domingo, 30 de setembro de 2012

"A CRÔNICA CRÍTICA DE UM RUBRO-ANIL" COM DÊRAUÊ

 
Tambor de Todos os Ritmos
 
Pra certas coisas, o tempo é o melhor remédio. Entrosamento de time, por exemplo.
 
Pois é o que vem acontecendo no Bonsucesso. Faltando apenas três semanas do início da Copa Rio, mudou-se o técnico. Foram prometidos reforços de jogadores, alguns vieram. mantidos bons atletas oriundos do grupo de juniores comandado por Baiano e Evaldo.
 
O começo foi confuso: a vitória sobre o Olaria deu ânimo, mas preocupou pelo futebol apresentado dentro das quatro linhas. A situação durou todo o primeiro turno: placar magérrimo contra o Mangaratibense em casa, derrota inesperada como visitante para o Angra e o já pouco confortável segundo lugar do grupo, cada vez mais, sob ameaça. Por sorte, as outras equipes andavam pior ainda.
 
Passadas três semanas do início do campeonato, a situação começa a ser mais respirável. O Rubro-Anil acaba de vencer fora de casa pela segunda vez, com muito mais graça do que mirradas cobranças de penalidade máxima. A atuação continua irregular, é verdade. A zaga é inexperiente, idem. Mas já se pode ver um caminho possível.
 
Orlando Caulim demonstra personalidade, às vezes para o bem, outras nem tanto. Inovou no esquema tático contra o Angra e não foi feliz. Surpreendeu sacando Grafite e descendo Madeira na Bariri e conquistou os primeiros pontos fora de casa. Recua ou avança a equipe conforme o adversário, altera as peças e busca manter uma certa maneira de tratar a pelota. Diferença tremenda para a torcida que teve de se acostumar a ver os dublês de técnico passearem pela Teixeira de Castro ao longo do passado primeiro semestre.
 
Apesar da tendência hegemônica de supervalorizar o talento individual em detrimento da preparação do conjunto, o futebol é um esporte necessariamente de equipe. Reforços sempre são bem-vindos, e demandam - olha ele aí outra vez - tempo para que se integrem a uma base já formada. Fundamental, ainda, é ter em perspectiva até onde se pretende chegar, orientando os esforços, aproveitando bem a munição. Se der ruim na Copa Rio, menos mal: o rumo tem que ser o topo da série B no ano que vem.
 
Os suburbanos teimamos em comprovar: nem tudo na vida é dinheiro e fama. Muito ainda se pode fazer e isto, graças - sem cansar de dizer - ao tempo. Essa é uma receita possível para quem não tem muita bala, nem na agulha, nem em lugar nenhum, como é o nosso caso. Cem anos já se passaram, outros cem - e muito mais - passarão: só sairemos da trincheira para avançar!
 
VIVA O BONSUCESSO! VIVA O LEÃO DA LEOPOLDINA!
 
E um viva especial ao Fanáticos pelo Cesso (fanaticospelocesso.blogspot.com.br): cinco anos de fanatismo e bom sucesso a serviço do Rubro Anil!!!!
 

 
 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

BONSUCESSO VENCE MANGARATIBENSE E ESTÁ PRÓXIMO DA CLASSIFICAÇÃO


O Bonsucesso está a um passo da classificação para a próxima fase da Copa Rio. Na tarde desta quinta (27), o Rubro-Anil da Leopoldina foi até Mangaratiba no Estádio José Maria de Brito Barros e derrotou o Grêmio Mangaratibense por 3 a 2 em jogo válido pela 8ª rodada do Grupo B da competição. 

Com o resultado o Cesso chegou aos 13 pontos, mantendo a vice liderança da chave e precisará apenas de um empate na última rodada para se classificar. Já o Mangaratibense permaneceu na lanterna do grupo com três pontos e já esta eliminado.

O Bonsucesso começou melhor e logo aos 5 minutos, abriu o placar. Grafite fez jogada pelo lado esquerdo de ataque e bateu cruzado, a bola passou por Alex Alves, mas não por Bruninho que completou para as redes. E logo em seguida saiu o segundo. Após bate rebate na área do Mangaratibense, a bola sobrou para Grafite que dominou e teve tranquilidade para deslocar o goleiro Borges e ampliar.

Mas o Mangaratibense não se entregou e aos 18 minutos, diminuiu o prejuízo. O camisa 10, Iresânio chutou forte de fora da área e não deu chance para o goleiro Gustavo. A equipe de Mangaratiba passou a atacar em busca do empate.

Mas o mesmo com o Mangaratibense melhor, o Cesso fez o terceiro. Aos 34 minutos, Nêgo cobrou falta rasteira e não deu chances para Borges. Após o terceiro gols, o Leão da Leopoldina cadenciou o jogo e levou o 3 a 1 para o intervalo.

Na segunda etapa, o Mangaratibense teve mais posse de bola e buscou o ataque, mas tropeçava em suas limitações técnicas ao errar muitos passes. Já o Bonsucesso se fechou na defesa e cadenciava o jogo quando tinha a bola em seus pés. De tanto insistir, o Time da casa descontou no último minuto com Sassá, mas a partida terminou 3 a 1 para o Cesso.

Na próxima rodada o Grêmio Mangaratibense vai até Angra dos Reis enfrentar o time local no Estádio Jair Toscano de Brito às 15h de domingo (30). O Bonsucesso folga na próxima rodada e encerra sua participação na primeira fase contra o próprio Angra dos Reis em seu Estádio Leônidas da Silva.

A partida

Grêmio Mangaratibense 2 x 3 Bonsucesso – Copa Rio, 8ª rodada do Grupo B – 27/09/2012

Estádio José Maria de Brito Barros (Mangaratiba–RJ)
Árbitro: Elton Azevedo
Assistentes: Thiago Gomes Magalhães e Igor Bertozzi de Aquino Mattos


Grêmio Mangaratibense: Borges; Toni, Rafael, Guilherme e Rony; Cleber, Sassá, Julio e Iresânio; Maycon e Iago. Técnico: Hugo Sales.

Bonsucesso: Gustavo; Heithor, Wanderson, Victor Hugo, Marlon; Zé Paulo, Leandro Biton (Otavio), Nêgo, Bruninho; Alex Alves e Grafite (Alemão). Técnico: Orlando Caulin

Cartões Amarelos: Cleber (Grêmio Mangaratibense); Marlon (Bonsucesso)

Gols: Bruninho, 5′/1ºT (0 – 1); Grafite, 9’/1ºT (0 – 2); Iresânio, 18’/1ºT (1 – 2); Nego, 34’/1ºT (1 – 3) e Sassá, 48’/2ºT (2 – 3) 

Fonte: FUTRIO


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

COLUNA DE PAPO COM ''DOENTE'' COM ANDRÉ VERAS


Olá amigos!

Depois da vitória sobre o Olaria na Bariri, o Bonsuça perde os seus 100% de aproveitamento em casa empatando com o líder Madureira no Leônidas da Silva.

Está visível que a equipe precisa melhorar muito para a série B do próximo ano, mas um ponto positivo, é a vontade e a disposição que a equipe vem apresentando nos jogos desta Copa Rio. Diferentemente do ano passado, essa equipe tem grande chance de passar para a segunda fase. 

Acredito que a equipe que comanda o futebol do nosso Bonsuça está ciente das deficiências e, com certeza, estará providenciando contratações pontuais para reforçar o elenco. Não podemos esquecer que a maioria dos jogadores ainda está disputando campeonatos pelo nosso Brasil a fora, e só poderão estar disponíveis para contratação no final do ano. 

Neste momento precisamos dar apoio à equipe, e por sinal parabenizo a torcida rubro anil, que vem comparecendo em peso no Leônidas da Silva para incentiva-la. Claro que a segunda fase da Copa Rio será muito difícil, mas está na hora de o treinador Orlando Caulim, começar a acertar a equipe, pois já teve tempo suficiente para conhecer o grupo. A nossa torcida merece um desempenho melhor do rubro anil. 

Na próxima quinta-feira, o Bonsucesso volta a campo para enfrentar o Mangaratibense, em Mangaratiba, e precisa pontuar para se distanciar mais ainda do Olaria, pois na próxima rodada a equipe folga e fecha o returno na quarta, 3/10, contra o Angra, no Leônidas da Silva. 

Juntamente da nossa torcida, acredito em atuações melhores da nossa equipe principalmente na segunda fase, que o Bonsuça depende dele mesmo.


Avante Bonsucesso!

Um abraço a todos! 



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

BONSUCESSO E MADUREIRA EMPATAM NO ESTÁDIO LEÔNIDAS DA SILVA

Com o empate o Bonsucesso segue na segunda posição do Grupo B
Foto: André Queiroz

Fechando a sétima rodada do Grupo B da Copa Rio, Bonsucesso e Madureira não saíram do zero na tarde desta segunda-feira (24), no Estádio Leônidas da Silva, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio. Com o resultado, o Tricolor Suburbano garantiu presença na próxima fase com antecedência, chegando a 16 pontos. O Bonsuça chegou a 10 e ainda briga pela vaga.

O jogo começou tenso, com as duas equipes errando muitos passes. O primeiro lance de perigo veio aos 15 minutos. O centro avante do Madureira Obina recebeu passe sozinho e foi em direção ao gol até que Heithor, do Bonsucesso, fez falta para parar a jogada. O árbitro Robson Martins não titubeou e expulsou o jogador do Cesso. 

Com um a mais em campo, o Tricolor Suburbano começou a dominar a partida, mas a vantagem numérica não durou muito. Cinco minutos depois, o juiz deu cartão vermelho para o Bruno Luiz, após disputa no alto em que o jogador teria dado uma cotovelada no adversário. 

Com os dois times com 10 jogadores, o confronto ficou mais aberto. Logo aos 5 minutos o Madureira bateu falta lateral, a bola ficou viva dentro da área até que o goleiro Gustavo conseguiu a defesa. Dois minutos depois, o Bonsucesso cobrou escanteio e o Nêgo deu um belo voleio, só que para fora. A grande chance da partida veio aos 27 minutos para o Tricolor Suburbano. O meia Caio Cezar deu belo passe para Esdras, que sozinho dentro da área chutou para fora. E foi isso, Bonsucesso 0 x 0 Madureira.

O resultado mantém o Bonsucesso na segunda colocação, a três pontos do terceiro colocado. Na próxima rodada, quinta-feira (27) o time vai a Mangaratiba para enfrentar o Mangaratibense. Já o Madureira perdeu os 100% de aproveitamento mas garantiu a classificação. Na quinta-feira (25) o Tricolor Suburbano vai receber o Angra dos Reis, em Conselheiro Galvão. 

A partida

Bonsucesso 0 x 0 Madureira – 6ª rodada, Copa Rio – 24/09/2012


Estádio: Leônidas da Silva (Bonsucesso)
Árbitro: Robson Martins
Assistentes: Ivan Silva Araujo e Renato Xavier


Bonsucesso: Gustavo, Heithor, Wanderson, Victor Hugo, Marlon; Zé Paulo, Leandro Biton, Nêgo (Jefinho), Bruno; Alex Alves (Alemão) e Madeira (Grafite). Téc.: Orlando Caulin

Madureira: Marcio, Patrick, Daniel, Zé Carlos, Paulo Vitor; Victor Silva (Esdras), Rodrigo (Claudio Pagodinho), Michel Santos, Caio Cezar; Bruno Luiz e Obina (Fernando Camargo). Téc.: Luis Claudio
Cartões Amarelos: Grafite (BON)

Cartões Vermelhos: Heithor (BON); Bruno Luiz (MAD) 



BONSUCESSO E MADUREIRA SE ENFRETAM NO ESTÁDIO LEÔNIDAS DA SILVA


Bonsucesso contará com seis atletas da base diante do Madureira
Foto: André Queiroz

Empolgado com a vitória fora de casa na última rodada, o Cesso vem embalado para enfrentar o Madureira. Vencer o clássico da Leopoldina deu um gás na equipe. E a motivação será um aliado para tentar derrotar o time de melhor campanha na competição.

O Madureira é o líder do Grupo B com 15 pontos em 5 jogos. 100% de aproveitamento na Copa Rio. Sabedor das dificuldades que encontrará na próxima partida, Orlando Caulin falou do jogo que se aproxima:

- Não só o Madureira, mas todos os jogos nossos foram difíceis. Este não será diferente. Estivemos trabalhando durante a semana para sair com os três pontos.

Para esta partida o treinador Orlando Caulin tem um problema: o zagueiro Bruno levou terceiro cartão amarelo contra o Olaria e está suspenso do jogo, em contrapartida o volante Leandro Biton volta ao time após cumprir suspensão diante do mesmo Olaria.

Uma curiosidade da partida diante do Madureira na tarde desta segunda (24), o treinador Orlando Caulin escalará seis atletas da base, que foram quarto lugar no Campeonato Carioca de Juniores no primeiro semestre desse ano. São eles, o goleiro Gustavo, o lateral-direito Heitor, o lateral-esquerdo Marclon, os zagueiros Patrick e Victor Hugo e o atacante Jefinho.

Bonsucesso e Madureira se enfrentam na tarde desta segunda (24). A partida será no Leônidas da Silva e tem início às 15h. Se vencer, o Madura garante antecipadamente a classificação na primeira colocação do Grupo B. 



ANÁLISE DA SEMANA COM ''HERMAN RUBRO-ANIL''.


BONSUÇA DERROTA O OLARIA EM PLENA RUA BARIRI

FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!


Acredito que nem o mais otimista torcedor rubro-anil poderia acreditar numa vitória contra o Olaria, na quarta-feira, na Rua Bariri, em face da desconfiança que se apoderou de boa parte da torcida desde o princípio da Copa Rio. Contra si, o Bonsucesso também tinha o forte calor que imperou no estádio Mourão Filho, portanto, um complicador a mais.

A bola rola e o jogo corre de forma franca, e assim o Olaria abrie o marcador com Calisto, que manda um balaço de fora da área. O goleiro Gustavo não tem o que fazer. Bonsucesso 0 x 1 Olaria!!! O jogo continua a todo vapor. O Leão da Leopoldina, bravo toda a vida, não se abate e parte pra cima do time da casa. Alex Alves avança pela esquerda e toca para Madeira, dentro da área, apenas empurrar para o fundo do barbante olariense. Tudo igual na Rua Bariri: Bonsucesso 1 x 1 Olaria!!!

O Olaria sente o golpe; tanto que apresenta dificuldades em sair pro campo de ataque. Só dava Bonsucesso na partida. Novamente Alex Alves, desta vez pelo setor direito, avança pela linha de fundo e chuta cruzado. Madeira, com oportunismo, entra de carrinho e vira o jogo para o Bonsucesso aos 36 minutos da etapa inicial: Bonsucesso 2 x 1 Olaria em plena Rua Bariri!!! 
 
Na etapa final o Olaria parte com tudo em busca do resultado; aos 7 minutos, Leozinho, do Olaria, manda uma bomba na trave rubro-anil. Quase o empate do Olaria. Quando o zagueiro William, do Olaria, foi expulso, o Bonsucesso pôde ampliar ainda mais o seu domínio territorial e ainda teve um gol marcado por Anderson Grafite, mal anulado pelo juiz. No final, o Bonsucesso confirmou a sua primeira vitória fora de casa desde o dia 20 de julho de 2011, quando o Leão da Leopoldina derrotou o Tigres do Brasil, em Los Larios, ainda pela antepenúltima rodada da fase final da segunda divisão, pouco antes do acesso. 
 
Nesta segunda, o Bonsuça enfrenta a forte equipe do Madureira, na Teixeira de Castro. O rubro-anil terá que se desdobrar pra conseguir conquistar mais três pontos. O Bonsuça tem condições de conquista-los, sim, mas pra isso terá que jogar com vontade de ganhar, exatamente igual como foi contra o Olaria. Se o Bonsucesso conseguir derrotar o Madureira, acredito que a classificação fica praticamente encaminhada.

Grande abraço, amigos!!! 

Saudações rubro-anis!!!



quinta-feira, 20 de setembro de 2012

COLUNA ''OPINIÃO E HISTÓRIA'' COM GEORGE JOAQUIM


Jabá com Jerimum bem Temperado.

O treinador Orlando Caulin foi adotar uma nova dieta (esquema 3-5-2) contra o Angra dos Reis e acabou com uma indigesta derrota. Contra o Olaria, Caulin não inventou e acrescentou um “molho Madeira” para deixar a virada mais gostosa. No 2º confronto da 1ª fase o Bonsucesso conquistou a 2ª vitória contra o tradicional vizinho e deixou a torcida feliz. Em três jogos nas duas competições mais importantes da Federação de Futebol, o Bonsucesso não viu a cor da derrota.

Mas, o Clássico da Leopoldina é coisa do passado e o Cesso precisa se concentrar para vencer outro clássico na próxima segunda-feira na Teixeira de Castro. No Clássico Suburbano o nosso Rubro-Anil pode escrever na tabela a primeira derrota do Madura na 1ª fase e cortar o selinho de invicto do primo rico do subúrbio. Dedicação nos treinos, talento e fator campo são fatores que podem proporcionar a torcida do Bonsucesso um início de semana muito feliz. E Caulin, nada de inventar! Vai no arroz e feijão com Jabá e Jerimum sem esquecer o “molho Madeira”.
Festa Para Fanáticos.

André Queiroz está feliz da vida e sorrindo de orelha a orelha. O “Fanáticos Pelo Cesso” completou cinco anos e uma marca com mais de 300 mil visitas. Em cinco anos, o “Fanáticos” transformou-se no grande veículo de comunicação, integrando torcida e clube e permitindo que o amor ao Bonsucesso seja perpetuado nas páginas da internet. O Blog que virou torcida uniformizada e coloriu ainda mais de vermelho e azul as dependências do Estádio Leônidas da Silva está moderno, bonito e eficiente. Parabéns Queiroz e aos irmãos de Coração Rubro-Anil, Veras, Dêrauê e Herman, que dedicam alguns minutos de suas vidas para engrandecer as páginas consagradas pela torcida.

Resgatando a História.

O Madureira ficou sem vencer o Bonsucesso por 16 anos consecutivos pelo Campeonato Carioca da 1ª divisão. Há outras características do Clássico Suburbano. Uma delas é referente à data de 22 de setembro. Nesta mesma data o Bonsucesso venceu o Madureira nos anos de 63, 66 e 74. Confira as três fichas técnicas:
 
►Madureira 1 x 2 Bonsucesso
 
Data: 22/09/63.
Competição: Campeonato Carioca.
Local: Conselheiro Galvão

Renda: Cr$ 29.500,00
Árbitro: Gualter Gama de Castro.
Gols: Peixe Galo 2’, Roberto 27’, Roberto 48’

Madureira: Vermelho, Queiroz, Alfredo, Almir e Nai; Farah e Homero; Bezerra, Peixe Galo, Batata e Alfredinho.

Bonsucesso: Cláudio, Marcelo, Severiano, Décio e Jofre; Lelé e Paulinho; Sérgio, Roberto, Mauricio e Helinho. 
 
►Bonsucesso 4 x 1 Madureira
 
Data: 22/09/66.
Competição: Campeonato Carioca.
Local: São Januário.

Renda: Cr$ 39.000.
Árbitro: Amílcar Ferreira.
Gols: Jurandir 3', Gilbert 15', Anísio ou Alberico (contra) 35', Santos (primeiro tempo) e Ivo 58'.

Bonsucesso: João Batista, Luís Carlos, Moisés, Jurandir e Albérico; Paulo César e Ivo; Gilbert, Adauri, Santos e Djair. Técnico: Alfinete

Madureira: Silas, Jorge Luís, Nagel, Alfredo e Conceição; Merrinho e Laerte; Anísio, Zeca, Vinícius e Oliveira. Técnico: Evaristo
 
►Bonsucesso 2 X 1 Madureira
 
Data: 22/09/74.
Competição: Campeonato Carioca.

Local: Gávea.
Árbitro: Nivaldo dos Santos
Renda: Cr$ 952,00
Gols: Naldo 40’ do 1.º; Russo 7’ (pênalti), Naldo 9’ do 2.º

Bonsucesso: Pedrinho, Natal, Nilo, Nildon, Carlos Alberto, Wilson (Zé Carlos), Silva, Valinhos, Naldo, Jorginho (Zé Amaro) e Paulo Reina

Madureira: Dorival; Orlando (Jorge Luis), Valti­nho, Hamilton, Celso Alonso, Rus­so, Carioca, Zé Dias, Luís Carlos, Paulo Sérgio (Carlinhos) e Paulo César.

Fonte Fichas Técnicas: Blog do Marcão.
Abração a todos.



MADEIRA NELES, BONSUCESSO VENCE OLARIA NA RUA BARIRI

 Bonsucesso vence o clássico leopoldinense
Foto: André Queiroz

Debaixo de um forte calor na Rua Bariri, Olaria e Bonsucesso fizeram o Clássico da Leopoldina pela sexta rodada do Grupo B da Copa Rio. E o time Rubro-Anil levou a melhor vencendo de virada, por 2 a 1, com dois gols do estreante Madeira.

Apesar do clima não favorecer, o jogo começou bastante corrido, com as equipes esbanjando disposição e criando boas oportunidades. E assim o Alvianil abriu o placar. Tabela de Renatino e Léozinho, a bola espirrou na zaga e sobrou na esquerda para Calisto. O lateral pegou em cheio a certou um belo chute cruzado no ângulo do goleiro Gustavo, que nada pôde fazer.

A desvantagem no placar não abateu o Bonsucesso, que partiu pra cima. E o empate aconteceu logo aos 24 minutos. Alex Alves fez jogada pela ponta esquerda e tocou para Madeira, dentro da área, empurrar para o fundo da rede. 1 a 1 era o placar.

O gol do Rubro-Anil desestabilizou o Olaria, que encontrava dificuldades para sair. A maior chance foi em uma bola parada com Calisto, em que Guilherme fez grande defesa. Mas só dava Cesso na partida, e o segundo gol logo aconteceu. Novamente Alex Alves, desta vez pelo setor direito, chutou cruzado. Madeira, com oportunismo, entrou de carrinho e virou o jogo para o Bonsucesso aos 36 minutos.

Necessitando buscar resultado, o Olaria voltou com tudo para o segundo tempo. Tanto que Léozinho acertou um chute na trave esquerda de Gustavo, aos 7 minutos. Antes dos 20 minutos ainda desperdiçou outras oportunidades, em cabeceios de Calisto e Rafael, onde o goleiro fez grandes defesas.

Prejudicando a reação Alvianil, o zagueiro Willian foi expulso aos 25 minutos de jogo pelo segundo cartão amarelo. Mesmo assim o time continuou tendo maior domínio ofensivo na partida. O Cesso tentava sair nos contra-ataques. E até marcou um gol em impedimento, com Grafite, que foi anulado pelo juiz.

Contrariando o ditado, a água mole não furou a pedra dura e o Bonsucesso saiu vitorioso do Clássico da Leopoldina disputado na Rua Bariri.

A partida

Olaria 1×2 Bonsucesso – Copa Rio, 6ª rodada, Grupo B – 19/09/2012
Estádio Mourão Filho – Rua Bariri (Rio de Janeiro/RJ)
Árbitro: José Waldson de Matos Modesto
Assistentes: Alexandre Eller e Flávio Manoel da Silva

Olaria: Guilherme; Carlos (Marlos), Willian, Rafael e Calisto; David, Assis (Billy), Emílio e Léozinho; Maicon (Lincoln) e Renatinho. Téc: Carlinhos

Bonsucesso: Gustavo; Heitor (Otávio), Wanderson, Bruno e Marlon; Zé Paulo, Victor Hugo, Nêgo, Alan (Jonathan); Alex Alves e Madeira (Grafite). Téc: Orlando Caulin

Cartões amarelos: Willian, Assis e Emílio(OLA); Marlon, Victor Hugo, Bruno e Otávio (BON)
Cartão vermelho: Willian (OLA)
Gols: Calisto 15′/1ºT (1-0), Madeira 24′/1ºT (1-1), 36′/1ºT (1-2)


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

COLUNA DE PAPO COM ''DOENTE'' COM ANDRÉ VERAS


Olá amigos!

LUZ AMARELA ACESSA NA TEIXEIRA DE CASTRO! Depois da derrota no último domingo para a equipe do Angra dos Reis, o Grupo B ficou completamente embolado e o clássico da Leopoldina na próxima quarta-feira, dia 19/09, contra o Olaria passou a ser decisivo para as pretensões do Bonsucesso na Copa Rio. 

A equipe teve uma semana para trabalhar, isso porque folgou na última rodada, mas na partida de domingo não demonstrou nenhuma evolução tática. Apesar da disposição e do empenho, o Bonsuça na maioria do tempo foi dominado pela equipe adversária que, com todo o respeito, não é das melhores do grupo, basta verificar na tabela que foi sua primeira vitória.

O Bonsucesso apresentou um esquema tático muito confuso, o qual deixava um enorme buraco no meio de campo, forçando o atacante Grafite a voltar à linha que divide o gramado para buscar o jogo. Tudo bem que o elenco foi o último a começar a preparação, mas já houve tempo suficiente para entrosamento e pelo menos o mínimo de formação tática. 

No próximo jogo, o treinador Orlando Caulim precisa arrumar a equipe, isso porque, os três pontos são fundamentais para a classificação para a próxima fase e o Olaria é um adversário direto na disputa da vaga. Sabemos que o objetivo principal é o título da série B no próximo ano, mas temos chances reais se avançarmos para a próxima fase, visto a qualidade dos nossos adversários.

Gostaria de parabenizar o site dos Fanáticos pelos seus 5 anos de existência, representado pelo Sr. André Luiz Queiroz, e externar toda a minha felicidade e dizer que fico muito orgulhoso de participar dessa equipe.

Avante Bonsucesso!

Avante Fanáticos pelo Cesso!

Um abraço a todos! 



terça-feira, 18 de setembro de 2012

ANÁLISE DA SEMANA COM ''HERMAN RUBRO-ANIL''


BONSUCESSO SEGUE NO G-2 DE SEU GRUPO!!!
 
FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!
 
           
            O Bonsuça foi derrotado pelo Angra na tarde deste domingo pelo placar de um tento a zero, em Angra dos Reis, famosa cidade do litoral do Rio de Janeiro. O Bonsuça atuou de forma esforçada, porém, num lance infortuito, tomou o gol do Angra. Foi uma pena, pois o rubro-anil tinha tudo pra voltar de Angra com pelo menos um ponto na bagagem e ficaria a três do Olaria, que é o terceiro colocado com quatro pontos.

            Falando em Olaria, ele é exatamente o nosso próximo adversário na seqüência da Copa Rio; é o início do returno na próxima quarta-feira, na rua Bariri. O forte sol que deverá fazer será um obstáculo a mais a ser superado pelo Bonsucesso Futebol Clube.

 O rubro-anil não pode nem pensar em perder, porque, se isso acontecer, ele sai do G-2 e aí vai ter que jogar tudo no desespero na próxima segunda-feira, contra o Madureira, na Teixeira de Castro. Vamos torcer para que o Bonsucesso consiga uma vitória na quarta-feira, ou, na pior das hipóteses, um empate. Façamos fé que o rubro-anil consiga se dar bem na Bariri (onde é um sol pra cada um na área visitante; quem já foi ver jogo lá sabe disso), pois a coisa não está fácil.
 
Até a próxima, galera!!
 
Saudações rubro-anis!!!



segunda-feira, 17 de setembro de 2012

MÊS DE ANIVERSÁRIO - FANÁTICOS PELO CESSO - 05 ANOS !



É com muita alegria e gratidão aos nossos leitores a que venho informar que o Site FANÁTICOS PELO CESSO completa neste mês de Setembro 05 anos de vida.

Lembrando que já fomos vistos por mais de 95 países, e todos os estados do Brasil e chegamos em 2012 à marca de 325 mil visitas.

O Blog começou com uma brincadeira do nosso amigo RENAN MOURA no dia 15 de Setembro de 2007 e poucos dias depois fui convidado a participar dos FANÁTICOS, e nunca mais saí. Só tenho que agradecer o carinho de todos que contribuem com o dia a dia do nosso Blog, como os colunistas André Veras, George Joaquim, Herman Rubro-anil e Alexandre Dêrauê.

Também agradeço o apoio da KEROCASA, SPORT STLYE e do nosso presidente Zéca Simões que desde a fundação do nosso blog sempre esteve ao nosso lado.
Por isso só tenho que agradecer a todos que fazem o FANÁTICOS PELO CESSO o um dos meios de comunicação entre a torcida e o clube.

E para comemorar os 05 anos do nosso FANÁTICOS PELO CESSO, no dia 29 de Setembro faremos um churrasco de comemoração a esta data especial, nossa confraternização será às 12 horas nas dependências do clube.

FANÁTICOS PELO CESSO – 05 ANOS DE VIDA
ANDRÉ LUIZ QUEIROZ