quinta-feira, 10 de outubro de 2013

DUQUE DE CAXIAS VENCE O BONSUCESSO NOS ACRÉSCIMOS PELA COPA RIO

O Duque de Caxias sofreu, lutou e precisou dos acréscimos, mas venceu o Bonsucesso por 2 a 1 na tarde desta quarta-feira (9) no Estádio Marrentão, em Xerém. Destaque para o meia Leandro Cruz, que marcou duas vezes, sendo um deles aos 48 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Tricolor da Baixada está muito perto da classificação para a segunda fase, necessitando apenas de mais um empate em dois jogos. Já o Rubro-Anil está matematicamente eliminado. Na próxima semana, o Duque encara o Quissamã fora e o Bonsuça duela com a Cabofriense em casa.

Gol relâmpago complica os planos do Tricolor

Precisando da vitória para seguir vivo, o Bonsucesso precisou de apenas quatro minutos para pular na frente do placar. Marlon cobrou falta da esquerda, Luiz Otávio subiu e o zagueiro Pablo Ricardo acabou marcando contra: 1 a 0. O gol deixou o Duque nervoso e o Rubro-Anil tranquilo, administrando e tomando conta da primeira etapa. A equipe da casa só assustou nas bolas paradas do camisa dez Eduardo.

No segundo tempo, porém, o Duque voltou com outra postura após as substituições, assustou mais. Logo aos dois minutos, Rafinha deu lindo passe para Luquinhas, que cruzou para trás. Araruama chegou batendo, mas mandou para o alto. Em seguida, porém, um baque. Pardal arrancou pela direita e foi derrubado na ponta direita. Falta e cartão amarelo para o zagueiro Silva, que já tinha e foi expulso de campo.

Pênalti muda a história do jogo

Com um a mais, o Bonsucesso passou a controlar as ações do jogo, enquanto o Duque foi para cima na base do desespero e na pressão de Rafinha e Washinton. Em um dos avanços, a bola acabou batendo na mão do volante Pará dentro da área: pênalti. Como já tinha amarelo, ele foi expulso. Na cobrança, Leandro Cruz bateu firme, o goleiro Santiago chegou a tocar na bola, mas ela entrou.

O gol animou o Duque de Caxias, que foi com tudo para cima e acabou deixando espaços para o Bonsucesso que atacava com muito perigo. Na melhor chegada do Rubro-Anil, Marquinhos fez linda jogada individual pela direita e bateu cruzado, mas ninguém chegou para concluir. Quando tudo se encaminhava para um empate, aos 48, Washinton chutou de longe, Santiago defendeu e Leandro Cruz virou o jogo.

FICHA TÉCNICA:

Estádio: Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbitro: Wandemberg de Araújo Farias Alves
Assistentes: Rafael da Silva Coimbra e Thiago Rosa de Oliveira

Duque de Caxias: Raphael Mello; Micheel, Pablo Ricardo, Silva e Luquinhas; Pedroso, Araruama, Léo Paraná (Leandro Cruz – intervalo), Eduardo (Washinton 16′/2ºT) e Antonio Carlos (Rafinha – intervalo); William. Técnico: Mário Júnior

Bonsucesso: Santiago; Marquinhos, Victor Hugo, Luiz Otávio e Marlon (Serginho 23′/2ºT); Pará, Michel Ricardo (Lucas Gama 23′/2ºT), Fabinho e Renan Leite; Juninho (Lucas 18′/2ºT) e Pardal. Técnico: Ricardo Barreto

Cartões amarelos: Silva, Pablo Ricardo, Antonio Carlos e Leandro Cruz (DCA); Pará, Juninho, Santiago e Marquinhos (BON) // Cartões vermelhos: Silva 8′/2ºT (DCA); Pará 30′/2ºT (BON)

Fonte: Futrio.net

Nenhum comentário: