sexta-feira, 21 de setembro de 2007

A versão do árbitro (Bonsucesso X Bangu)

O árbitro, Marcelo de Lima Henrique redigiu o seguinte na súmula:

" A partida não foi realizada, pois apesar da ambulância estar presente no horário e local estipulados para a realização da mesma, a equipe médica estava incompleta, pois somente o médico(...) e um enfermeiro(...) estavam presentes. Vale lembrar que de acordo com o Estatuto do Torcedor, (...) diz que tem que haver um médico e dois enfermeiros padrão para a realizar a partida até dez mil espectadores..."

Em outra parte ele escreveu o seguinte:

"Por isso aguardei 30 minutos do horário estupulado para iniciar a partida e comuniquei aos capitães que a partida não seria realizada."

Após a entrada do diretor do Bonsucesso, Jaider Moreira, no vestiário da arbitragem, de acordo com o árbitro o diretor proferiu as seguintes palavras "Eu tenho muito dinheiro e vou usá-lo para acabar com sua carreira, safado, veio aqui mandado pra fazer resultado."
E por fim profere que as taxas de arbitragem e administrativas não foram pagas.

Nenhum comentário: