sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Ronald Cabral prevê dificuldades contra Profute na Teixeira de Castro

Enfrentar um dos times de pior campanha da competição em casa é a ocasião perfeita para um time se redimir na briga por uma classificação, certo? Errado! Pelo menos na visão do técnico Ronald Cabral. Sem vencer há três rodadas, o Bonsucesso, com 17 pontos, recebe o Profute, que somou apenas 10, no Estádio Leônidas da Silva, precisando urgentemente dos três pontos, para não ser ultrapassado por concorrentes como CFZ, São Cristovão e Quissamã, todos também com 17. E para não cair diante do time de Itaboraí, Ronald já tem a receita.


"Jogo perigoso. Temos que jogar com os pés no chão. O Profute vai vir com o mesmo objetivo que o nosso, que é a vitória. Então temos que jogar com inteligência. Temos até jogado bem, mas estamos pecando nas finalizações. Precisamos melhorar", alertou o treinador.


Grupo A mais equilibrado


Sincero, Ronald Cabral admite que ainda não analisou com calma a classificação do grupo B. Mas analisando por alto, o comandante rubro-anil afirma que o A, onde está o Bonsuça, está mais parelho que o grupo que tem Olaria como líder e Portuguesa como vice.


"Não acompanho muito o outro grupo, mas o do Bonsucesso está muito mais equilibrado. Sempre comentei isso. Agora que o América deu uma disparada por causa desses nossos últimos jogos sem vitória. Mas os times estão muito iguais nesse grupo A", disse.


Fonte: Futrio

Nenhum comentário: