sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

BONSUCESSO TREINA FORTE, E VISA PARTIDA CONTRA O BOTAFOGO

Bonsucesso treina na manhã desta sexta-feira (10) no estádio Leônidas da Silva
Foto: André Queiroz

De baixo de um sol escaldante, o elenco do Bonsucesso realizou na manhã desta sexta-feira, o último treinamento antes da partida diante o Botafogo, que será realizada neste sábado (11), às 17hs, no Engenhão.

A primeira parte do treinamento foi comandado pelo preparador físico Walquir Girardin, quando os atletas fizeram um forte aquecimento e depois trabalho com bola. Na segunda parte do treinamento, já sob o comando do treinador Wilson Gottardo, os jogadores realizaram movimentação com bola, treinando posicionamento, posse de bola e finalização e no final da atividade realizaram um mini-coletivo em campo reduzido.

Para a partida deste sábado, o Bonsucesso contará com a volta do meia Ricardo Bóvio que cumpriu suspensão automática na última partida. O treinador Wilson Gottardo contará com quase todo o seu elenco a disposição, menos os laterais-direito, Eduardo Ratinho e Felipe que voltaram a treinar com bola, mas seguem fora da próxima partida.

Para o meia Marco Goiano, a equipe está preparada para mais uma partida ‘’Os últimos três jogos temos jogado melhor que nossos adversários e infelizmente não saímos com a vitória. Sabemos que foi um resultado ruim para nossa equipe, mas temos que trabalhar e erguer a cabeça, pois esse jogo ficou pra trás e se Deus quiser contra o Botafogo vamos conseguir a vitória’’ completou o meia.

O Bonsucesso enfrenta o Botafogo, no sábado (11), às 17h, no Estádio Olímpico João Havelange.

3 comentários:

Anônimo disse...

MAIS UMA DERROTA, TORCER PARA PERDER DE POUCO. poIS COM ESSE TIME SE PERDER DE 4 É POUCO...PRESIDE3NTE ACORDA....FORA GOTARDO...VOLTA MANOEL...VÃO ESPERAR ENTRAR NO CTI PRA TENTAR SAIR!!!!

Jose Antonio disse...

Sem querer ser derrotista como o anônimo do comentário anterior, temos que pensar em perder de pouco mesmo. Saldo de gols é critério de desempate.
Temos que ser realistas: os grandes vem apresentando um futebol modesto mas o diferencial é a capacidade técnica de seus jogadores. Por exemplo, mesmo não jogando nada o Botafogo sempre pode contar com uma cabeçada do Loco Abreu para decidir o jogo. Nós não temos esse diferencial...

Herman disse...

Temos que lutar desesperadamente pra conseguir pelo menos um empate amanhã...