quinta-feira, 31 de julho de 2008

DE OLHO NO VIZINHO

Foto: Vinícius Camiza - O Leopoldina


Vinícius Camiza

O Olaria estreou com vitória no Campeonato Estadual da Segunda Divisão de Profissionais derrotando o Villa Rio por 2 a 1 na tarde desta quarta-feira (30), no estádio Mourão Filho, em partida válida pela segunda rodada do Grupo C.

A equipe da Rua Bariri esteve de folga na rodada inicial no último final de semana enquanto o Villa havia vencido CFZ do Rio (1 a 0) no domingo. Com o resultado positivo conquistado na estréia, o alvianil da Zona da Leopoldina marca os seus três primeiros pontos na competição, mesma pontuação do adversário desta tarde, do CFZ do Rio e da Portuguesa, mas a equipe assume a terceira colocação nos critérios de desempate. Agora o Olaria volta a campo no próximo sábado (2), às três da tarde, para enfrentar a Portuguesa, no estádio Luso-Brasileiro. Já o Villa Rio folga no final de semana e na próxima quarta-feira (6), às 15h, pega o Tricolor da Ilha do Governador.

O Jogo

Com a bola rolando, o Olaria começou. O time tentou criar chances pelo lado esquerdo, onde o lateral Silas chegava freqüentemente ao campo do Villa Rio, que procurava usar o contra-ataque como arma para vencer a defesa alvianil. O zagueiro e capitão Marlon coordenava bem a retaguarda olariense e quando o primeiro tempo parecia terminar sem gols Leandro cobrou falta no lado esquerdo do campo. A bola caiu nos pés de Assumpção, que abriu o placar aos 43 minutos da etapa inicial.

O Villa Rio voltou para o segundo tempo ainda atordoado e levou mais um gol logo no primeiro minuto, quando Marlon escorou de cabeça após escanteio do lado direito. O Olaria continuou pressionando. Aos 4 minutos, Assumpção ficou cara-a-cara com Chico, mas chutou em cima do goleiro do Villa Rio. Com o fim do jogo se aproximando o time visitante passou a ter um comportamento mais ofensivo e aos 35 minutos Leandrinho recebeu dentro da área e arrematou para diminuir o prejuízo.

Fala goleador! O atacante Assumpção, artilheiro da Copa Rio no primeiro semestre, disse que a equipe está pronta para disputar a promoção para a primeira divisão. "É claro que eu fiquei feliz com o gol. Quem sabe até posso lutar pela artilharia, mas o importante é que a equipe se portou bem em campo e se mostrou capaz de conquistar o título da Segunda Divisão”, analisou.

Técnico otimista - Apesar da força do adversário, o técnico do alvianil, Flávio Annunziata, demonstrou confiança na equipe. "Estamos com a mesma base da Copa Rio e enfrentamos um oponente difícil, forte coletivamente. Mas o time está no ponto. Conseguimos uma boa estréia, o que mostra a possibilidade de uma boa campanha", disse.

Jogo sem a presença dos torcedores - Devido aos laudos técnicos negativos do Estádio Mourão Filho, a partida teve que ser disputada com os portões fechados. Segundo o relatório divulgado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o Olaria não foi aprovado pelos Bombeiros, pela Vigilância Sanitária e também quanto à presença de uma ambulância. A que foi viabilizada para a partida de ontem. Ainda assim, sócios do Olaria tiveram permissão para ocupar a arquibancada principal, o que foi relatado oficialmente pelo representante da Ferj e pode causar problemas futuros ao clube.

O diretor de futebol Didinho, entretanto, não acredita que o Olaria possa perder os pontos devido ao relatório. “Não acho que possamos ter alguma complicação quanto a isso, no jogo do Bangu também aconteceu a mesma coisa”, disse o ex-jogador.

FICHA TÉCNICA
OLARIA 2 x 1 VILLA RIO

Local: Estádio Mourão Filho, na Rua Bariri
Data/Horário: 30/07/2008 - 15h
Árbitro: André Luis Paes Ramos.
Auxiliares: Lino de Paula Leite Neto e Michael Correia.
Cartões amarelos: Tiago, Silas, Davi, Marcos e Diego (OLA); Wilson, Washington e Dieguinho (VR).

>> Olaria: Vinicius, Ivan, Tiago, Marlon e Silas; Davi, Marcos, Leandro (Ângelo) e Marcelinho (Diego); Assumpção e Givaldo (Carlos). Técnico: Flávio Annunziata.

>> Villa Rio: Chico; Glauber, Paulão (Artur), Alan Nicácio e Washington (Sepetiba); Wilson, Abrantes, Eudes e Lucas; Dieguinho (Márcio) e Leandrinho. Técnico: Manicera

Fonte: Papo Esportivo

Nenhum comentário: