sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO-ANIL: CESSO VENCE O AUDAX EM PARTIDA ÉPICA

INACREDITÁVEL FUTEBOL CLUBE! CESSO VENCE O AUDAX EM PARTIDA ÉPICA!!!!
Meus caríssimos amigos rubro-anis, o que se viu na última quarta-feira no Estádio Moça Bonita, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi algo fenomenal, daquelas coisas que só se vê tipo Cometa Halley, que só passa uma vez e acabou. No dicionário, a palavra fé é definida como uma crença muito firme, uma absoluta confiança em alguma coisa, sem que haja evidência alguma de que o objeto da referida crença seja real ou não; trata-se ainda de uma energia que alimenta todas as crenças e religiões do planeta.
E foi exatamente com essa fé que vários rubro-anis se deslocaram de Bonsucesso (ou de outras regiões da cidade) até Bangu, na firme esperança de ver o Leão da Leopoldina rugir bem alto em busca de mais uma vitória no campeonato carioca 2014. O sol era de lascar, como já era esperado (algo em torno dos 44 graus). As equipes entram em campo debaixo de um verdadeiro forno natural.
Começa o jogo em Moça Bonita e o Bonsucesso busca ter o domínio das ações. O rubro-anil martelava em cima da defesa do Audax, mas a marcação do time de São João de Meriti era bem forte em cima dos atacantes e alas rubro-anis. Em algumas vezes o Audax partia para o contraataque; e foi num deles que os caras conseguiram chegar ao gol: o atacante Matheus Vargas sai da marcação da zaga rubro-anil, abre espaço e chuta para o gol, meio sem pretensões. O goleiro Lopes acaba falhando na tentativa de evitar o tento meritiense: Audax 1 x 0 Bonsucesso em Moça Bonita, aos 19 minutos.
A irritação tomou conta das sociais no lado rubro-anil de imediato. Foram muitas reclamações e xingamentos. Eu mesmo tive um baita desânimo. O técnico Alfredo Sampaio estava visivelmente irritado com o time e sacou Allan Silva e Michel nos lugares de Renan e Giovanne. O time do Bonsucesso continuou não produzindo nada de bom até o fim do primeiro tempo.
No segundo tempo o Leão da Leopoldina tenta a todo custo rugir mais alto e parte pra cima do Audax buscando o gol de empate, tentando entrar novamente na partida; para isso o Bonsuça buscava se utilizar bem de seus alas, ao passo que o Audax continuava apostando nos contragolpes. Aos 8 minutos, a equipe meritiense consegue um escanteio; na cobrança, todos os rubro-anis ficaram parados na área, só olhando a bola passar. A bola sobra pra Luquinha bater em cima do goleiro Lopes; no rebote, Leandro Camilo, de perna direita, sem muita força faz o segundo gol do time laranja: Bonsucesso 0 x 2 Audax!!!!
O gol deixa o Bonsucesso mais tonto do que peru em véspera de Natal. O vermelho e azul da Leopoldina tá tão perdido em campo que nem GPS resolve. A irritação nas sociais com o time é cada vez maior. A revolta é muito grande. Assim como a decepção e o desespero. A torcida já estava começando a entregar os pontos. Eu era um. O martírio prosseguia; aos 14 minutos, David dá um drible da vaca em China e é derrubado dentro da área. O árbitro não tem dúvidas: pênalti para o Audax!!! Quem vai para a cobrança é Willian, que ajeita a bola, passa manteiga nela, bate pro fundo do gol e faz em Moça Bonita: Bonsucesso 0 x 3 Audax!!!!
O jogo a partir daí se encaminhava pra ser um dos mais humilhantes da história do Bonsucesso; afinal, o time estava sendo goleado pelo lanterna do campeonato. Assim não era possível. Após a parada técnica, o Bonsucesso vai pro tudo ou nada, mesmo jogando mais uma vez pessimamente. Tudo se encaminhava para o início oficial do retorno do Leão pra segunda divisão mais uma vez. Novamente o Bonsucesso ruma em direção à divisão de acesso do futebol carioca, de forma humilhante.
Foi quando, num ataque do Bonsucesso, Somália, com a bola dominada dentro da área, recebe forte marcação e acaba sendo derrubado na grande área: pênalti para o Bonsucesso e ele mesmo, Somália, vai para a cobrança; goleiro de um lado, bola de outro, gol do Bonsucesso, aos 23 minutos da etapa final. Placar em Moça Bonita agora é: Bonsucesso 1 x 3 Audax!!! Esse gol deu algum alento ao rubro-anil, que, até aquele momento, apenas vagava em campo. Então o time se enche de coragem e parte pra cima do Audax pra tentar alguma coisa na partida.
Aos 33 minutos, a bola é alçada na área do Audax e, ele, novamente ele, Somália, mete o côco na bola e diminui no estádio Proletário: Bonsucesso 2 x 3 Audax!!!! A partir daí o jogo mudou completamente de panorama. O Audax sentiu o golpe e se encolheu todo e o Bonsucesso, sem nada a perder, foi com tudo pra cima, buscando pelo menos o gol de empate. A esperança estava reacesa entre os torcedores presentes à Moça Bonita. Os corações rubro-anis começavam a bater forte outra vez. A torcida sentia que dava pra chegar lá. Dava!!! Era só querer mais a vitória que o adversário. Era só isso!!!!
E lá foi o Bonsuça pra cima do Audax com todas as forças. A torcida, que até o segundo gol do Bonsuça era só decepção e reclamação sem parar, voltou a incendiar o time, incentivando, gritando, torcendo sem parar feito malucos, feito debeis-mentais, feito retardados, feito sei lá mais o quê. E aos 43, o esforço, a luta e a raça rubro-anis, ausentes durantes grande parte do campeonato, valeram a pena: em escanteio cobrado pela esquerda, Luiz Otávio sobe mais que todo mundo e de cabeça, iguala o placar em Moça Bonita: Bonsucesso 3 x 3 Audax!!! A galera grita de felicidade no estádio Proletário. A galera rubro-anil é só felicidade, todo mundo corre de um lado pra outro, se abraçando e comemorando esse sofridíssimo empate.
Vem a placa dos acréscimos: 3 minutos. Àquela altura, o empate já estava de ótimo tamanho, dadas as proporções da partida; o Bonsucesso estava escapando de uma derrota que era dada como certa. O time do Audax estava tontinho, tontinho da silva. E, aos 46, o Leão da Leopoldina, consegue o Inacreditável Futebol Clube, consegue o Sobrenatural de Almeida, consegue tudo junto. Acontece o inacreditável, o sobrenatural, o proparoxítono, o meteórico, o fantástico, o prosopopeico, acontece nem sei mais o quê: Allan Silva toca pra Fernando chutar fraco para o gol e mesmo assim, o goleiro Paulo Vitor não consegue chegar na bola, que morre no fundo das redes. É ISSO MESMO, GALERA RUBRO-ANIL!!! EU FALEI: É ISSO MESMO!!!! O BONSUCESSO FUTEBOL CLUBE CONSEGUE O IMPOSSÍVEL. O BONSUCESSO FUTEBOL CLUBE CONSEGUE O INIMAGINÁVEL. O BONSUCESSO FUTEBOL CLUBE SIMPLESMENTE VIRA O JOGO EM MOÇA BONITA. NEM EM JOGO DE VIDEO-GAME ESSA VITÓRIA SERIA POSSÍVEL. BONSUCESSO 4 X 3 AUDAX!!!! A TORCIDA FESTEJA QUE FESTEJA SEM PARAR, A TORCIDA É ÊXTASE PURO. TODO MUNDO MALUCO DA VIDA COMEMORANDO ESSA VIRADA INIMAGINÁVEL. Nem o mais otimista e insano torcedor rubro-anil poderia acreditar no que estava vendo.
E não é que ainda tem mais??? Eu falei que ainda tem mais, galera. Apenas um minuto depois, nova jogada pela direita, desta vez com Showmália, que rola pra Marlon mandar o petardo na bola e ampliar: Bonsucesso 5 x 3 Audax!!! E a torcida mais uma vez pula de alegria e corre de um lado pra outro, sem nem saber direito o que fazer. O cansaço toma conta de boa parte da torcida, que não parava de comemorar um gol atrás do outro. Era impressionante o que acontecia diante de nossos olhos em Moça Bonita. Era mágico, era proparoxítono, era propedêutico, eu também já tô maluco e nem sei direito o que eu tô escrevendo. HEHEHEHEHE!!!!
O juiz apita o centro de campo: Fim de jogo em Moça Bonita e também de um dos maiores jogos da história centenária do Bonsucesso Futebol Clube. Foi simplesmente uma vitória épica. Vitória que foi a segunda do Bonsucesso no campeonato estadual. Os 25 minutos finais da partida foram de arrebentar o coração. Foi um verdadeiro teste pra cardíaco, segundo o ilustre André Queiróz. Uma média de um gol a cada 5 minutos. O Bonsucesso jogou nesses 25 minutos finais o que não jogou no campeonato inteiro até o presente momento. Nem contra o Macaé o time jogou tão bem como nesta quarta. Uma vitória que ficará pra sempre na memória dos rubro-anis presentes ao estádio. Quem foi à Moça Bonita teve esse privilégio. Foi um jogaço. Quem não foi, perdeu!!!!
Mas o mais importante é que agora o Bonsuça vai pra 11 pontos e deixa a zona de rebaixamento neste momento. O time se encontra a três pontos do Duque de Caxias, que é o primeiro time na zona com 8 pontos. Uma colocação acima está o Resende, com 9. Vale lembrar que na próxima rodada o Resende enfrenta o Vasco. É bem possível que o Resende venha a sofrer um revés. Tomara!!! O Duque enfrenta o Bangu. Temos que torcer por vitória do Bangu. O Cesso enfrenta o Flamengo. Parada duríssima. Se perdermos, temos que torcer pelas outras combinações de resultados pra ficar fora da ZR-2!!!! Vamos continuar torcendo, amigos. O Bonsucesso está vivo. Ele segue firme na luta pra ficar na Primeira Divisão em 2015!!!! Avante, cesso!!! Saudações rubro-anis!!!!!

Nenhum comentário: