segunda-feira, 23 de setembro de 2013

NOVA COLUNA DO HERMAN RUBRO-ANIL: O BONSUCESSO ESTÁ VIVO!!!!


FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!!
E o Bonsuça segue brigando ferozmente (e dramaticamente) pela classificação à segunda fase da Copa Rio 2013. É isso mesmo. Na partida realizada no último sábado na Teixeira de Castro, o Leão da Leopoldina sofreu pra dedéu pra derrotar o fraquíssimo time do Quissamã. Mas o rubro-anil segue firme na Copa Rio. O Bonsucesso está vivo, sim, senhor!!!!
Na situação que se encontrava antes da rodada do fim de semana, o Cesso estava na CTI, com apenas 1 ponto conquistado fora de casa contra a Cabofriense – jogo que era pro Bonsuça ter ganho – e precisava vencer o Quissamã de qualquer maneira; caso contrário, praticamente daria adeus à Copa Rio.
O público na Teixeira de Castro era realmente muito pequeno – não se sabe ao certo se por causa da péssima campanha do time na atual competição ou se ainda é ressaca por conta do acesso. Então esse calor da torcida vindo das arquibancadas e das sociais (onde pouquíssimos torcedores estavam presentes) não era suficiente pra empurrar plenamente o time. A galera atrás do gol teve que fazer o serviço dobrado. Sorte nossa que deu certo.
O jogo começa e o Bonsucesso – incrivelmente – é encurralado pelo inoperante time do Quissamã; só dá os visitantes nos 15 minutos iniciais. A partir daí, empurrado pelo clamor dos rubro-anis presentes à Teixeira de Castro, o Bonsucesso, enfim, começou a reagir, chegando com perigo, principalmente pela esquerda, por intermédio do maestro da lateral-esquerda, Juninho. O jogo se arrastou até o fim da etapa inicial e o placar do jogo no intervalo: 0 x 0!!!
Na etapa final, ambas as equipes voltam com outra motivação e há chances de gol de um lado e de outro; o técnico Ricardo Barreto faz as três modificações na equipe vermelha e azul na tentativa de dar mais mobilidade à equipe – Pardal entra no lugar de Serginho aos 10, Rafael entra no lugar de Marquinhos aos 25 e Jefinho entra no lugar do craque Juninho aos 31, a equipe local chega com dificuldade à área do time da terra do côco e quase não arremata as escassas oportunidades, embora pressionasse e encurralasse o adversário o tempo todo.
Como diz o ditado “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, o Bonsucesso consegue, enfim, chegar ao seu objetivo; Pardal, em bela jogada pela direita, avança pra dentro da área do Quissamã, invade a área, se livra da marcação, ainda demora um pouco pra concluir, mas manda um petardo pras redes quissamenses e faz Bonsucesso 1 x 0 Quissamã, aos 28.

O Leão até que tenta o segundo, mas tem muitas dificuldades pra chegar novamente ao gol adversário, ainda mais sem Juninho em campo pra armar as arrancadas pela esquerda. Ao time da Teixeira de Castro, resta segurar o jogo e deixar o tempo passar até o juiz apontar o centro de campo. Fim de jogo. Vitória do Bonsucesso na Teixeira de Castro depois de dois meses e meio – a última havia sido contra o Tigres do Brasil, pelo mesmo placar de sábado. E o Bonsuça volta a marcar gol no estádio, coisa que não fazia desde o mesmo jogo contra o Tigres.
O rubro-anil ganha uma sobrevida com essa vitória e vai em busca dessa classificação. Eu acredito que o Bonsuça vai conseguir a vaga; agora é torcer pra que os nossos adversários todos empatem, já que o Bonsuça folga na rodada, se isso acontecer, teremos Volta Redonda com 13 pts, Duque com 10, Cabofriense com 5, Bonsucesso com 4 e Quissamã com 1; aí o time tem que vencer o Volta Redonda de qualquer maneira no dia 2/10, na Teixeira de Castro. Vencendo, vai à 7 pontos e deixa o Volta Redonda com 13 e teríamos que torcer desesperadamente por um empate entre Quissamã e Duque; assim, a classificação seria Volta Redonda com 13 pontos, Duque com 11, Bonsucesso com 7, Cabofriense permaneceria com 5 – já que folga na rodada e Quissamã iria a 2 pontos. Na rodada seguinte o Bonsuça precisaria vencer o Duque de Caxias no Marrentão e torcer pra que Cabofriense e Quissamã ficassem num empate, sendo que o Volta Redonda folga na rodada; então a classificação seria Volta Redonda com 13 pontos, Duque ficaria com 11 pontos e o Bonsucesso iria pra 10, com a Cabofriense indo pra 6 e o Quissamã pra 3.

Na rodada seguinte o Bonsucesso teria que vencer novamente – desta vez a Cabofriense, na Teixeira de Castro – e torcer por um empate entre Volta Redonda e Duque de Caxias, no Raulino de Oliveira. Com isso a classificação seria: Volta Redonda com 14 pontos, o Bonsucesso assumiria a vice-liderança com 13 e o Duque iria pra 12, ficando a Cabofriense eliminada, com 6 pontos e o Quissamã, também já fora, com apenas 3. Como, na última rodada é folga do Duque, isso quer dizer que, com esses resultados, o Bonsucesso conquistaria a tão sonhada classificação para a segunda fase da Copa Rio e iria pro jogo final contra o Quissamã com a vida já resolvida.

O Bonsucesso deve ter mais ou menos uns 25 a 30 porcento de chances de conquistar a vaga, mas eu vou dizer uma coisa. EU ACREDITO NA CLASSIFICAÇÃO!!! É difícil, mas é possível. Com essas combinações de resultados acontecendo, a gente prossegue na competição. A torcida e o time precisam acreditar até o fim, porque nós vamos disputar esse título.

Saudações rubro-anis!!!!

4 comentários:

Leandro Santiago disse...

uma observacao....ultima vitoria realmente foi contra o tigres sim...porem o ultimo foi foi no empate de 2 a 2 contra cabofriense pelo triangular final!

Herman disse...

Caro Leandro, você tem toda razão. O último gol antes de sábado realmente tinha ocorrido contra a Cabofriense. Peço desculpas pelo engano a toda a nação rubro-anil.

Gustavo Lima disse...

O último gol na Rua Teixeira de Castro antes do jogo de sábado foi na estreia do Bonsucesso na Copa Rio na derrota de 2a1 para o Duque de Caxias.

Leandro Santiago disse...

Gustavo Lima esta corretissimo!!kkkkkkkk foi o ultimo jogo q joguei e nao me lembrei!!
q cabeca!!!