domingo, 24 de julho de 2011

O PASSO A PASSO DA CONQUISTA

Bonsucesso vence por 2 a 1 e está de volta a elite do futebol carioca
Foto: Renan Moura



Galera, para quem não pôde comparecer ao estádio Leonidas da Silva neste sábado para acompanhar a vitória por 2 a 1 sobre o Estácio de Sá e a vaga para a 1ª Divisão infelizmente perdeu uma festa impressionante. Desde cedo os arredores da sede do clube já traziam o peso da partida e o envolvimento dos moradores e torcedores pelo maior clube da Leopoldina.

Às 13 horas, os 'Fanáticos pelo Cesso' começavam a chegar aos poucos a Rua Teixeira de Castro. O trânsito já dava sinais de lentidão principalmente com curiosos que observavam o princípio da festa na entrada do clube com a bateria da Portela e integrantes também da Imperatriz Leopoldinense.

Às 14:30min, a cota de ingressos para a partida tinha esgotado. Mesmo assim, o público foi crescendo e ao menos mil e quinhentas pessoas estiveram no Teixeirão empurrando o Bonsucesso.

Às 14h50min, a partida dos juniores terminava com vitória para o time da casa por 3 a 2. Era um prenúncio do que estava por vir. Os meninos da base permaneceram no campo para formar um corredor de incentivo aos profissionais que entrariam no gramado em seguida.

O presidente Zeca Simões marcara presença na sede do clube desde cedo e demonstrava muita alegria e confiança vestido com o segundo uniforme do clube e com o número 9 estampado nas costas na cor dourada.

Às 14h55min, os jogadores entraram em campo. O primeiro deles foi o zagueiro PC. Nas arquibancadas uma linda festa da torcida organizada com papel picado, cascata com papel higiênico, sinalizadores nas cores do clube e fogos.

Às 15h07min, o Estácio de Sá abriria o placar com Bruno em menos de um minuto de partida.

Às 16h08min, o Bonsucesso chegava ao empate em cabeçada de Alex Sassá. Cinco minutos depois, veio a virada com João Rodrigo.

Às 16h51min, o árbitro Pathrice Maia apitava o final de partida no centro do gramado que foi invadido pela torcida e familiares dos atletas e da comissão técnica. Era o fim do jejum de 18 anos longe da elite do futebol carioca.



VIDEOBLOG

Um comentário:

Flaviano Lopes disse...

Parabéns.. Bonsuça!! Ano que vem será tudo do Cesso!