domingo, 7 de agosto de 2011

COLUNA ''O RUBRO ANIL EM TRÊS TOQUES COM MEIRELLES, ROBINHO E DIEGO ZURITA''

Que Venha a Copa Rio!

Salve Salve, galera Rubro-Anil! Desde o dia 23 de julho uma atmosfera de otimismo e positividade tomou conta do nosso clube e nossa torcida. E não é para menos: Conseguimos o tão sonhado acesso a elite do futebol carioca e isso basta como motivo para extendermos nossas comemorações durante um longo tempo.

Agora porém, antes de vermos e torcermos para o nosso Leão da Leopoldina na série A do Estadual temos uma outra missão pelo caminho. E quando falo “temos”, é porque não apenas os jogadores, mas nós, torcedores, devemos também nos fazer presentes. Esta missão é a Copa Rio. Falta menos de um mês para ela começar, e esse deve ser nosso foco durante o segundo semestre de 2011.

Para quem não está acostumado, a Copa Rio é uma competição envolvendo os times menores do Rio de Janeiro que ocorre todo ano. O campeão escolhe se quer uma vaga na Copa do Brasil ou na série D do Brasileirão e o vice-campeão fica com a opção preterida pelo vencedor.

Por não contar com os chamados “quatro grandes” do futebol carioca, cabe a nós o posto de “camisa tradicional” na competição. Pois é, numa competição sem Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco, times como Bonsucesso, Olaria, Madureira, Bangu, América e Americano entram como as equipes de força, pois são clubes tradicionais, antigos, e que tem um número grande de torcedores fanáticos e fiéis.

O Bonsucesso está nessa lista de times tradicionais pois carrega uma fortíssima história desde 1913 e tem um poderoso 12º jogador: Nossa torcida! Esta torcida que lotou o estádio Leônidas da Silva nos jogos mais importantes da segundona, que chamou a atenção de todos que passavam pelo bairro com estrondosos fogos, que lotou ônibus para cidades longínquas e que apoiou o time durante todo esse primeiro semestre.

Uma torcida com tamanho peso, deve ser o maior diferencial a nosso favor. Precisamos passar aos jogadores a mesma energia positiva que transmitimos durante o Campeonato Carioca. Devemos continuar usando nosso lindo estádio como um verdadeiro alçapão lotado de bonsucessenses fanáticos. Essa força da torcida é um grande diferencial a favor das equipes tradicionais e o Bonsucesso tem essa força.

Nas próximas edições da coluna “Rubro Anil em três toques” falaremos mais detalhadamente sobre as batalhas que o Leão irá travar na Copa Rio. A primeira delas ocorrerá dia 3 de setembro contra o São João da Barra, fora de casa. Missão difícil. Esse ano jogamos contra eles duas vezes: Lá em São João perdemos por 2 x 1 e em Teixeira de Castro empatamos por 1 x 1. Precisamos da nossa força de torcedores, para termos resultados melhores contra essa equipe na Copa Rio. A batalha é dura, mas é possível.

Vamos manter o otimismo e a garra que tivemos no primeiro semestre para ajudarmos nosso Bonsucesso a conquistar mais esse título e atuar numa competição nacional. Saudações! Salve o Bonsucesso!


2 comentários:

Anônimo disse...

Os corneteiros estão acertando nas colunas, estou surpreso, muito bom o que se refere a torcida.

Herman disse...

Eu acredito que o Bonsuça vai brigar por mais esse título, sim. Já imaginaram, amigos? O Bonsuça faturando outro título em 2011? É perfeitamente possível. E nós acreditamos.