sábado, 23 de julho de 2011

NA MÍDIA: BONSUCESSO VENCE DE VIRADA E ESTÁ DE VOLTA À ELITE

Sassá comemora o gol de empate com os companheiros
Renan Moura / Super Esportes


Por: Renan Moura

Após 18 anos, o Bonsucesso retornou à elite do Campeonato Carioca. O Rubro-Anil venceu o Estácio de Sá na tarde deste sábado por 2 a 1 de virada na penúltima rodada do returno da Série B. Alex Sassá e João Rodrigo fizeram os gols da equipe da casa. Bruno descontou para os visitantes.

Com a vitória o Bonsucesso assumiu a liderança com 46 pontos e não pode ser mais ultrapassado pelo Quissamã, que está em terceiro lugar. Para garantir o título da competição, o time comandado pelo técnico Manoel Neto precisa vencer o próprio Quissamã, no próximo sábado, às 15 horas, no estádio Antonio Carneiro.

Antes da bola rolar, a torcida protagonizou uma linda festa para recepcionar os jogadores na entrada ao campo. Apesar da euforia, o nervosismo era visível no semblante de cada atleta. Tanto é que com 40 segundos, o Estácio de Sá abriu o placar. Gilmar cruzou da direita e Bruno completou para o fundo da rede. 1 a 0.

Apesar do resultado parcial, a torcida não se deixou desanimar e continuava empurrando o time. Aos quatro minutos, Rony foi a linha de fundo e cruzou na medida para Dejavan, que ganhou a dividida da zaga e raspou de cabeça, mas a bola foi pela linha de fundo.

O Estácio de Sá respondeu novamente com o atacante Bruno. Entretanto, depois da finalização, o jogador caiu no gramado com dores na parte posterior da coxa esquerda e teve que ser substituído aos 12 minutos.

Na base da pressão, o Bonsucesso buscava empatar o jogo. Aos 15, Dejavan foi lançado na área. O atacante driblou o goleiro Paulo e caiu pedindo pênalti, não assinalado pelo árbitro Pathrice Maia.

O tempo técnico da primeira etapa foi essencial para o técnico Manoel Neto acordar de vez a equipe. A insistência pelo menos premiou o Bonsucesso com a expulsão do zagueiro Leonardo, que parou Dejavan na risca da grande área. O lance gerou muito tumulto já que o árbitro havia marcado pênalti, mas voltou atrás na decisão após consultar o assistente.

Com um a menos, o Estácio de Sá recuou e explorava somente os contra-ataques. Em um deles, quase o time universitário castigou os donos da casa. Aos 37, depois de troca de passes na intermediária, Marcelo finalizou para o gol e Jadson salvou em cima da risca.

Na última oportunidade do primeiro tempo, Marco Goiano desperdiçou ótima chance após sair cara a cara com o goleiro Paulo que defendeu sem rebote.

A conversa no vestiário mexeu com os jogadores do Bonsucesso que voltaram com uma postura ainda mais agressiva. Aos sete minutos, após cobrança de escanteio de Marco Goiano da direita, Sassá subiu no terceiro andar e testou sem defesa. 1 a 1.

A virada passava a ser questão de tempo. Aos 12, Otaviano, que acabara de entrar foi até a linha de fundo e cruzou na medida para João Rodrigo completar. 2 a 1.

Aos 23 minutos, o Rubro-Anil teve a chance de matar o jogo. Marco Goiano arrancou pela esquerda e serviu Joselito, porém o meio-campo preferiu o drible e acabou perdendo a bola para a defesa. Aos 35, novamente Marco Goiano poderia ter feito o seu, mas parou nas mãos do goleiro Paulo.

O meia Yuri ainda tentou estragar a festa em um raro chute da intermediária, mas o camisa 1 do Leão da Leopoldina, Jaime fez uma defesa de estilo colocando para escanteio. O próprio jogador do Estácio de Sá seria expulso minutos após nos acréscimos.

No final foi só esperar o apito final do árbitro e soltar o grito de “Ohhhhhh o Bonsucesso voltou!”

BONSUCESSO 2X1 ESTÁCIO DE SÁ

Estádio: Leônidas da Silva
Hora: 15 horas
Arbitro: Patrhice Maia
Assistentes: Edney Mascharenas e Eduardo do Couto

BONSUCESSO: Jaime; Jadson (Marcelinho), PC, Jordan e Rony; Cleber (Otaviano), Sassá, Joselito, Marco Goiano; João Rodrigo e Dejavan.

ESTÁCIO DE SÁ: Paulo; Marlon (França), Michel, Leonardo e Gabriel; Sidney, Muller (Wesckley), Yuri e Gilmar; Bruno (Fabiano) e Marcelo.

Outros resultados:

Angra dos Reis 1x0 Tigres do Brasil
Sendas 4x2 Ceres Sendas
Portuguesa 1x1 Friburguense
Serra Macaense x Barra Mansa
Teresópolis 3x3 Quissamã


2 comentários:

José Carlos Silva disse...

O Atacante do Bonsucesso DEJAVAN é qualquer coisa de sençacional. Esperamos poder ve-lo mais no Cesso na Copa Rio e no Estadual da primeira divisão em janeiro.
Nesse jogo sofreu dois penaltis, forçou, com a sua alta velocidade, a expulção de dois jogadores do Estácio, deixou companheiros seus "na cara do gol" umas 4 vezes e marcou incançavelmente em todas as partes do campo.
Juntamente com o Sasa foram os destaques do jogo histórico desse sábado. Olho nele Presidente.

Anônimo disse...

Parabéns, não apenas ao Dejavan, mas também aos demais jogadores, entre eles o Sassá, Jaime, Marco Goiano, que desde o inicio da competição deram alegria ao Bonsucesso.