segunda-feira, 1 de agosto de 2011

ANÁLISE DA SEMANA COM ''HERMAN RUBRO-ANIL''

BONSUCESSO É CAMPEÃO ESTADUAL DA SÉRIE B 2011!!!


FALA, GALERA RUBRO-ANIL!!!

Acaboooouuu!!!! Acaboooouuu!!!! Acaboooouuu!!!! É heptaaaaa!!!! É heptaaaaa!!!! É heptaaaaa!!!! O Bonsucesso é heptacampeão da série B do Rio!!!! Comemora, galera rubro-anil!!! Comemora Leopoldina!!! A festa é sua!!! A festa é nossa!!!! Continuemos comemorando sem parar porque nós merecemos!!!!

Ok, meus amigos!!! Depois deste maravilhoso cartão de visitas de mais uma coluna espetacular, vamos aos fatos. O Bonsucesso foi até Quissamã enfrentar o time local na quarta-feira do inesquecível dia 27/07/2011 lutar pelo título da segunda divisão.

Começa o jogo e o Quissamã aparenta não tomar conhecimento do Bonsuça e parte com tudo pra cima do rubro-anil, mesmo já não tendo mais nada a fazer no campeonato, a não ser esperar que ele termine logo. Mas o Bonsuça não ficou sem torcida; uma legião de rubro-anis invadiu Quissamã para ver o Bonsuça lutar pelo título estadual.

E a primeira grande chance do jogo é de quem?? de quem??? de quem???? Do Bonsuça, é claro!!! Rony avança pela linha de fundo e cruza para Thiago Ramos subir mais que a zaga do Quissamã e quase colocar o Bonsuça na frente do marcador.

E nove minutos depois, foi a vez do time da casa dar um tremendo susto nos rubro-anis presentes ao estádio e também nos que ouviam a Rádio Jovem Olaria!!!! O meio-campo Ciélio manda o petardo de fora da área; o morrinho artilhieiro quase engana o goleiro Jaime e a bola vai caprichosamente no travessão. Susto de gelar os ossos!!!!

O panorama não mudou muito; ambas as equipes iam na base no toma-lá-dá-cá, se atacando com raça e garra; foi então que surgiu um córner para o Quissamã. Na cobrança, Diguinho testa forte pra fazer 1 x 0 Quissamã!!!! A bola subiu muito alto e acabou caindo fora do alcance do goleiro Jaime, que nada pôde fazer.Três minutos depois, o Quissamã chegava novamente com perigo; Catitu avança pela esquerda, livre de marcação e manda o petardo rente à trave direita.

No segundo tempo o Quissamã seguia pressionando o Bonsuça no seu campo de defesa; o rubro-anil tinha imensa dificuldade de adentrar a área do time local. Puxa, parecia até que o Quissamã estava brigando pela vaga ou até pelo título.

O Bonsucesso tentava reagir do jeito que podia, até que, aos 30 minutos, pênalti para o Bonsucesso. Marco Goiano vai na bola e manda o petardo pro gol, mas o juiz manda voltar, alegando irregularidade. Novamente o pênalti é cobrado – Marco Goiano novamente na bola – e a bola vai firme no canto direito do goleiro, que ainda se esticou todo, mas não conseguiu evitar o empate rubro-anil. Bonsucesso 1 x 1 Quissamã!!!

A partir daí o panorama para a torcida rubro-anil foi de torcer pro Bonsuça virar o jogo nos minutos que ainda restavam pra terminar a partida; e ouvido colado também lá em Nova Friburgo, pois, se o Friburguense não vencesse seu confronto diante do Serra Macaense, o Bonsucesso, independente de qualquer resultado, seria o campeão da série B 2011; o Serra Macaense chegou a fazer 2 x 0, mas o time de Nova Friburgo reagiu e chegou perigosamente ao empate. Momentos dramáticos, minutos dramaticamente intermináveis e nada dos jogos acabarem. A torcida está com o coração na mão. Vai explodir!!!! BUUUUUUUUMMMMMMMMMMMM!!!!!!!!

A situação continua dramática: os resultados em questão ainda dão o título ao Bonsuça; mas os minutos teimam em não correr. Eu estava sintonizado na Rádio Jovem Olaria e na rádio FutRio ao mesmo tempo; ora eu ouvia o jogo do Bonsucesso, ora eu ouvia o do Friburguense. Era lá e cá. Então fiquei ouvindo o minuto final do jogo de lá e o Friburguense, me parece que tinha uma falta a seu favor; certamente os anjos de Nossa Senhora de Bonsucesso não deixaram a bola do time da Região Serrana entrar.

Quando o juiz apitou o final do jogo, comecei a comemorar: “É campeão!!!! É campeão!!!” E o jogo ainda rolava em Quissamã e o pessoal pensava que o jogo em Friburgo ainda estava em andamento. Cheguei até a postar um recado na Rádio Jovem Olaria informando que o jogo em Friburgo já tinha terminado e que o Bonsuça já era o campeão estadual da série B de 2011!!!! Era só comemorar!!!!

E o jogo em Quissamã finalmente termina: Bonsucesso é oficialmente o campeão estadual da série B de 2011!!!! A torcida faz a maior festa com o título. Gostei muito da entrevista com o benemérito George Joaquim logo após o fim da partida, quando ele fala que se perdeu no caminho pra Quissamã e que ele chegou no exato instante do gol do Bonsuça. Eram os anjos de Nossa Senhora de Bonsucesso iluminando!!!!

A única coisa ruim da partida foi a falta de respeito sofrida pela equipe da Rádio Jovem Olaria, que ficou sem iluminação na cabine de rádio – se é que se possa chamar de cabine – e sem energia elétrica também; por conta disso, eles tiveram sérias dificuldades pra conseguir transmitir o jogo. Os caras tiveram que pegar a energia emprestada de uma casa vizinha. É o cúmulo do absurdo!!! E o detalhe é que logo após o jogo, a energia da cabine estava de volta, justo quando não precisava mais. Um absoluto desrespeito e desnecessário. Nada vão ganhar com isso!!!!

Mas nada disso funcionou para estragar a festa rubro-anil. Nada pôde impedir o título merecido do Leão da Leopoldina. Nada!!!! O Bonsucesso fez a melhor campanha de todo o campeonato. O Bonsuça volta a ser campeão!!!! De novo campeão!!!! E o Bonsuça amplia seu recorde de estaduais da série B: são agora 7 ao todo!!!! O Bonsuça volta a ser campeão da série B, título que o rubro-anil não conquistava desde 1984.

É o fim de um longo jejum. E o último título do Bonsuça havia sido a série C de 2003. Com a mais nova conquista, o Bonsuça quebra um jejum de oito anos sem títulos. Eu acredito piamente que esse título de 2011 é um divisor de águas na história do Bonsucesso; porque agora o nosso rubro-anil parte para um futuro muito maior. Ele, a partir de agora, começa a galgar degraus mais altos (com muito cuidado pra não cair). O Bonsucesso, a partir de setembro, entra com tudo na disputa da Copa Rio e vai brigar por esse título também, certamente. O referido campeonato promove o campeão com uma vaga na série D do Campeonato Brasileiro do ano seguinte, além de uma boa quantia em dinheiro, e promove o vice com uma vaga na Copa do Brasil do ano seguinte. Muito legal. Sem dúvida é uma competição que o Bonsuça não pode desprezar, pois, se ele ganha a Copa Rio, joga um campeonato de nível nacional.

Há mais prestígio e até mais dinheiro também; a única desvantagem é que os gastos de viagem são maiores; mas sempre se dá um jeito. Os investimentos estão por chegar à Teixeira de Castro!!! Bons ventos aparecem no estádio Leônidas da Silva. Quem sabe no futuro não voltemos a revelar craques para o futebol? Foi assim com o próprio Leônidas, com Maurício, que se consagrou no Botafogo. Destaque também para Leandro Euzébio, que se sagrou campeão carioca da série C com o Bonsuça, em 2003. A hora é de acreditar e investir!!!

CURIOSIDADES DO CAMPEONATO

Vamos agora fazer um balanço do Bonsucesso em todo o campeonato, analisando os números, as vitórias, as goleadas e tudo o mais. Antes de mais nada, quero aqui elogiar a campanha do Bonsuça no estadual de 2011, não apenas pelo brilhante título conquistado, mas também por uma simples razão: o Bonsucesso teve uma mudança brutal do campeonato do ano passado para o deste ano. Que mudança foi essa? Simples: no campeonato de 2010 o Bonsuça não subiu pra primeira divisão porque ele quase nunca ganhava fora de casa (isso foi tema da minha primeira coluna no blog, vocês se lembram), só ganhava na Teixeira de Castro.

Veio o novo ano e o Bonsuça obteve grandes mudanças de atitude dentro de campo. O Bonsuça passou a ganhar, não só na Teixeira de Castro, mas, sobretudo, fora; pra vocês terem uma ideia, no ano passado o Bonsuça ganhou apenas 3 partidas fora de casa em todo o campeonato. E só com as vitórias em casa o Bonsuça não conseguiu o acesso. Em 2011, só na primeira fase, o Bonsuça ganhou seis jogos fora, tirando o jogo do Itaperuna, que foi por W.O, foram cinco vitórias dentro de campo, como já falei, só na primeira fase.

Na segunda fase foram mais cinco vitórias fora de casa. Juntando tudo, o Bonsuça ganhou 11 partidas fora de casa, sendo 10 dentro de campo. Então, 11 vitórias de 44 jogos, o Bonsuça ganhou, só fora de casa, 25% dos jogos do campeonato inteiro. Considerando que foram 22 partidas fora de casa, o Bonsuça ganhou exatamente 50% dos jogos disputados fora de casa. E tem ainda mais um detalhe: das 11 partidas que o Bonsuça ganhou fora, 5 foram de goleada. Meus amigos, é incrível como o Bonsuça mudou de um ano pra cá...

Juntando com os empates (que foram 7, só fora de casa), o Bonsuça ganhou ao todo 40 pontos só jogando fora de casa. O Bonsuça, simplesmente, arrebentou. Vou fazer aqui uma tabelinha para ficar mais fácil para os amigos rubro-anis entenderem as estatísticas do Bonsuça na brilhante campanha de 2011. Vamos lá:

Total de jogos: 44
Vitórias fora de casa: 11
Vitórias dentro de casa: 16
Empates (geral): 17
Derrotas: 5
Maior goleada: Bonsucesso 5 x 1 São Cristóvão – Local: Rua Figueira de Melo
Ataque: 80 gols (3º melhor ataque)
Artilheiro da equipe: Marco Goiano (20 gols) – 2º maior do campeonato
Maiores destaques da equipe rubro-anil: Jaime, Marco Goiano, Juninho, Jordan e Sassá (sem desmerecer os outros, logicamente)
Comandante do título: Manoel Neto
Outros destaques: comissão técnica
Presidente rei do acesso: Zeca Simões
Favorecidos: todos os Bonsucessensses espalhados por toda a Leopoldina e fora dela também.


Agora é hora de vermos alguns números do campeonato:

Maior pontuação: Bonsucesso = 93 pontos
Maior pontuação em casa: Bonsucesso = 53 pontos
Maior pontuação fora de casa: Bonsucesso = 40 pontos
Melhor ataque: Friburguense = 86 gols
Melhor defesa: Bonsucesso = 37 gols
Maior goleada: Barra Mansa 8 x 0 Aperibeense (1ª fase)
Maior goleada fora de casa: Aperibeense 1 x 6 São João da Barra (2ª rodada – 1ª fase)
Maior número de goleadas fora de casa: Bonsucesso (6 goleadas – Aperibeense, São Cristóvão, Mesquita, Portuguesa, Teresópolis e Itaperuna, sendo este último por W.O)
Maior número de vitórias consecutivas: Bonsucesso (9 vitórias – 1ª fase)
Maior número de vitórias fora de casa: Bonsucesso e Sendas (11 vitórias cada um)
Artilheiro do campeonato: Pimenta (Serra Macaense – 22 gols)
Campeão estadual da série B 2011: Bonsucesso Futebol Clube

Uma nota desagradável um fato ocorido na quinta rodada do campeonato, no jogo contra o Aperibeense, no dia 26 de fevereiro, lá em Aperibé. Eu estava ouvindo o jogo por uma rádio local, e logo após aquela acachapante goleada do Bonsuça sobre o Aperibeense por 4 x 0, o comentarista deles disse que aquele resultado não traduzia a verdade do jogo, que o Bonsuça tinha tido muita sorte naquele dia e que o time rubro-anil não era bom; eles deram a entender que o rubro-anil era mero fogo de palha e que não iria nem se classificar pra segunda fase. Puro despeito!!!! Sem a menor necessidade.

O Bonsuça provou por A mais B ter sido o melhor time da segunda divisão. Os números do campeonato estão aí, pra quem quiser ver. Não há o que discutir. É só comemorar!!!

Pra todo lado que eu vejo só me vem uma coisa à cabeça: Bonsucesso. Para explicar melhor, é assim: eu ando pelas ruas e vejo uma loja de ferragens, por exemplo, com as cores vermelho e azul; penso logo: Bonsucesso!!! Eu passo na rua e vejo a logomarca da C&A, que é vermelha e azul, penso logo: Bonsucesso!!! Eu passo numa rua de Bonsucesso e vejo uma casa com as grades pintadas em vermelho e azul, penso logo em quê? Bonsucesso!!! Eu ando numa rua próxima à minha casa e vejo duas casas, uma colada na outra, uma é vermelha e a outra é azul, eu penso em quê, mesmo? Bonsucesso, é claro!!!

Quando eu volto do trabalho pra casa, próximo à central do Brasil existe um ponto final de vans, e adivinha quais são as cores dessas vans? Vermelha e azul. Penso em quê? Bonsucesso, lógico!!!! Eu vejo passar na rua um carro de uma empresa de gás conhecida, que tem as cores vermelha e azul; lembro logo de quê? Bonsucesso, é claro!!! E tem mais situações assim, mas a lista é grande!!!

Desde o começo do campeonato o céu da Leopoldina é vermelho e azul. Agora se tornou definitivamente vermelho e azul. Um clima diferente se espalha por essa nobre região suburbana. Tudo está bem se o Bonsuça está bem!!!

Ponham as camisas rubro-anis e saiam às ruas com orgulho. Tomem o bairro de Bonsucesso inteiro, “invadam” Olaria, Ramos, Penha e adjacências. Vamos vestir esse manto vermelho e azul com muito orgulho e com muito amor, sim, senhor!!!!

Vamos levar a esses lugares as cores vermelha e azul. Não é todo dia que nos sentimos encorajados a vestir o vermelho e azul da Leopoldina e sair pelas ruas, não é verdade? Em grande parte das vezes, usamos as camisas rubro-anis apenas nos jogos; então agora é a hora de começar a usar a camisa do Bonsucesso nas ruas com mais frequência. Pelo menos, por hora, não há risco aparente de zoação!!! rsrsrsrs

E é isso aí, meus caros amigos!!! Bonsucesso campeão da série B, muita coisa boa vindo e estamos apenas iniciando o oitavo mês de 2011, com a esperança de que a segunda metade do ano seja tão maravilhosa e espetacular quanto foi a primeira.

O campeonato acabou, mas sempre há o jogo seguinte, e agora o nosso Bonsuça só volta à campo no dia 3 de setembro, contra o São João da Barra, lá em São João, na estreia da Copa Rio (uma perguntinha só: por que será que o Bonsuça só estreia fora de casa, hein?)!!!! Assim que começar a Copa Rio estaremos todos juntos novamente, vibrando e comemorando cada nova vitória, como foi no campeonato estadual.

Até lá, amigos, e um forte abraço!!!! E não se esqueçam de que as comemorações pelo título continuam a todo vapor!!!


5 comentários:

RONALDO disse...

ANDRE , MUITO BOA MATERIA GOSTEI E CADA VEZ ESTA MELHOR O BLOG .

TORCEDOR RUBRANIL disse...

GOSTEI E CONCORDO VAMOS COMEÇAR REVELAR NOSSAS PRATA DA CASA PENSEMOS NISSO COM CARINHO .

TORCEDOR RUBRANIL disse...

pergunto quando começa opg

George Joaquim Ferreira Machado disse...

Herman e amigos fanáticos. Não havia luz no estádio porque os anjos no Carneirão estavam necessitando de toda a energia possível para manter o placar favorável ao Bonsuça no jogo contra o Quissamã e no jogo do Friburguense. Acabou a rodada, título em nossas mãos, trabalho realizado e a energia de volta. Sobre a sua coluna, também associo às cores do Bonsuça ao meu dia a dia. Se vejo rubro-anil em algum letreiro, roupa, lembro de nossa campanha triunfante. Parabéns pelo entusiasmo de sempre acreditar no nosso time. Abração grande Herman, grande Rubro-Anil, grande companheiro de arquibancada.

Herman disse...

Valeu, George. Eu sou um entusiasta nato. Quando vou aos estádios só vejo alegria, o encontro com a nossa galera e o time em campo. Tudo é festa!!! Somos loucos pelo Bonsuça!!! Bonsucesso faz bem à saúde!!!! Ser Bonsucesso é bom!!!!

Ah, e aproveita pra dar uma cornetada na Federação, porque toda vez que começa um campeonato o Bonsuça só estreia fora de casa, nunca na Teixeira de Castro!!! Eu nem lembro quando foi a última vez que o Bonsuça estreou em casa...