segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ZECA SIMÕES SE MOSTRA ANSIOSO PARA O CLÁSSICO BONSUCESSO E OLARIA EM 2012


Zeca Simões, Claudio Menezes e Jorge Varella, presidente do Bangu
Foto: Ferj


O presidente Zeca Simões esteve presente na festa de encerramento das Séries B e C do Campeonato Carioca na última segunda-feira na Sede do Botafogo. O dirigente afirmou que a ficha ainda não caiu pelo acesso, mas já começa a pensar na volta do clássico da Leopoldina diante do Olaria na 1ª Divisão.

“A subida para a primeira divisão é indescritível. Foi uma luta árdua para reerguer o clube após 18 anos longe da elite do estadual. Coincidentemente, em 1993, eu também era o presidente no acesso. O clássico contra o Olaria será em clima de paz até porque somos co-irmãos. Vamos ver como será agora na Série A. A rivalidade só existe dentro de campo. Estávamos sentindo falta do Olaria. A torcida deles é nossa parceira. Eles nos apoiaram durante toda a competição. Tinha até bandeira do Olaria nos nossos jogos. Essa interação é fundamental. Ainda não acordamos com o acesso. Estamos em um sonho (risos).”

Zeca Simões também revelou que o clube já está se movimentando para acertar com patrocinadores para a próxima temporada. De acordo com o presidente, as conversas com uma empresa de fast-food já está bem adiantada.

“Estamos tentando fechar uma parceria com o Habbib´s. Já tive uma reunião com o diretor da empresa que demonstrou empolgação com o projeto. Além disso, estamos tentando em tratativas com um banco e uma empresa de energéticos. As coisas estão caminhando bem.”

Zeca Simões ressaltou a campanha vitoriosa do clube na Série B e revelou que apesar da falta de estrutura em comparação a outros clubes, o Rubro-Anil conseguiu o título e a vaga para a 1ª Divisão na determinação diária.”

“A disputa da Série B é mais na base da luta. Existem algumas equipes estruturadas como o Sendas, Artsul, e outros times, mas o Bonsucesso fez um excelente trabalho e tem tradição. Estamos de volta. Esperamos que a Prefeitura possa nos ajudar reformando o estádio e em troca, o espaço poderia servir para investir no desenvolvimento dos jovens de comunidades carentes da região.”

O presidente do Olaria, Heitor Beline também comentou o acesso do Bonsucesso e afirmou que espera que outras equipes tradicionais possam retornar à elite.

“Será uma grande festa o clássico entre Bonsucesso e Olaria no próximo ano. Gostaria de ver também na Série A o América, Campo Grande, São Cristovão e o Goytacaz. São clubes tradicionais que não podem ficar longe dos holofotes. Muitos discordam, mas o Goytacaz tem a quinta maior torcida do Rio superando a do América. Essa tradição faz falta para o futebol. Não é só o dinheiro. A tradição também faz parte do espetáculo”, completou Beline.

O elenco do Bonsucesso se reapresenta nesta segunda-feira (8), na sede do clube, na Rua Teixeira de Castro.



Nenhum comentário: