quarta-feira, 26 de março de 2014

COLUNA DO GEORGE JOAQUIM: "EM CADA ESQUINA QUEM DOMINA É CESSO..."


O projeto do Centenário do Bonsucesso de chegar e permanecer na divisão de elite do futebol carioca foi concluído. Em 2013, ano do Centenário, levamos a Taça Santos Dumont para a Teixeira de Castro e ascendemos à primeira divisão. Aos 100 anos, o Bonsucesso “deu uma virada” na desconfiança e superou no campo as suas dificuldades e garantiu com uma rodada de antecedência a sua permanência na Série A.
A torcida comemorou os resultados da 14ª rodada que beneficiaram o nosso querido clube. Mas, devemos refletir sobre a classificação do Cesso no campeonato. O Rubro-Anil da Leopoldina poderia estar em melhor classificação se soubesse vencer os seis jogos em casa (de seis, venceu apenas um). As atuações irregularidades de nossos atletas e a má sorte de Ricardo Barreto transformaram o Cesso na opção preferida de apostas sobre clubes que desceriam à “segundona”. 
Depois de pousar na zona de rebaixamento ao lado do Duque de Caxias, a reação Rubro-Anil aconteceu após demissão de Barreto e a contratação de Alfredo Sampaio, que já deixou nosso clube. Treinador experiente de 1ª divisão, Sampaio foi a última munição de Zeca Simões para uma tentativa de derrubar o inimigo: o “fantasma do rebaixamento”. Fantasma que o próprio Zeca conheceu em 2012.
Novo treinador, nova armação da equipe e vitórias! O gosto sabor que o torcedor esperava desde a 3ª rodada do estadual ocorreu contra o Macaé, e de goleada na Teixeira de Castro. O carioca presenciou a ira do Leão ao acordar com fome de gols. 
A virada espetacular, heroica, histórica, sensacional, fantástica e divina sobre o Audax deixou o Cesso fora da zona da morte para não voltar mais. O empate em São Januário contra o Vasco e a vitória no Clássico Suburbano contra o Madureira na Conselheiro Galvão, fechou a conta a nosso favor. 
O Campeonato de 2015 começa já! O Presidente Zeca Simões tem um bom tempo pela frente para planejar um Bonsucesso mais forte e capaz de almejar os degraus mais altos na competição de elite do futebol carioca.
A Copa Rio é o próximo desafio profissional com previsão de iniciar em agosto. Então, férias para as emoções, que o coração Rubro-Anil merece.


Abração a todos,
George Joaquim

Um comentário:

Herman disse...

Vamos todos manter a esperança de que o Bonsucesso entre para, finalmente, brigar pra valer pelo título da Copa Rio.