marlinho e Paulinho Guará. Técnico: Rubens Filho.

Bonsucesso: Preto; Thiago Ryan (Ivan 5'/2ºT), Jadson, Elton e Cristiano; Julinho, Marquinhos, Fernando Chagas (Renan 42'/2ºT) e Robertinho; Lucas Fernandes e Miguel (Yuri 26'/2ºT). Técnico: Marcelo Salles.

Cartões amarelos: Zé Carlos, Jean Carioca, Marlinho, Matheus Avelar e Jhonatan (TIG); Preto, Cristiano, Julinho e Miguel (BON)

Cartão vermelho: Lucas Fernandes - intervalo (TIG)

Público: 273 pagantes (363 presentes)
Renda: R$ 5.210,00

Fonte e Foto: Vitor Costa (FutRio.net)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

COLUNA DO HERMAN RUBRO ANIL: BONSUCESSO 1X1 MACAÉ


FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!!!

          E num jogo pra lá de dramático, o Bonsucesso finalmente marcou o seu primeiro gol no Campeonato Carioca 2015. Vamos, então, ao jogo. Enfrentando a forte equipe do Macaé, o Leão da Leopoldina, comandado pelo novo treinador Marcelo Sales, tratou de partir para cima do time macaense. Aos 10 minutos de jogo, Miguel rouba a bola e manda um petardo pra boa defesa de Ricardo Berna. Bom começo do rubro-anil. O Macaé responde aos 14, com Diego, que manda a bola por cima do gol do Cesso.

          Depois da parada técnica, o time da Capital Nacional do Petróleo buscou acertar a marcação. Mas o rubro-anil ainda ameaçou em um lance de bola parada, com Fernando, mandando uma bomba para outra boa defesa do arqueiro macaense. O Bonsucesso, àquela altura, já merecia ter aberto o marcador em Los Larios.

          Na etapa final, o Bonsuça seguia martelando a defesa do Macaé; o time rubro-anil chegava sempre com perigo na zaga adversária, mas pecava ao tentar penetrar a área (pecava no último lance, às vezes, no penúltimo lance). Aos 14, o Macaé deu grande susto na torcida rubro-anil presente a Los Larios; após cobrança de córner, Eberson carimbou o travessão do time da Teixeira de Castro. Foi pra gelar os ossos. Aos 25, apagão na zaga rubro-anil e Eberson, na pequena área, fuzila para o gol e faz em Los Larios Bonsucesso 0 x 1 Macaé!!!!

          A torcida rubro-anil emudece nas arquibancadas. Parece o prenúncio de mais uma derrota no estadual. É só o que se comenta na torcida. A frustração toma conta de boa parte dos torcedores que lá estavam presenciando o jogo. Mas o Bonsucesso não desistiu e foi ainda buscar forças pra tentar o empate. O jogo corria, já caminhava para o fim. É levantada a placa dos acréscimos: 3 minutos. A derrota já era dada como certa, quando acontece o inesperado – Nelson Rodrigues diria que foi o Sobrenatural de Almeida –; aos 46, falta para o Bonsucesso pela direita, Ricardo Berna vai mal na bola e eis que surge no meio de todo mundo, Fernando (que acabou se tornando o nome do jogo), que, de frente pro crime, fuzila pro gol macaense e decreta o empate em Los Larios: Bonsucesso 1 x 1 Macaé!!!!! UFA!!!! UFA!!! O Bonsucesso finalmente abria o marcador no Campeonato Carioca.

          Mais 2 minutos e o fim do jogo. No final, o resultado acabou sendo comemorando como se fosse uma vitória. O Bonsucesso apresentou um volume de jogo bem melhor nessa partida. E o novo treinador tem que manter esse esquema para os próximos jogos. Com o resultado, o Bonsuça tem agora 2 pontos, estando à frente do Nova Iguaçu e do Boa Vista, que tem 1 ponto cada. Se não fosse o gol salvador, o Bonsucesso estaria agora na lanterna do campeonato.

Mas, com o gol, o Bonsucesso está neste momento, fora da zona de rebaixamento!!!! Agora é torcer por dias melhores. Avante, Bonsucesso!!!! Saudações rubro-anis!!!!!

Foto: Tiago Ferreira/Divulgação

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

BONSUCESSO DEIXA DE SER VIRGEM DE GOL E EMPATA COM O MACAÉ


Bonsucesso e Macaé ficaram no empate nesta quinta-feira (19) pelo placar de 1 a 1. Com o resultado, ao final desta quinta rodada da Série A, o Bonsucesso ocupa a 14ª colocação e saiu da zona de rebaixamento.

No jogo que marcou a estreia do técnico Marcelo Salles no comando do Rubro-Anil,  viu-se um Bonsucesso com atitude e tentando impor seu jogo frente ao Macaé, que jogava apenas no contra ataque. Aos 10, Miguel roubou a bola pelo meio e bateu forte para a boa defesa de Ricardo Berna. A resposta veio aos 14, quando Diego bateu falta por cima do gol do Cesso. Após a parada técnica, o Macaé acertou a marcação e a partida não teve mais lances de perigo até o intervalo.

No segundo tempo, o Bonsucesso continuou melhor e tentava furar a retranca do Macaé, que somente assustava em bolas paradas ou alçadas de longe. Aos 14, após cobrança de escanteio, Eberson acertou o travessão. Aos 25, após bola cruzada por Diego e apagão da zaga rubro-anil, após bate-rebate na área, Eberson cara a cara com Preto bateu rasteiro e marcou para os visitantes. Após o gol, o Bonsucesso partiu com tudo para cima do Macaé e foi recompensado nos acréscimos. Aos 46, Ryan cobrou falta pela direita na área, Ricardo Berna saiu mal e Fernando bateu com força e raiva para marcar o primeiro gol do Bonsucesso na competição e espantar a urucubaca do time.

Na próxima rodada, o Bonsucesso retornará ao Estádio de Los Larios para enfrentar os donos da casa, o Tigres do Brasil. A partida ocorrerá no domingo (22), às 16:00h, com transmissão ao vivo e exclusiva da Web Rádio Jovem Carioca.


A partida

Bonsucesso 1x1 Macaé - Campeonato Carioca, 5ª rodada - 19/2/2015 às 17h

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias - RJ)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistentes: Diogo Carvalho Silva e João Luiz Coelho de Albuquerque

Bonsucesso: Preto, Ivan (Ryan 33'/2ºT), Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, Clodoaldo (Michel 5'/2ºT), Fernando e Robertinho; Lucas Fernandes (Júnior - intervalo) e Miguel. Técnico: Marcelo Salles.

Macaé: Ricardo Berna; Max, Brinner, Filipe Machado e Diego; Gedeil, Alisson (Eberson 8'/2ºT), Aloísio (dos Santos 25'/2ºT) e Marquinho (Pedro Oldoni 8'/2ºT); Pipico e Giancarlo. Técnico: Josué Teixeira.

Cartões amarelos: Cristiano, Fernando (BON); Brinner, Alisson, Filipe Machado, Pipico, Marquinho (MAC)

Gols: Eberson, 25'/2ºT (0-1); Fernando, 46'/2ºT (1-1)

Público: 402 pagantes (452 presentes)

Renda: R$ 2.510,00

Fonte : Web Rádio Jovem Carioca
Foto: Vítor Costa

sábado, 14 de fevereiro de 2015

JULIO MARINHO NÃO SERÁ O TREINADOR; MARCELO SALLES ASSUME O BONSUÇA

Após desaprovação do grupo de investidores responsável pelo futebol do Bonsucesso com a atitude tomada pela direção do clube em demitir Caio Couto, o técnico Júlio Marinho não virá mais para assumir o Rubro-Anil. Em seu lugar, chegou Marcelo Salles (foto). Depois de dois dias de negociações, o grupo de investidores e a direção do Bonsuça chegaram a um nome de consenso.

Marcelo Salles é formado em Educação Física e atuou dez anos no Flamengo nas categorias de base e também como auxiliar técnico de Andrade e Joel Santana nos profissionais. Atuou também como auxiliar-técnico de Joel Santana no Cruzeiro e no Bahia. Como treinador, dirigiu o Rio Branco (ES) e o Nova Iguaçu. Seu último trabalho foi em 2014 como auxiliar-técnico de Joel Santana na campanha que levou o Vasco da Gama a retornar à elite do futebol nacional.

Neste sábado, o novo técnico Rubro-Anil já comandará a equipe no jogo-treino que o Bonsuça fará contra o Audax, em São João de Meriti.

O Bonsucesso retornará a campo na próxima quinta-feira (19), às 17:00h, quando receberá o Macaé no estádio de Los Larios, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.

Fonte: Web Rádio Jovem Carioca

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

E FINALMENTE CAI O COUTO! JULIO MARINHO ASSUME O BONSUÇA


Após o empate na tarde desta quarta-feira (11) contra o Barra Mansa, o comando do futebol do futebol do Bonsucesso demitiu toda a comissão técnica que era liderada pelo treinador Caio Couto.

Para assumir tal desafio, foi anunciado o nome de Júlio Marinho (foto), técnico experiente no futebol carioca e com passagens em clubes da Série A como Boavista e Cabofriense. Junto com o técnico, mais cinco atletas serão contratados para reforçar o elenco do Bonsuça.

Fonte com exclusividade: Web Rádio Jovem Carioca

BONSUCESSO FICA NO EMPATE EM EDSON PASSOS


Bonsucesso e Barra Mansa abriram a quarta rodada do Campeonato Carioca na tarde desta quarta-feira (11), no Estádio Giulite Coutinho, de propriedade do América. Cada equipe somou o primeiro ponto e ambas seguem na zona de rebaixamento.

No minuto inicial, Junior arriscou de longe e quase marcou pro Bonsucesso. Logo em seguida, o Barra Mansa respondeu com André, que recebeu de Dudu e bateu para defesa de Preto. Depois, o que se viu foram passes errados, lançamentos equivocados e chutes sem direção. A única exceção ocorreu aos 44, quando Dudu avançou pela esquerda e cruzou para Rafael, que cabeceou para o gol. Mas, o auxiliar anulou o gol dos visitantes alegando impedimento.

Na segunda etapa, aos 17, pelo Barra Mansa, Teixeira cobrou falta da intermediaria e Preto efetuou a defesa. O Bonsucesso deu o troco aos 23, quando Cristiano cruzou e Fernando cabeceou à direita. Logo depois, Robetinho arrematou de longe e Thiago Leal foi no canto esquerdo e fez grande defesa. Aos 25, Audren puxou contra-ataque e serviu Diogo. O camisa 16 tocou de cavadinha na saída de Preto, que esticou o braço e salvou o Bonsucesso. Aos 28, Carlão alçou bola na área e Yogo cabeceou no ângulo, mas o goleiro do rubro-anil foi lá para fazer defesa sensacional. Depois dos 30, o Barra Mansa se arrastou em campo e o Bonsucesso não teve capacidade de marcar seu primeiro gol na competição.

O empate de hoje foi o último jogo de Caio Couto à frente do Rubro-Anil. Após a partida, Caio caiu e Júlio Marinho assumirá a equipe; notícia esta dada com exclusividade pela Web Rádio Jovem Carioca.

Na próxima quinta-feira (19), o Bonsucesso receberá o Macaé no Estádio de Los Larios, em Xerém, às 17:00h, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.

Ficha Técnica

Bonsucesso 0x0 Barra Mansa - Campeonato Carioca, 4ª rodada - 11/2/2015 às 17h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita - RJ)

Árbitro: Wellington Mendonça de Melo

Assistentes: Paulo Vitor Paladino Carneiro e Alexandre Eller

Bonsucesso: Preto; Thiago Ryan, Jadson, Renan e Clodoaldo; Junior (Cristiano 13'/2ºT), Chagas, Fernando e Matheus Salgado (Robertinho 10'/1ºT); Lucas (Deyvison 33'/2ºT) e Miguel. Técnico: Caio Couto.

Barra Mansa: Thiago Leal; Dudu, Carlão, Thiagão e Wallace; Audren, Teixeira, Vitinho e Rafael Lourenço (Yogo 19'/2ºT); Diogo (Rodriguinho 32'/2ºT) e André (Foca 27'/2ºT). Técnico: Wilson Leite.

Cartões amarelos: Clodoaldo, Junior, Chagas e Fernando (BON); Wallace e Diogo (BMA)

Público: 396 pagantes (486 presentes)

Renda: R$ 2.480,00

Fonte e Foto: super-gol.com

domingo, 8 de fevereiro de 2015

A VOZ DO TORCEDOR: DESABAFO DE UM APAIXONADO




  Amigo George e todos os torcedores e admiradores do nosso Bonsuça, é inacreditável o que estão fazendo com essa Instituição Centenária. Um clube de tanta tradição no qual vivenciamos 18 anos de sofrimento na série B. Estava no meu silêncio, mas diante desse cenário não poderia deixar de expressar minha opinião. Por mais que o investidor tenha boa vontade, na série A não existe a mínima possibilidade de se brincar de futebol. Vamos deixar de lado a vaidade e nos unir, pois, ainda é tempo de tentarmos reerguer e acordarmos esse Gingante da Leopoldina. Nós temos uma torcida vibrante, apaixonada, visto que, no jogo em Conselheiro Galvão, onde você mesmo meu amigo George pode presenciar a presença da nossa torcida na social do nosso coirmão Madureira que por ironia do destino tem escrito na sua parede: “Aqui só se torce pelo Madureira.”, mas que naquela quarta, pedindo licença a torcida do Madureira estava escrito: “Aqui só se torce pelo Bonsucesso”. Não quero  arrumar culpados, porém, não podemos deixar de ressaltar a luta de seus atletas e nem culpar a comissão técnica por esse início vexatório no qual envergonha a nossa torcida. Estamos longe de termos a maior torcida, mas costumo dizer que quantidade não é qualidade, e a nossa torcida esbanja qualidade. Como é do conhecimento de todos, desde 2012 tirei meu registro de jornalista, desde que Júlio Cesar Ferreira, me fez um convite para comentar os jogos do Bonsucesso na série A depois de 18 anos na série B. Me sentir lisonjeado, pois ele poderia fazer esse convite para muitos torcedores ilustres, como você, Meireles, Robinho, Cesar, e tantas outras pessoas gabaritadas. A partir desse convite, vislumbrei a possibilidade de contribuir para que o nosso querido Leão da Leopoldina pudesse ter uma visibilidade melhor na mídia, e posso afirmar que conseguimos, não só minha pessoa, mas como você, e outros demais ilustres torcedores.

  Em relação ao treinador atual, não o conheço pessoalmente, e para ser sincero não tenho nenhum interesse de conhecê-lo, apenas gostaria de saber que experiência esse senhor tem para dirigir um clube na série A. Na Copa Rio, assisti apenas ao primeiro jogo contra a Friburguense e foi o necessário para avaliar que esse profissional não iria longe à competição. Mas ele não é o culpado, e sim, aqueles que o colocaram no comando. Volto a dizer, como foi em 2012, todos os atletas e componentes na comissão técnica vão, mas a torcida apaixonada fica, por isso, peço ao mandatário do clube que nesse momento retome as rédeas e mostre que futebol não é brincadeira, pois estão brincando com os torcedores e admiradores do Bonsucesso Futebol Clube. Nós merecemos respeito.
André Veras.

COLUNA DO HERMAN RUBRO-ANIL: BONSUCESSO ESTÁ A PERIGO!!!!

FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!!

Galera do Cesso, hoje a coluna trata da situação grave do clube no Campeonato Carioca. O Leão, neste momento, se encontra na zona de rebaixamento. O índice técnico do time é horroroso. São, até aqui, 3 jogos, 3 derrotas, nenhum gol marcado e 7 gols sofridos. O time versão 2015 tem a pior defesa do campeonato; nem é preciso dizer que tem também o pior saldo. É, indubitavelmente, O PIOR TIME DO BONSUCESSO NOS ÚLTIMOS ANOS!!!! É surreal a participação do time no Campeonato Carioca. Ninguém esperava ver o rubro-anil da Leopoldina fazer um campeonato tão fraco até o presente momento. As derrotas foram para Resende – que teve o mando de campo invertido e o Bonsucesso não aproveitou a chance –, Bangu – que é um adversário contra o qual o Bonsucesso não conta mesmo com a sorte – e Botafogo – resultado até, de certa forma, “compreensível”.

Um time minimamente competitivo tem um certo entrosamento dentro de campo e sintonia com o treinador. Isso, nitidamente, não está acontecendo. Não está mesmo. O time bate cabeça na defesa e no ataque é completamente inoperante; tão inoperante que até a própria defesa do Bonsucesso pode marca-lo. Como já disse antes, é surreal.

Urge que algo seja feito o quanto antes, a fim de evitar que o nosso amadíssimo Bonsucesso Futebol Clube tenha que voltar ao calvário – ou à via crucis – da segunda divisão carioca. Estando na 1ª, a visibilidade é maior e há a grana da televisão; sem contar o orgulho de ver o time disputar a divisão mais importante do estado. É necessário que se faça uma revisão de todo o elenco atual e substituir peças defeituosas o quanto antes para que o Leão da Leopoldina possa retomar a sua trajetória de vitórias. Porque o Bonsucesso precisa muito derrotar o Barra Mansa, quarta-feira, em Edson Passos!!! Se não vencer, o time já estará com um pé na segunda divisão. E até pra subir de novo vai ficar mais difícil. Então, vamos todos cruzar os dedos e fazer muita figa pro rubro-anil conquistar os primeiros três pontos nesta temporada. Até mais, amigos!!! E saudações rubro-anis!!!!

 

ADIVINHE: O BONSUCESSO VENCEU, EMPATOU OU INFELIZMENTE PERDEU MAIS UMA?



Na tarde deste sábado, 7, o Bonsucesso enfrentou o Botafogo na reinauguração do Estádio Olímpico Municipal João Havelange, o Engenhão. O Alvinegro se impôs e não deu chances ao Rubro-Anil que, sem conseguir dar seu ritmo de jogo acabou goleado por 4 a 0.

Logo no início da partida, o Botafogo mostrava que era ele quem mandava em seu próprio campo. Errando muitos passes, o Leão da Leopoldina tinha dificuldades para avançar e levar perigo aos donos da casa. Aos 10 minutos veio o primeiro gol. Rodrigo Pimpão serviu Diego Jardel que entrou na área e chutou com força. A bola carimbou a trave e voltou pro mesmo Jardel que, dessa vez, mandou para o gol vazio.

Saindo atrás na partida, o Bonsuça tinha que correr atrás do resultado, mas acabava esbarrando nas próprias limitações e dando campo para o adversário. Aos 21, a defesa Rubro-Anil falhou e Bill aproveitou a bola lançada pela direita e completou para o fundo da baliza. A bola ainda bateu no zagueiro antes de entrar.

A melhor chance do Leão veio, aos 29, com Miguel que mandou um petardo certeiro e Jefferson salvou. O rebote ainda sobrou para Lucas que fuzilou, mas esbarrou novamente no grande talento do arqueiro botafoguense. O final do primeiro tempo não guardou muitas emoções ao público presente. No apito final, ainda começou uma pequena confusão quando Marcelo Mattos se irritou com uma entrada dura do adversário. Jogadores das duas equipes começaram a trocar empurrões, mas logo os ânimos se acalmaram.

Na volta do intervalo, o Botafogo foi soberano. O Leão pouco conseguia esboçar reação e o time da casa aproveitava para correr atrás de um resultado ainda melhor. Logo aos 4 minutos, cobrança de falta para o Fogão. Carleto bateu forte, por baixo da barreira, e a bola acertou o cantinho de Preto, que não pode fazer nada.

Com uma ampla vantagem no marcador, o Botafogo tocava a bola e administrava o placar construído. Aos 11 minutos, Pimpão arriscou um lindo toque de cobertura que carimbou a trave. Por pouco não saiu um golaço. Mesmo sem grande esforço, o quarto tento botafoguense veio aos 26, com Fernandes. O jovem jogador se livrou da marcação, invadiu a área e chutou. Preto ainda defendeu no reflexo, mas o rebote sobrou para o próprio Fernandes que completou para a rede. Ficou por isso mesmo: 4 para o Botafogo; 0 para o Bonsucesso.

Na próxima rodada, quarta-feira (11), o Leão da Leopoldina receberá o Barra Mansa no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, às 17:00h, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.

A partida

Botafogo 4 x 0 Bonsucesso - Campeonato Estadual, 3ª rodada - 07/02/2015 às 17h

Estádio Olímpico Municipal João Havelange (Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga

Assistentes: Andréa Izaura Maffra e Patrícia Silveira de Paiva

Botafogo: Jefferson; Gilberto, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Thiago Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão (Fernandes 12'/2ºT), Diego Jardel e Tomas Bastos (Gegê 30'/2ºT); Rodrigo Pimpão e Bill (Sassá 22'/2ºT). Técnico: René Simões.

Bonsucesso: Preto; Ryan, Jadson, Renan e Cristiano (Robertinho 25'/2ºT); Júnior, Marquinhos (Clodoaldo 25'/2ºT), Fernando e Matheus Salgado (João Cleriston 31'/2ºT); Lucas e Miguel. Técnico: Caio Couto.

Cartões amarelos: Diego Jardel (BOT); Fernando, Matheus Salgado, Lucas, Miguel (BON)

Gols: Diego Jardel 10'/1ºT (1-0); Bill 21'/1ºT (2-0) Thiago Carleto 3'/2ºT (3-0); Fernandes 26'/2ºT (4-0)

Público: 9.562 pagantes (11.147 presentes)

Renda: R$ 319.720,00

Fonte: Diego Zurita
Foto: Celso Pupo

sábado, 7 de fevereiro de 2015

COMUNICADO OFICIAL: WEB RÁDIO JOVEM CARIOCA

A Web Rádio Jovem Carioca lança a campanha Transmissão dos Jogos do Bonsuça Esperança para arrecadar fundos que permitam a continuidade da Rádio em transmitir ao vivo todas as partidas do Bonsucesso.

Infelizmente, desde o ano passado não contamos com qualquer tipo de apoio, seja ele por patrocínios ou através da diretoria do clube para transmitir os jogos do Bonsucesso. Para a Série A de 2014, nós pagamos todas as despesas de transmissão, incluindo manutenção da página na internet e dos equipamentos, além dos custos das viagens e de alimentação das equipes de transmissão. Para não comprometer ainda mais as finanças dos membros da Rádio, optamos em não transmitir a Copa Rio no segundo semestre, somente pagando as despesas de manutenção da página na internet.

Em 2015, o panorama continua o mesmo. Com isso, para reduzirmos ainda mais os custos, que ainda continuam sendo arcados pelos membros da Rádio, optamos por não utilizar repórter de campo nos jogos do Bonsucesso, cortando os custos de ter mais um membro na equipe e da manutenção dos equipamentos destinados às matérias de campo.

Entretanto, chegamos ao limite de nossas possibilidades financeiras. Por isso, a Web Rádio Jovem Carioca inaugura a campanha Transmissão dos Jogos do Bonsuça Esperança.  Qualquer contribuição será benvinda.  Estabelecemos o dever de divulgar semanalmente a relação dos doadores, a quantidade doada e os gastos da Rádio para transmitir as partidas do Bonsucesso. Solicitamos que as contribuições sejam feitas nas contas relacionadas abaixo e comunicadas para o e-mail da Rádio (radiojovemcarioca@yahoo.com.br):

Banco Bradesco – Agência 1417-6 – Conta Corrente 0048515-2 – André Veras da Silva.

Banco do Brasil – Agência 3652-8 – Conta Corrente 7548-5 – Julio Cesar V Ferreira.

A Web Rádio Jovem Carioca possui compromisso com a torcida do Bonsucesso e não apoia ou recebe colaboração de qualquer chapa envolvida na eleição presidencial do clube. Nossa única missão é estar com o Bonsucesso onde ele estiver.

Saudações Rubro-Anis!

Equipe Web Rádio Jovem Carioca

BONSUCESSO PERDE A SEGUNDA, AGORA PARA O BANGU


Nesta quarta-feira (4), o Bonsucesso recebeu o Bangu no Estádio Aniceto Moscoso, de propriedade do Madureira, e foi derrotado por dois gols a zero. Com o resultado, o Bonsucesso segue sem pontuar na competição.

 A partida começou muito movimentada. O Bonsucesso levou perigo primeiro ao gol adversário com Lucas, aos três, mas a finalização saiu sobre a meta de Márcio. No minuto seguinte, o Bangu abriu o placar. Em cobrança de falta, Almir tocou para Guilherme, que cruzou. A zaga do Bonsuça ficou olhando e, na grande área, Matheus Pimenta dominou e tocou para o zagueiro Sérgio Raphael colocar no contrapé do goleiro Preto. Depois, a partida ficou truncada no meio de campo com ligeira superioridade do Bonsucesso, mas que somente veio assustar a defesa banguense aos 47, quando Lucas recebeu pela direita, driblou para o meio e bateu firme e alto no canto esquerdo do goleiro Márcio, que fez grande defesa.

 O Bonsucesso começou o segundo tempo com maior posse de bola, com o Bangu buscando os contra-ataques. Aos nove, o Bangu quase ampliou com Almir em cobrança de falta pela direita. Mais uma vez, a partida caiu em qualidade, pois as alterações promovidas pelo técnico do Bonsucesso pioraram o desempenho da equipe e o Bangu se contentava em segurar o resultado e partir somente na boa. E, em uma destas saídas, o gol que decretou a vitória do Bangu. Aos 38, pela esquerda, Matheus Pimenta tocou para Carlos Alberto, que encontrou Marcos Vinícius para bater rasteiro e firme no canto direito do goleiro Preto.

O Bonsucesso retornará a campo no próximo sábado (7), quando visitará o Botafogo no Estádio Olímpico Municipal João Havelange, às 17:00h, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.



A partida

Bonsucesso 0 x 2 Bangu - Campeonato Carioca, 2ª rodada - 04/02/2015 às 17:00h

Estádio Aniceto Moscoso (Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Assistentes: Márcio Moreira de Queiroz e Marcello Oliveira da Costa

Bonsucesso: Preto; Ivan (Ryan 13'/2ºT), Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, Júnior, Fernando e Matheus (Deyvison 34'/2ºT); Robertinho e Lucas (Michel 36'/2ºT). Técnico: Caio Couto.

Bangu: Márcio; Iago (Luciano 40'/2ºT), Sérgio Raphael, Luis Felipe e Guilherme; Ives, Magno, Wendel (Marcos Vinícius 10'/2ºT), Raphael Augusto (Carlos Alberto 26'/2ºT) e Almir; Matheus Pimenta. Técnico: Mário Marques.

Cartões amarelos: Ivan, Júnior e Cristiano (BFC); Márcio, Sérgio Raphael, Luis Felipe, Iago e Guilherme (BAC)

Gols: Sérgio Raphael 4'/1ºT (0-1); Marcos Vinícius 38'/2ºT (0-2)

Público: 820 pagantes (910 presentes)

Renda: R$ 4.400,00

Fonte:Web Rádio Jovem Carioca
Foto: Emerson Pereira

domingo, 1 de fevereiro de 2015

BONSUCESSO JOGA MAL E SAI DERROTADO DE EDSON PASSOS

O Bonsucesso não foi bem em sem primeiro jogo de 2015. Jogando fora de casa, o Rubro-Anil da Leopoldina jogou mal e perdeu para o Resende pelo placar mínimo.

O jogo começou com as equipes se estudando. Na primeira grande chance, o Resende guardou. Aos 15 minutos, imitando a táctica do Atlético Mineiro, Cássio cobrou lateral em direção a área, e o zagueiro Elton cabeceou contra a própria trave, mas para a infelicidade rubro anil, Geovane Maranhão pegou o rebote e chutou no canto do goleiro Preto fazendo o primeiro e único gol da partida. Aos 39 minutos, o Bonsucesso chutou perigosamente pela primeira vez. Cristiano cortou um marcador pela esquerda, tocou para Deyvison, que soltou a bomba na rede pelo lado de fora. O Bonsucesso terminou a primeira etapa errando muitos passes e mal posicionado taticamente. O Resende administrou, sem sustos, a vitória na primeira etapa.

No começo da segunda etapa, Marcel cobrou falta forte, mas Preto apenas encaixou a bola. Aos 7 minutos, Mateus cobrou falta pela direita para Junior cabecear perto da trave direita de Arthur. O Bonsucesso ia muito para o ataque, mas sempre pecava no ultimo passe, além de deixar espaços para o contra-ataque rápido do Resende. Em dois lances, Marcel, aproveitando o campo molhado e a instabilidade do goleiro do Bonsucesso, tentou ampliar o placar. No primeiro lance, aos 34 minutos, cobrou falta direto para o gol, mas mandou na rede pelo lado de fora. Aos 37 minutos, Marcel tentou marcar um gol olímpico, assustando Preto.

Os dois times voltarão a campo na próxima quarta feira, com o Resende enfrentando o Tigres do Brasil, no Estádio do Trabalhador, e o Bonsucesso enfrentando o Bangu em Conselheiro Galvão, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.


FICHA TÉCNICA:
Resende 1x0 Bonsucesso - 31 de Janeiro - 17h00min
Campeonato Carioca da Série A / 1ª rodada

Estádio: Giulite Coutinho (Mesquita – RJ)

Público: 300 pagantes (350 presentes)

Renda: R$ 6.200,00

Árbitro: Daniel de Souza Macedo

Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Gilberto Stina Pereira

Resende: Arthur; Cássio, Admilton, Lucas e Uallace (Reinaldo 30’/2ºT); Iuri Pimentel, Léo Silva, Murilo (Willian Carioca 22’/2ºT) e Marcel; Geovane Maranhão e Jhulliam (Jeferson Silva 37’/2ºT). Técnico: Edson Souza.

Bonsucesso: Preto; Ivan (Yuri 17’/2ºT), Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, Junior (Clodoaldo 17’/2ºT), Michel (João 40’/2ºT) e Matheus; Robertinho e Deyvison. Técnico: Caio Couto.

Cartões amarelos: Marcel e Uallace (RES); Marquinhos, Michel e Yuri (BON)

Gol: Geovane Maranhão 15’/1º Tempo

sábado, 31 de janeiro de 2015

COLUNA DO HERMAN RUBRO ANIL

VAI COMEÇAR O ESTADUAL 2015!!!!!
AVANTE, BONSUCESSO!!!!

FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!!


Estávamos, certamente, todos com muitas saudades do nosso glorioso rubro-anil. Para todos aqueles que gostam de tabus e escritas, o Bonsucesso já começa o ano colocando mais um tabu por terra; desde 1983 o Leão da Leopoldina não disputava duas edições consecutivas da divisão de elite do Rio de Janeiro.
Para esse início de campeonato, as perspectivas parecem boas. Acredito que o Bonsucesso deva fazer uma boa performance na competição. Quem sabe até o Bonsuça, dependendo da classificação, consiga uma vaga para a série D do Brasileirão. Sonhar não custa nada. Ou pelo menos vamos lutar pra seguir na primeira divisão do Estadual.
Alheio às confusões que se alastram nesses dias que precedem o campeonato, o Bonsucesso está focado em suas metas para este ano que se inicia, a fim de alegrar sua entusiástica torcida, que, certamente, não medirá esforços para acompanhar o vermelho e azul da Leopoldina rugindo alto pelos estádios estado afora. Que comece, então, o Campeonato Carioca de 2015 para todos, em especial para o nosso Bonsucesso Futebol Clube!!!!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

RESENDE X BONSUCESSO SERÁ NO GIULITE COUTINHO.



  Mais uma partida do Campeonato Carioca teve seu local alterado. O duelo entre Resende e Bonsucesso, válido pela primeira rodada da Taça Guanabara, estava inicialmente marcado para o Estádio do Trabalhador. Mas, através de uma IMT - Informação de Modificação de Tabela, a FFERJ comunicou o remanejamento para o Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita.

  De acordo com a documentação publicada no site da federação, o motivo da mudança é a "Falta na obtenção dos Laudos de Segurança de acordo com a legislação para este jogo". Também no site Ferj, sobre o Estádio do Trabalhador, consta a informação da ausência do Laudo de Prevenção Contra Incêndios, cedido pelo Corpo de Bombeiros.

Fonte: FutRio
Foto: Arquivo Internet

Esta partida será realizada no Sábado (31/01), às 17:00, com transmissão da Web Radio Jovem Carioca, ao vivo a partir das 16:30.

BONSUCESSO INSCREVE 21 JOGADORES NO ESTADUAL 2015



  O Bonsucesso entregou na ultima terça feira (27/01), sua lista de inscritos para a disputa do Cariocão 2015. A lista possui 21 atletas, sendo 19 jogadores de linha e 2 goleiros. A surpresa fica por conta da ausência do goleiro Luiz Guilherme, que vinha treinando com a equipe em toda pré-temporada.

  Os clubes terão até o dia 14 de março para preencher as vagas restantes. Neste período também será possível fazer cinco alterações e mais duas extras para o caso de rescisões contratuais ou lesão com tempo de afastamento superior a 15 dias de tratamento.

Confira a lista de inscritos:



Matéria: Fabio Pinho

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

LATERAL DO BONSUÇA, CRISTIANO É DESTAQUE NO GLOBO ESPORTE



  O Lateral - esquerdo do Bonsucesso, Cristiano, foi destaque na série de matérias do Globo Esporte sobre as promessas dos times de menor investimento do Cariocão 2015.

 Cristiano é carioca mas esta é sua primeira oportunidade em um clube do Rio. Antes do Rubro - Anil, ele jogou no CRB, onde conseguiu o acesso à segunda divisão do Campeonato Brasileiro de 2015, além de ter atuado no Murici (AL) e no Vitória das Tabocas (PE).

Confira esta matéria: http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-esporte-rj/v/promessas-do-cariocao-conheca-cristiano-lateral-esquerdo-do-bonsucesso/3924648/

Matéria: Fabio Pinho

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

BONSUCESSO 2015; DUAS VITORIAS NA PRÉ-TEMPORADA

  Foto: Rico Ferrari/Bonsucesso
Por Fabio Pinho
 
  O Bonsucesso realizou, desde o começo da sua pré-temporada, iniciada no dia 3 de janeiro, dois jogos treino. O primeiro, no dia 18, realizado no Espaço Lonier, em Vargem Pequena, o Rubro-Anil venceu o Barcelona por 2 a 0, gols marcados por Fernando e Jeferson. Já no dia 24, na Urca, o Bonsucesso enfrentou o Gremio Mangaratibense e venceu por 3 a 0 com o marcador sendo alterado por Junior, Deyvison e Matheus.

  Em entrevista ao site FutRio.net, Caio Couto comparou os dois jogos-treino: 
- Se for fazer um paralelo com o jogo contra o Barcelona, já é outra situação. Hoje os atletas estão mais descansados, enquanto no primeiro jogo estávamos treinando em período integral. Isso fez melhorar nosso condicionamento físico. Fiquei satisfeito com a nossa posse de bola e também com a maturidade. Conseguimos tomar conta do jogo – analisou o treinador do Bonsucesso.

  Caio Couto escalou a equipe para a primeira partida com Preto; Ivan, Renan, Elton e Cristiano; Marquinhos, Júnior, Fernando e Robertinho; Matheus Salgado e Deyvison. Já no segundo jogo, o treinador fez uma alteração na zaga tirando Renan e colocando Jadson.

Veja agora a provável escalação do Bonsucesso para a primeira rodada do Cariocão 2015 e a escalação da ultima partida de 2014:

Bonsucesso 2015: Preto; Ivan, Jadson (Renan), Elton, Cristiano; Marquinhos, Junior, Robertinho, Fernando e Matheus Salgado; Deyvison. Técnico: Caio Couto

Bonsucesso Copa Rio 2014: Preto; Ivan, Léo Oliveira, Wescley, Taylan; Marquinhos, Emerson e Matheus Salgado; Rômulo, Deyvison e Eduardo. Técnico: Caio Couto.

O Bonsucesso estreia no Cariocão 2015, dia 31 de Janeiro, às 17:00, no Estádio do Trabalhador. A partida terá transmissão AO VIVO na Web Rádio Jovem Carioca.

BONSUÇA CONTRATA FERNANDO, IRMÃO DE CARLOS ALBERTO


  A diretoria do Bonsucesso segue contratando na formação do elenco para o Estadual da Série A. Desta vez, o clube contratou um jogador conhecido do grande público. Trata-se do volante Fernando, irmão de Carlos Alberto.
 O jogador foi revelado pelo Fluminense e estava jogando no futebol da Moldávia desde 2013. O atleta já se integrou ao grupo no Espaço Lonier, onde a equipe se prepara..

Ficha Técnica
Nome: Fernando Gomes de Jesus 
Nascimento: 12/05/1986 
Posição: Volante 
Principais clubes: Fluminense, Flamengo, Goiás e São Paulo

Fonte: Web Rádio Jovem Carioca

BONSUCESSO ANUNCIA DEZ REFORÇOS


  Realizando pré-temporada no Espaço Lonier, em Vargem Pequena, na Zona Oeste do Rio, o Bonsucesso anunciou nesta semana dez reforços para a disputa do Campeonato Estadual.  As principais novidades ficam por conta do volante Junior, ex- Vasco e América, e o meia Clodoaldo, ex-Paduano e Viseu-Portugual. O goleiro Preto que atuou na Copa Rio também está de volta.

  Completam a lista os zagueiros Diego Venetillo e Jadson, ambos ex-América; o lateral-direito Ryan, ex-Madureira; o lateral-esquerdo Cristiano, ex-CRB-AL; o meia Jefferson, ex-Cianorte (PR); além dos atacantes Felipe Miranda, ex-Americano, Edson Pitbull, ex-Vitoria-PE e Fernando Chagas ex-Khitan-Kuwait.

  O Leão da Leopoldina seguirá no Lonier até o dia 18 de janeiro. Os comandados de Caio Couto estrearão no Estadual no dia 1º de fevereiro, no Estádio do Trabalhador, contra o Resende, com transmissão ao vivo da Web Rádio Jovem Carioca.

Confira a lista de atletas remanescentes da Copa Rio e de reforços.

Lista de remanescentes:

Goleiros – Preto e Raphael

Lateral-direito – Ivan e Yuri

Zagueiros – Elton e Renan

Volantes – João, Marquinhos e Michel

Meia – Matheus

Atacante – Índio

Lista de reforços:

Diego Venetillo – zagueiro, ex-América

Jadson – zagueiro, ex-América

Ryan – lateral direito, ex-Madureira

Cristiano – lateral esquerdo, ex-CRB-AL

Junior – volante, ex-Vasco e América

Clodoaldo – meia, ex-Paduano e Viseu-Portugal

Jefferson – meia, ex-Cianorte-PR

Felipe Miranda – atacante, ex-Americano

Edson Pitbull – atacante, ex-Vitoria-PE

Fernando Chagas – atacante, ex-Khitan-Kuwait



Fonte: Diego Zurita – super-gol.com

Foto: Leonardo Cunha